sexta-feira, 29 de julho de 2011

Correios convocam mais aprovados em cargos de nível médio e superior

Os convocados em 22 cargos farão as etapas pré-admissionais. Concurso teve mais de 1 milhão de inscritos para 9,1 mil vagas

Os Correios divulgaram nesta sexta-feira (29), no "Diário Oficial da União", a relação e homologação dos candidatos aprovados no concurso para 22 cargos de nível médio, técnico e superior. Os resultados são para as Diretorias Regionais de Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, São Paulo Interior, Tocantins, Acre, Amazonas, Goiás, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Sergipe e São Paulo Metropolitana.

Os cargos de nível superior são de engenheiro civil, engenheiro elétrico, engenheiro mecânico, engenheiro eletrônico, técnico de comunicação social (jornalismo), administrador, advogado, engenheiro de segurança do trabalho, analista de sistemas (desenvolvimento de sistemas), arquiteto, assistente social, estatístico, médico clínico, analista de sistemas (suporte sistemas), cirurgião-dentista, médico do trabalho, economista, psicólogo organizacional e pedagogo.

As convocações são ainda para os cargos de atendente comercial, auxiliar de enfermagem do trabalho e técnico em segurança do trabalho.

Os resultados nas Diretorias Regionais de Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, São Paulo Interior e Tocantins, para atendente comercial, vão das páginas 107 a 129 da Seção 3; para engenheiro civil, engenheiro elétrico, engenheiro mecânico, engenheiro eletrônico, técnico de comunicação social (jornalismo), administrador, advogado, engenheiro de segurança do trabalho, analista de sistemas (desenvolvimento de sistemas), arquiteto, assistente social, estatístico, médico clínico, analista de sistemas (suporte sistemas), cirurgião-dentista, médico do trabalho, economista, psicólogo organizacional, pedagogo, auxiliar de enfermagem do trabalho e técnico em segurança do trabalho vão das páginas 129 a 133 da Seção 3.

Os resultados para os cargos de engenheiro de segurança do trabalho, médico do trabalho, auxiliar de enfermagem do trabalho e técnico em segurança do trabalho das Diretorias Regionais do Acre, Amazonas, Goiás, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Sergipe e São Paulo Metropolitana estão nas páginas 133 e 134.

Na última quarta-feira (27), os Correios divulgaram, no "Diário Oficial da União", a relação e homologação dos candidatos aprovados no concurso para 18 cargos de nível superior e de atendente comercial.

De acordo com os Correios, os aprovados terão agora de apresentar os documentos exigidos, fazer os exames médicos pré-admissionais, assinar o contrato de trabalho e realizar o treinamento.

No caso desses cargos, já foi realizada a perícia médica nos candidatos que se declararam deficientes e foram classificados na prova objetiva, cujo resultado final foi divulgado no dia 5.

Os Correios preveem que o concurso seja homologado em todas as Diretorias Regionais até a terça-feira (2) em todos os cargos, com exceção de carteiro e operador de triagem e transbordo, que passarão por avaliação da capacidade física e laboral em setembro.

Assim, na próxima semana, a ECT terá 3.116 candidatos homologados (34% do total do concurso) e a previsão é que ainda em agosto já estejam trabalhando.

Cargos e homologação
O concurso, cuja prova foi realizada em 15 de maio, oferece o total de 9.190 vagas, em 39 cargos, sendo 34 de nível superior e 5 de nível médio. Foram mais de 1 milhão de inscritos (veja tabela no fim do texto).

São 8.346 vagas de agente dos Correios - 2.272 para atendente comercial, 5.060 para carteiro e 1.014 para operador de triagem e transbordo -, e 829 vagas de nível superior (analistas) e 15 de nível médio técnico (auxiliar de enfermagem do trabalho e técnico de segurança do trabalho).

De acordo com os Correios, até o final de outubro, todos os 9.190 aprovados no concurso público devem estar trabalhando.

Convocação
De acordo com os Correios, os candidatos serão convocados para as etapas seguintes por meio de Sedex, carta registrada com aviso de recebimento (AR) ou telegrama. As convocações dos candidatos também serão publicadas em edital próprio no “Diário Oficial da União” e divulgadas no site www.correios.com.br/institucional/concursos/correios/.

As etapas realizadas após as provas objetivas serão feitas, preferencialmente, nas cidades-sede das Diretorias Regionais, de acordo com os Correios.

O candidato que trocou de endereço em relação ao fornecido no ato de inscrição deverá enviar, por meio de requerimento, as atualizações para a Diretoria Regional para qual se inscreveu - clique aqui para ver os locais para atualização dos endereços.

Os Correios ressaltam que o candidato deverá manter atualizado seu endereço após a homologação do resultado final, desde que aprovado. São de exclusiva responsabilidade do candidato os prejuízos advindos da não atualização de seu endereço.

Avaliação física
A avaliação da capacidade física e laboral para carteiros e operador de triagem e transbordo deve ocorrer em setembro. Os Correios serão responsáveis por essa etapa.

O edital desse concurso contém o número de candidatos que serão chamados conforme a quantidade de vagas disponível em cada região.


Na localidade-base em que a seleção for para formação de cadastro, serão convocados no máximo de 10 candidatos. Todos os que deverão passar por essa etapa serão avisados por telegrama ou carta, segundo o edital.

Essa fase inclui três tipos de exercícios: barra fixa (masculino e feminino), corrida de 12 minutos e dinamometria (força muscular, também com provas masculina e feminina).

O teste físico não terá pontuação, mas vai indicar se o candidato está apto ou não ao cargo. De acordo com o edital, os candidatos serão informados da aprovação ou eliminação nesta fase do concurso público logo após o término dos testes.

Contratação
No dia 27 de junho, durante seminário em São Paulo, o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, disse que todos os aprovados no concurso para 9.190 vagas serão contratados, mas não de uma vez só. “Não dá para contratar todo mundo de uma vez”, disse. “Vamos contratar todo mundo assim que possível”. A ECT prevê que até o final de outubro todos os aprovados estejam trabalhando.

O salário-base para agente é de R$ 807,29, de analista é de R$ 3.211,58, para auxiliar de enfermagem é R$ 1.003,57, e para técnico em segurança, de R$ 1.494,46, acrescido de benefícios como vale-alimentação/refeição, vale-transporte, auxílio creche ou auxílio babá, auxílio para filhos dependentes portadores de deficiência física, assistência médica e odontológica e plano de previdência complementar, além de plano de cargos e carreiras e possibilidade de desenvolvimento profissional.

Concorrência

Veja abaixo o número de inscritos e a concorrência por vaga.

Atividade/Especialidade

Número de inscrições

Número de vagas

Concorrência por vaga

Atendente Comercial

667.798

2.272

293,93

Carteiro

296.719

5.060

58,64

Operador de Triagem

86.739

1.014

85,54

Auxiliar de Enfermagem do Trabalho

956

6

159,33

Técnico de Segurança do Trabalho

2.715

9

301,67

Nível Superior

65.466

829

78,97

TOTAL

1.120.393

9.190

121,91

G1

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário