quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Governador Binho inspeciona detalhes para inauguração do Hospital de Clínicas do Acre

Nova instituição oferece identidade e referência ao serviço médico de alta complexidade

O governador Binho Marques inspecionou nesta quarta-feira, os detalhes finais para inauguração do Hospital das Clínicas do Acre (antiga Fundhacre). A senadora Marina Silva, o secretário de Estado da Saúde, Osvaldo Leal, gestores e técnicos do HCA acompanharam o governador. "Está nascendo aqui uma nova instituição. A gente não quer entregar apenas um prédio mas um novo serviço, um hospital à altura da nossa população", disse o governador. O HCA será entregue à população no próximo dia 24.

Essa nova instituição oferece identidade e referência ao serviço médico de alta complexidade. Em 2006, a velha Fundhacre possuía 50 médicos e dez especialidades. O Hospital das Clínicas tem 37 especialidades e 176 médicos, além de 220 leitos (sendo dez de unidade tratamento intenso -UTI), serviços de nefrologia, oncologia e variadas cirurgias. Nessa revolução estrutural do sistema de saúde do Acre, foram investidos mais de R$32 milhões no projeto que extinguiu a Fundhacre e criou o HCA. São ampliações, novas construções, mobiliário e equipamentos que estão substituíram a antiga estrutura por uma completamente nova, moderna e eficiente, e constam de: construção do centro de estudos, reforma do auditório principal; construção do prédio de engenharia/clínica/manutenção e almoxarifado; reforma da rede coletora e ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto; reforma do sistema de combate à incêndio e pânico; reforma do prédio de anatomia patológica; reforma e ampliação do ambulatório; construção da nova entrada (acolhimento e estacionamento para visitantes); construção de restaurante, quiosques e banheiros públicos; construção do prédio administrativo; construção do acesso para profissionais e serviços, vias internas e urbanização; implantação da nova subestação e grupo gerador; construção da central de resíduos da saúde. Como exemplo dos grandes avanços, o novo centro de nefrologia amplia de 21 para 34 pontos de hemodiálise, mantendo-se na capacidade determinada pelas regras internacionais de segurança em 200 pacientes em três turnos de atendimento. Cada ponto é um equipamento com capacidade para atender cerca de seis pessoas.

A Fundhacre foi criada em 19 de dezembro de 1989 e dará lugar ao Hospital de Clínicas do Acre, unidade de referência para o Acre, que se integra ao sistema de saúde composto por postos como as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Tucumã e do Segundo Distrito e o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco, além de centros e postos espalhados por todo o Estado - e o PSF Móvel, programa vinculado ao ProAcre, que percorre os rios para levar saúde às comunidades mais distantes. O HCA é referência para o Amazonas, Bolívia e Rondônia. A dona de casa Francisca Bezerra é moradora de Boca do Acre, na região Sul do Amazonas, e reconheceu a senadora Marina Silva em visita ao HCA. "Vi pela televisão",disse. Francisca acompanhava sua filha, Kemile, de dois anos, que passou por uma cirurgia no braço direito. A menina sofreu uma queda em casa e teve de removida para Rio Branco. "Estou sendo bem atendida, não tenho do que reclamar", afirmou. Marina Silva encontrou-se com o sobrinho Ueliton, um dos dois pacientes pioneiros no transplante de rim captado de pessoa falecida no Acre.

Agencia de noticia

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel:9977-6454

Nenhum comentário:

Postar um comentário