sexta-feira, 25 de março de 2011

Prefeitura de Cruzeiro do Sul acolhe 20 famílias vítimas da cheia do Rio Juruá

Um total de 75 pessoas que tiveram suas casas inundadas foram retiradas pelo Corpo de Bombeiros e removidas pela Prefeitura para um ginásio de esportes, onde estão recebendo total assistência de várias secretarias municipais.

Na tarde dessa quinta-feira (24) o nível do Rio Juruá atingiu 13.32m. Com isso, famílias que tiveram suas casas atingidas ou se encontravam em locais de auto risco foram retiradas dos bairros Lagoa e Boca do Môa. Os desabrigados foram acolhidos no Ginásio de Esportes Alailton Negreiros, local que já estava preparado pela Prefeitura que vinha acompanhando de perto a elevação do nível das águas.

Segundo a secretária municipal de assistência social, Rosa Sampaio, o local tem estrutura para atender até 50 famílias. “A Prefeitura está disponibilizando colchões, café almoço e jantar, seguranças particulares e transporte para levar as crianças às escolas, para que não fiquem sem estudar nesse período. Entre as mais de 70 pessoas, temos seis mulheres grávidas e alguns bebês recém nascidos, nesses casos é claro que damos uma atenção especial”, explica a secretária.

Além da Secretaria de Assistência Social, estão envolvidas as secretarias de Educação, Saúde e Obras todas do município. O prefeito Vagner Sales explica que pelo terceiro ano consecutivo, a determinação é prestar a melhor assistência possível as vítimas da enchente. “Eu que fui criado morando na beira do rio, sei o que é passar por tudo isso. É um momento muito difícil, você ter que abandonar a sua casa coberta pela água. As crianças estranham muito, é um momento delicado para essas pessoas. Nós vamos fazer tudo que for possível, toda a equipe da Prefeitura de Cruzeiro do Sul para dá a melhor assistência possível, até que a situação volte a normalidade”, assegura Vagner Sales.

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8854
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário