quinta-feira, 30 de junho de 2011

Tião Viana [PT] defende na Inglaterra que economia verde beneficie povo da Amazônia

É prá inglês ver!

O governador Tião Viana cumpriu importante agenda na Inglaterra visando a participação do Acre na chamada economia verde, que envolve um conjunto de mecanismos financeiros para valorizar a produção limpa e compensar os excessos das indústrias responsáveis pela emissão de gases, que deverão pagar pela estocagem de carbono a quem conserva florestas, como é o caso do Acre. O governador participou do Fórum Mundial sobre a Empresa e o Meio Ambiente 2011 (Global Forum on enterprise and the environment - Valuin Ecosystem Services: From New Commitments to Strategic Action) que teve como tema " Valorizando os Serviços dos Ecossistemas: De Novos Compromissos para a Ação Estratégica. Este evento promovido pela scola Smith de Negócios e Meio Ambiente, da Universidade de Oxford, reuniu
cerca de 600 das mais importantes pessoas interessadas no assunto, desde cientistas até executivos de grandes empresas multinacionais, como a Pepsi Co., e representantes das principais bolsas de valores do mundo.

No Fórum, o governador foi prestigiado com o convite para fazer a abertura do evento, no início da noite do dia 28, ao lado do professor Sir David King, diretor da Escola Smith, e do embaixador Hans Brattskar, diretor Para Clima e Iniciativas Florestais do Governo da Noruega. A palestra de Tião mostrou a realidade econômica e social do Acre, e o projeto de desenvolvimento sustentável do Estado, que destacou-se como um dos mais preparados para começar a negociar estoques de carbono, levantando recursos para investimentos e apoio às
famílias que vivem nos campos, rios e florestas do Acre. O Fórum foi realizado na própria Escola Escola Smith, em Oxford.

A agenda do governador incluiu também reunião com o grupo de comunicação Sky do Reino Unido, que junto com a WWF desenvolve o importante projeto que envolve a transferência de 4 milhões de libras esterlinas para contribuir com a conservação de florestas no Acre, permitindo a certificação da produção rural e florestal de mil famílias acreanas.
O governador se reuniu com executivos da Sky, liderados por Nicola Powell, coordenadora de Florestas Tropicais e Engajamento, e do WWF, Mauro Armelin, coordenador do Projeto Amazônia, e Dande, coordenador do Escritório WWF no Acre. Trataram do Projeto Sky/WWF no Acre, que deve alcançar a meta de certificar mil famílias de pequenos produtores até dezembro. A partir desses resultados, abre-se possibilidade de novas parcerias, inclusive com a Sky despertando o interesse de comprar estoques de carbono, o que pode contribuir para acelerar o processo de pagamento por serviços ambientais aos produtores rurais acreanos que trabalham com praticas sustentáveis. "É a forma mais justa e eficiente para preservar a floresta, pagar por esse serviço a quem ajuda a conservar, que são os ribeirinhos, os pequenos produtores rurais, os moradores da floresta e as comunidades indígenas, isso ajuda para uma economia sustentável e para uma melhor qualidade de vida para todos que vivem no Acre, com mais emprego e salário", esclarece o governador.

Fórum discute desafios e propõe soluções para ações relacionadas ao meio ambiente

O Fórum Mundial sobre a Empresa e o Meio Ambiente 2011 é um dos principais encontros internacionais que discutem o meio ambiente. São em média 120 tomadores de decisão global e pensadores para explorar os principais desafios e metas para alcançar a sustentabilidade.

E evento tem como objetivo central a exploração do cenário atual, possíveis cenários, e os principais desafios sistêmicos e oportunidades dentro da biodiversidade. A escola Smith é quem promove a discussão e tem a missão de preparar as empresas públicas e privadas com as soluções, conhecimentos e redes necessárias para enfrentar os grandes desafios ambientais que nosso planeta enfrenta.

Agência de Notícias do Acre

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

Professor Coelho divulga nota de repúdio contra lideranças da Frente Popular do Acre

Documento é um desabafo!

Se sentindo agredido por declarações feitas por lideranças da Frente Popular do Acre na imprensa local, o professor Carlos Augusto Coêlho faz publicar nota de repúdio sob sua responsabilidade. Leia inteiro teor da nota:

NOTA DE REPÚDIO

Venho de público manifestar meu total repúdio às manifestações de insultos, arrogância, alegação, desrespeito, humilhação, comportamento ditatorial e preconceituosas do, ex-prefeito de Rio Branco, ex-governador e hoje Senador Jorge Viana; do Léo Brito, Presidente do Partido dos Trabalhadores, no Estado do Acre e do Senador Boca de Lobo Aníbal Diniz, assacadas contra a minha pessoa, publicadas nos meios de comunicação do Estado.

Inicialmente quero esclarecer à sociedade que tenho tido uma postura de agente político democrático, respeitoso e baseado minhas posições políticas, no campo ideológico, tomando posições claras, transparentes e legais. Em nenhum momento, desvairadamente assaquei qualquer tipo de ofensa moral ou pessoal a quem quer que seja. É do princípio democrático discordar a respeito de posições políticas.

Venho repudiar veementemente os insultos e provocações do Senador Jorge Viana, do Presidente dos Trabalhadores Léo Brito e do Senador Boca de Lobo e beneficiário da FRAUDE, Aníbal Diniz. É do conhecimento da sociedade acreana a prática do ATO SECRETO, FRAUDE, FALSIDADE IDEOLÓGICA e IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, praticados no governo petista, do governo do então governador Jorge Viana, para beneficiar Aníbal Diniz. Como o grupo dominante tem o domínio da maior parte da Imprensa, por diversas vezes deram entrevistas, em diversos meios de comunicação colocando unilateralmente suas versões, Inclusive fui citado por várias vezes. Procurei então, a Direção da TV Gazeta, através do Programa Gazeta em Entrevista, para apresentar minha versão, mais fui censurado, ou seja, impedido de apresentar minha versão.

Comunico a sociedade que o que fiz, foi impetrar um Mandado de Segurança, dentro do meu legítimo direito de cidadão, apresentando as provas incontestáveis publicadas do Diário Oficial do Estado, em face as trapalhadas do governo a época. Lembro que quem publicou os 2(dois) Diários, os de Nº 14.223, de 24 de Abril de 2006,retroativo e Nº 14.347, de 11 de Maio de 2006, nomeando Aníbal Diniz( Dois Diários com números e datas diferente para o mesmo cargo), quem exonerou Aníbal antes de nomear, foram os próprios petista que estavam no Poder, e agora querem responsabilizar a mim e ao Senador Petecão.

Pergunto: Se o Projeto tão propalado é tão sublime, por que a Senadora Marina Silva, o Deputado Henrique Afonso e o Deputado Fernando Melo, dentre outras lideranças abandonaram o barco da FPA, que está prestes a ruir ? Na verdade o PROJETO tão falado não existe. A sociedade está percebendo, que o que existe, é um PROJETO de um pequeno grupo que a cada dia estão ficando mais rico, em detrimento da miséria e do sofrimento da maioria da população acreana. Quando a Direção do Partido da Mobilização Nacional-PMN percebeu isso, procurou pela porta da frente e sem malandragem política, o Governador Binho Marques e comunicou, que a partir daquela data não participaríamos mais da FPA, ou seja, estava deixando o Governo que nós ajudamos a construir. É do conhecimento público, que todo esse tempo venho sendo citado, insultado e até humilhado, por alguns integrantes desse grupo que ajudamos a colocar no Poder. Mais como tudo tem limite, e pelo amor próprio que tenho, venho apresentar minhas manifestações:

Ao Senhor Léo Brito, Presidente do PT no Estado do Acre:

Quando respondi ao Jornalista Leonildo Rosas a respeito do Relatório do Ministro Celso de Melo, falei da questão do sigilo telefônico dos visitantes ao STF, o mesmo escreveu que eu tinha colocado o referido órgão em xeque, que inclusive, isso nem passou pela minha cabeça. Imagino o que ele pode dizer agora, após o Ato de Desagravo, quando o Senador Aníbal Boca de Lobo, no calor da emoção, achando que vai mesmo que irregular, permanecer no cargo de Senador, foi taxativo quando afirmou que o Presidente do Senado José Sarney, foi essencial para sua permanência na cadeira, ou seja, que foi dado o jeitinho brasileiro. De outro lado, você afirmou textualmente que foi publicado nos meios de comunicação e posteriormente retirado, que o Ministro Celso de Melo, tinha sido advogado do PT, por muitos anos antes de ir para o STF. Pergunto: Então, não era para o Ministro alegar suspeição quando foi sorteado para relatar o caso? O que dirá agora o jornalista Leonildo Rosas agora ? Pergunto ainda: A decisão foi Jurídica ou decidida por tráfico de influência, como afirmou o Senador Boca de Lobo.

Se o senhor acha que o Senador Petecão cometeu crime e tem que se acertar com a justiça, esqueceu de dizer que todos os parlamentares da época, respondem pelo suposto crime que você acusa, inclusive vários fazem parte do PT e da FPA. Acho que você na condição de portador de diploma de nível superior do curso de direito, faltou a aula sobre “ transito em julgado”. A propósito, você sabe qual foi o figurão do PT que usou por 2 anos e meio, a cota de passagem de um dos deputados do PT ? Não podemos chamar de criminoso quem responde por determinada acusação, antes da sentença final. Por exemplo: Não podemos jamais considerar o ex-governador Jorge Viana de criminoso, por está respondendo: 1- Inquérito Penal 3120, junto ao STF “ Crime da Lei de Licitação”, tendo como relator o Ministro Joaquim Barbosa e como autor, o Ministério Público Federal. 2- Inquérito Penal “ Crime praticados contra a Administração em geral/ sonegação de contribuição previdenciária”, através do Inquérito 512 do STJ, tendo como Relator o Ministro Luiz Fux. Senhor Léo, após todas as instâncias, com direito a recorrer é que se pode dizer se foi condenado ou inocentado.

No afã de marcar ponto, não sei para quem, porque és politicamente inexpressivo. Todos sabem a forma forçosa e onerosa de como você tirou os votos na última eleição para Deputado Federal. Você deu um tiro no pé, porque nas suas declarações terminou incriminando seu velho PAI, que mesmo respondendo processo por desvio de recursos quando era diretor do famoso DERACRE, nem por isso, podemos chamá-lo de criminoso. Respeite pelo menos seu Pai rapaz.

Por último, pergunto: você sabe me informar quais os Senadores que tiveram um encontro com o ex-presidente LULA, em São Paulo e qual o assunto tratado ?

Léo Brito, esse linchamento que você fala, foi praticado pelo próprio Aníbal nas suas travessuras administrativas:

1- Por que a Imprensa acreana o denominou Aníbal Boca de Lobo, quando exerceu o cargo interinamente de secretário de educação, que autorizou pagamento superfaturado ?

2- Por que a Imprensa o denunciou da prática de Censura, nas edições dos jornais locais ?

3- Por que o Senador Aníbal foi obrigado a assinar junto ao Ministério Público do Estado, um Termo de Ajuste de Conduta- TAC, em relação, ao superfaturamento, da mídia, que praticou, quando era secretário de comunicação do governo ?

4- Por que Aníbal foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado, em 2003, por desvio de finalidade de recursos públicos, onde escapou de ser enquadrado no ficha limpa?

Ao Senador Jorge Viana:

Senador Jorge, até então, sempre tive o maior respeito pelo Senhor. Reconheço que o senhor como Prefeito e Governador do Acre, conduziu alguns avanços para a melhoria do nosso Acre. No entanto, o senhor não tem o direito de insultar, desrespeitar, assacar inverdades contra a minha pessoa. Quando o senhor age assim, o senhor se apequena. Eu e os integrantes do meu partido, o PMN, sempre votamos e trabalhamos para o Senhor. O Senhor só consagrou-se politicamente no Acre, porque tinha uma gama de Partidos e lideranças lhe dando sustentação política, durante a campanha, bem como, nas suas administrações. Em sua entrevista, o senhor disse que nós cuspimos no prato que comemos, que nós usamos o PT. Não é verdade Senador, o senhor sabe que exagerou. Primeiro, o senhor não tinha o prato e nem a comida. Nós construímos juntos, fomos para as ruas, praças, comícios, no sol e na chuvas, pedir votos para o senhor e para os nossos aliados. Respeite as pessoas, me respeite, respeite o trabalho que fizemos em prol de suas candidaturas. Não podemos ser injustos. se não fosse os Partidos aliados vocês não tinham chegado ao Poder. Os Partidos sempre ajudaram na hora da Campanha, mais quando chega a hora de administrar, a maioria e os principais cargos sempre foram do PT e dos amigos de vocês. Pergunto: Fora o PC do B e PSB, qual o Partido aliado que foi contemplado com cargo importante na Administração. O Senhor disse que nós choramos para ser o primeiro suplente de Senador. Não é verdade. Nós legitimamente reivindicamos o espaço político em função do nosso apoio e do nosso trabalho. O senhor sabe que isso é legítimo. Não foi dado, pelo egoísmo e por só quererem tudo para vocês.

É verdade que tivemos o apoio do PT para que o Petecão fosse presidente da Assembléia Legislativa. Na oportunidade, contribui por um período, na condição de Secretário Executivo da ALEAC, no entanto, pergunto: E o trabalho que realizamos ? a economia que implementamos? a articulação no sentido de aprovar todas as matéria do Executivo, isso não conta Senador ? Não podemos ser arrogante e injusto. Por uma questão de honestidade, nos temos que reconhecer o trabalho de quem efetivamente realizou. Esse Coêlho que o senhor se refere, desrespeitando, humilhando, desdenhando, é aquele mesmo Coêlho que ia para as ruas da capital e do interior pedir votos para o senhor, debaixo de chuva e de sol, acreditando no PROJETO.

Senador Jorge, o Senhor disse que nos queremos tomar o Mandato do Senador Aníbal Boca de Lobo. Lembro-lhe, que quem assinou os Decretos 14.223 e 14.347, que nomeou o Aníbal para o mesmo cargo ( sendo 2 Decretos diferente, com datas diferente para o mesmo cargo), foi o Senhor. Quem não publicou o Decreto 14.223, por um período de 09( Nove) meses, configurando ATO SECRETO foi o Senhor. Na Lei vigente, isso chama-se IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, por não respeitar o Princípio Constitucional, da publicidade dos Atos Oficiais, dentro do prazo legal.

Senador Jorge, o senhor foi tão deselegante que chegou ao cúmulo de dizer que eu era um MALANDRO. Vou desconsiderar por ter percebido que o senhor estava tão emocionado que ficou fora da sua razão. Veja sua postura. O senhor é um homem que podemos considerar vitorioso politicamente: estudou a maior parte de sua vida, em Brasília, no período em que o senhor defendia o Regime Militar, através da ARENA- Aliança Renovadora Nacional; depois retornou ao Acre, foi servir o glorioso PMDB- Partido do Movimento Democrático Brasileiro, na FUNTAC, no governo Flaviano Melo. Com a ascensão do PT- Partido dos Trabalhadores, após muitas lutas dos verdadeiros militantes, como: Nilson Mourão, Célia Pedrina, Lhé, Chico Mendes e outros, o senhor aproveitou a onda e filiou-se ao PT e após aquela sua primeira derrota, foi eleito Prefeito, Governador e em 2010 tornou-se Senador pelo Estado do Acre, mesmo tendo perdido em Rio Branco, para o Senador Petecão. O Senhor têm mais uma vez, a oportunidade de dar uma extraordinária contribuição ao ACRE e ao BRASIL, quanto ao novo Código Florestal e a Reforma Política.

Pergunto: podemos considerar ou não, como malandragem política:

1- O senhor não ter se posicionado em relação ao Mensalão, que foi o maior esquema de corrupção jamais visto no Brasil por integrantes do PT;

2- O caso do dossiê falso, que valeu Um Milhão e Setecentos Mil Reais;

3- O caso Eurenice ( a formação de um balcão de tráfico de influência dentro da Casa Civil e extorsão de empresários para financiar a Campanha Eleitoral;

4- O caso José Dirceu;

5- O caso do Delúbio;

6- O dinheiro na cueca;

7- O caso Antonio Palocci, que em quatro anos aumentou sua fortuna em 20 vezes;

8- O endividamento do nosso Estado, dando como garantia as nossas florestas;

9- Os processos correndo junto ao TCU, em relação ao superfaturamento das nossas estradas ;

10- A desoneração de algumas Leis, para beneficiar determinado seguimento, mais que em contrapartida, se faz arrecadação extraordinária;

11- Como se gasta tanto dinheiro nas campanhas eleitorais;

12- Como um Estado pobre como o nosso, paga pensões vitalícias para ex-governadores.

13- Como explicar que é a favor da maioria dos acreanos, em respeito ao Referendo e na hora da votação abter-se.

Ao Senador Aníbal Boca de Lobo:

Que foi beneficiário do ATO SECRETO, FRAUDE e FALSIDADE IDEOLÓGICA, vocês não têm o direito de me insultar, desrespeitar, porque quem fez a trapalhada dos crimes tipificados no Mandado de Segurança que impetrei foram vocês mesmos. Apenas constatei e tornei público o que foi publicado no Diário Oficial do Estado. Não venham assacar inverdades contra a minha pessoa. Exerci o pleno direito de questionar democrática e transparentemente na justiça. Mesmo o senhor ter dito que o Presidente José Sarney foi ESSENCIAL na sua permanência, por enquanto no cargo de Senador e pelo que disse o Léo Brito, que o Ministro Celso de Melo, ADVOGOU por muito tempo para o PT, insinuando assim, um tráfico de influência política, para definir essa situação, quero REAFIRMAR a sociedade acreana, que continuo ACREDITANDO na JUSTIÇA do ACRE e do BRASIL. Comunico ainda, que protocolei um Agravo Regimental junto ao STF e aguardo com tranqüilidade o desfecho dessa situação, sem fazer embargos auriculares ou seja, procurado apadrinhamento político e sempre acreditando na justiça do meu Pais.

Abaixo as ofensas, insultos e desrespeito as opiniões divergente !

Viva a Democracia Verdadeira !

Carlos Augusto Coêlho, Primeiro Suplente de Senador-PMN

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

O Filme: OS OLHOS DA JANELA



SINOPSE BREVE
O presente e o passado de uma garota de programa, que relembra os principais momentos de sua vida, num drama urbano e poético, que se passa em São Paulo. Mabel uma jovem que devido à difícil situação econômica que sua família enfrentava nos anos 90, aprendeu a ver o mundo através das janelas de sua casa. Com a crise estabelecida no país, seu pai foi embora, e após a morte de sua mãe, Mabel teve que atravessar as portas que a separavam do mundo e conhecer a realidade de quem precisa sobreviver numa metrópole.
SINOPSE CURTA
Mabel é uma garota de programa, que desde muito cedo teve que aprender a enfrentar todas as dificuldades impostas no seu caminho. Durante a infância, sua mãe para protegê-la das frustrações de um mundo que não poderia lhe proporcionar, no período da crise que Brasil passava na década de 90, acabou privando Mabel de vivenciar os contatos com o mundo exterior, sua mãe morre por não suportar a fome, e esse fato marca pra sempre a vida de Mabel e sua personalidade. Aos 19 anos, Mabel descobre que está grávida de um de seus clientes. Lucas, um homem jovem, muito bonito, bancário, casado e infiel, apaixonado por Mabel, que não tem coragem de assumir um relacionamento com ela, com medo dos preceitos impostos pela sociedade.
Justamente quando Mabel está decidida, e precisando do dinheiro para fazer o aborto, ela é contratada por Vitor, um roteirista de cinema, rico, e muito excêntrico, colecionador de carros, que vive um momento inquietante após terminar de escrever uma obra, sente-se perturbado, como se tivesse sido arrancado à força toda a sua sensibilidade, precisando vivenciar um choque de emoções, e Mabel passa a representar pra ele um passeio underground, visto não pela ótica do subsolo, mas pelas luzes da noite, entre os letreiros da cidade, quando Mabel narra pra ele suas experiências, entre os homens e mulheres que movimentam seus corpos com muita sede, revelando o caminho que escolheu seguir para superar a própria dor.

FICHA TÉCNICA
Produtora: B.O.X.X. Filmes & Entretenimento
Co-Produtora: Rigel Produções Artísticas
Direção: Bruno Saglia
Assistente de direção: Pablo Alves
Produção executiva: Bruno Saglia e Paulo Lima
Argumento e Roteiro: Bruno Saglia
Direção de Fotografia e Câmera: Bobby Cohen
Assistente de Câmera 1: Altair Alves
Assistente de Câmera 2: Julio Lucena
Eletricista Chefe: Lucas Romão
Coordenação de Produção: Marlúcia Farias
Produtora Contábil: Ana Beatriz Lino
Direção de arte: Patricia Lima
Figurinos: Nathalia Vicente
Edição de Som e Mixagem: EDMusicvibe
Legendas: Eletron Digital em Nova York
Motorista 1: Manoel Sidney Santurino
Motorista 2: Antonio Adelino de Souza Nunes
Duração: 18 minutos
Formato: Digital
Som: Dolby SRD
Janela: 16:9 Widescreen
Patrocínio: Acostamento e Auto Viação 1001
Apoio Institucional: Prefeitura e Secretária de Cultura e de Turismo de Guarujá

ELENCO
Germano Pereira
Jane Kelly Saglia
Saulo Vasconcelos
Christiana Kalache
Iara Jamra
Sophia Nazaro
ASSESSORIA DE IMPRENSA
B.O.X.X. FILMES & ENTRETENIMENTO
Marlúcia Farias
Telefone: (21) 3371 3043/ 9896 5334
E-mail: imprensa@boxxfilmesentretenimento.info

BIOGRAFIA
Bruno Saglia nasceu em São Paulo, após se especializar em roteiro na USP. Em 2005 dirigiu o média-metragem “Tem Dia Que De Noite é F...” com Alexandra Richter, Mauricio Cunha, no mesmo ano produziu o média–metragem “Do Lado de Dentro da Noite”, de Moysés Bittencourt com Eloísa Perissé, Rogério Fróes, e publicou o livro de romance policial “Entre o Amor e o Ódio” pela Editora Armazém Digital, no mesmo ano foi Co-Produtor da Ficcion “Ipanema S/A” (Uma co-produção Brasil/EUA), com Izabel Gueron, Rodrigo Penna, André Segatti, Mariana de Moraes, Marcelo Laham da Cineasta Denise Zangrillo. Em 2006 assinou o roteiro e direção do Curta-Metragem “Retratos”. Com Babi Xavier e Fabi Santtos Marrez, lançado em 12 de Dezembro de 2006 no Unibanco Arteplex – RJ. 2008 o Teaser Documentário do filme “Diminuta” uma produção Brasil/Itália, no qual assina o roteiro e a direção, com Deborah Evelyn, Carlos Vereza, João Carlos Martins, Vanessa Jackson, Jane Kelly Saglia, Derico Sciotti, e Larissa Vereza. Em 2009 Assinou a Produção do curta–metragem “Impressões” com Érika Mader e André Ramiro, e o documentário “Mama Julia” de Aline Reis, no mesmo ano foi convidado pela Casa da Moeda do Brasil para dirigir o projeto Cultural Atitude Cidadã. Em 2010 iniciou a produção e direção do longa “Quando Nasce o Sol” com Guilherme Boury, Débora Nascimento, Jane Kelly Saglia, Daniel Hertal, entre outros. Além de Produzir e Dirigir Vídeos–Clipes e Vídeos- Institucionais. Também em 2010 produziu e dirigiu o documentário “Eu Sou Diferente, Por Isso Sou Igual a Você” com jovens portadores de necessidades especiais, e assinou o primeiro vídeo institucional do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro Galeão - Antonio Carlos Jobim. Em 2011 assina o roteiro e a direção do filme Os Olhos da Janela, com: Germano Pereira, Jane Kelly Saglia, Saulo Vasconcelos, Iara Jamra, Christiana Kalache.

Germano Pereira
Lucas um homem jovem, muito bonito, bancário, casado, apaixonado por Mabel, mas não tem coragem de assumir um relacionamento com ela, quando estão juntos, Lucas a trata com carinho e respeito, para se sentir menos culpado e covarde. Lucas não imagina que Mabel guarda um segredo, por saber que jamais seria capaz de assumi-la ao seu lado.

Jane Kelly Saglia
Mabel, uma garota de programa, que vê o passado e o presente cruzar seu caminho, quando aceita fazer um programa com Vitor, para ter como pagar pelo aborto do filho que está esperando de Lucas, um cliente por quem se apaixonou. Mabel não imagina que Vitor não está interessado no seu corpo, mas sim na sua história.

Saulo Vasconcelos
Vitor é um roteirista de cinema, rico, colecionador de carros, entre eles, algumas edições limitadas que marcou época, mora numa casa muito grande e peculiar no Guarujá, que tem ares de uma réplica de um castelo, numa noite após terminar de escrever uma obra, Vitor sente-se perturbado, inquieto, como se tivesse sido arrancado à força toda a sua sensibilidade, precisando experimentar uma sensação que lhe provocasse um choque de sensações, Vitor contrata Mabel, e vive um momento enigmático.

Christiana Kalache
Olga, assim como toda mãe, Olga quer proteger a filha de um mundo que ela não poderia lhe proporcionar, mediante a crise que o Brasil está vivendo na década de 90, acaba privando Mabel de vivenciar os contatos e as experiências com o mundo exterior, Olga morre por não suportar a fome, e esse fato marca pra sempre a vida de Mabel e sua personalidade.

Iara Jamra
Interpreta uma cartomante argentina, em cenas com um tom burlesco, em que Lucas (Germano Pereira) a procura para saber sobre seu futuro, e fazer um pacto em busca de sucesso, através do espírito de Mabel (Jane Kelly), essa cartomante mostra pra ele todos os seus caminhos, e o que terá que fazer para alcançar com êxito seu objetivo.

IMPRENSA
Marlúcia Farias
imprensa@boxxfilmesentretenimento.info
(21) 3371 3043/ 9896 5334
www.osolhosdajanela.blogspot.com
twitter.com/OsOlhosDaJanela
www.flickr.com/photos/filmeosolhosdajanela

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN:
noticiaefatos@gmail.com