sábado, 26 de março de 2011

Marina Silva: 'esse não é o PV da Marina nem do Gabeira'

A ex-senadora e candidata derrotada nas eleições presidenciais de 2010 Marina Silva (PV) fez, em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, duras críticas à cúpula do partido. Segundo Marina, a rigidez do partido, alianças contestáveis e a concentração do poder nas mãos do presidente da legenda, deputado José Luiz Penna - que articula para continuar no cargo que ocupa desde 1999 - não condizem com a ideologia de suas principais figuras. "Algo está errado. Em Mato Grosso, fazem alianças com inimigos históricos do Código Florestal. Esse PV não é o PV do (Fernando) Gabeira, nem do Fábio Feldman. Esse PV não é o PV da Marina", afirmou.

Ao lado de figuras como Fernando Gabeira, Alfredo Sirkis, Fábio Feldman e Eduardo Jorge, Marina encabeça um movimento que propõe uma reforma nas estruturas do PV. Segundo Marina, o partido está rígido a ponto de as comissões estaduais serem nomeadas por um poder central, "e quem discorda dele pode sofrer ameaça, intervenção e até ser destituído". " Para mim, seria mais cômodo ficar como rainha da Inglaterra, dizendo que somos todos irmãos, fazendo discurso de conveniência", disse. "Não podemos ficar nos enganando e dizendo que o partido está bem", admitiu. Questionada sobre a possibilidade de um racha no partido, a ex-senadora firmou que o PV não sai perdendo em caso de uma dissidência. "Ele só não ganha com a fossilização das ideias e das estruturas", afirmou.

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8854
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário