terça-feira, 31 de maio de 2011

PEC 300: militares do AC reforçam mobilização em Brasília


Militares e esposas de militares do Acre reforçam, em Brasília, a nova série de apelos públicos pela equiparação de seus salários com os dos policiais do Distrito Federal. Durante a tarde de hoje, cerca de 800 trabalhadores vindos de todos os estados assistirão ao lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da PEC 300, da qual a deputada acreana Perpétua Almeida (PCdoB) é um dos coordenadores.

O grupo acreano, composto por sete pessoas, prestigiará a audiência pública, ainda esta terça-feira, em que outras PEC´s serão debatidas: a que pede regulamentação dos agentes penitenciários, a que define competências para os guardas nacionais e municipais e a que equipara os vencimentos dos delegados de polícia com os dos promotores de justiça.

A deputada Perpétua Almeida tenta agendar uma audiência com o secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. “ Será um momento importante. Queremos apoio oficial do governo nesta luta para apressar a votação da PEC 300, que já foi aprovada em primeiro turno. As mobilizações ocorrem pacificamente, e isso prova que os trabalhadores estão empenhados em conquistar um direito legítimo”, disse a deputada.

A sargento PM Candeias informa que, no Acre, cerca de 3,5 mil militares ativos e inativos seriam contemplados com a aprovação da proposta. “Um soldado no Acre ganha hoje R$ 1,8 mil. Sendo aprovada a PEC, esse trabalhador passaria a ganhar R$ 3.8 mil” , disse ela. Estamos envolvidos e esperançosos de que esta pressão dará resultado” concluiu.

Os militares percorrem os gabinetes dos parlamentares federais do Acre e de outros estados pedindo reforço político ao apelo para que a PEC vá a votação o mais rápido possível. Raquel, Graciene e Ângela representam a família dos policiais e os seus maridos militares.

Assem Neto

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN:
noticiaefatos@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário