segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

É preciso descansar após etapas de estudos

Entre um livro e outro, que tal dar uma paradinha? Ao contrário do que se pode pensar, isso não é desculpa de aluno que não quer estudar. Especialistas comprovam que o descanso é fundamental para o aluno que busca um estudo de qualidade.

Giana Falkemback, psicóloga dos pré-vestibulares Máster e Riachuelo, de Santa Maria, Rio Grande do Sul, afirma que o descanso entre os estudos é decisivo para uma boa absorção dos conteúdos. "Isso é neurológico. É comprovado que um adulto não consegue ficar mais de 20 minutos concentrado. E se um adulto fica somente 20 minutos sem desvio de atenção, um jovem fica menos ainda", diz.

Para a psicóloga, que atende muitos alunos prestes a enlouquecer no fim do ano, para 30 minutos de estudo, 10 minutos devem ser para arejar. Giana ainda destaca que um período de aprendizagem sem tempo de descontração resulta em um estudo de quantidade, e não qualidade.

Amanda Enck, 19 anos, hoje cursa Odontologia na PUCRS, mas foi uma vítima do stress pré-vestibular. Para ingressar na faculdade, a estudante passou dois anos fazendo cursinho, e sua agenda se resumia a estudos. "Eu não parava um segundo de estudar. E juro que hoje eu vejo como isso me prejudicou.

Primeiro porque tinha vezes que eu estava tão cansada que ao invés de passar uma hora fazendo um exercício, demorava três horas. Minha cabeça estava lenta, o conteúdo não entrava mais. Segundo porque no primeiro vestibular não passei por puro nervosismo. Meu estado emocional estava péssimo", conta a futura dentista, que chegou a passar uma semana internada no hospital com enxaqueca, antes da prova da PUCRS no ano passado.

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel:9977-6454
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário