quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Bolsa Família deve atender mais 800 mil famílias no próximo ano

O Programa Bolsa Família deverá receber R$ 19,6 bilhões em 2012, sendo que R$ 18,7 bilhões serão transferidos diretamente às famílias. A previsão do governo, de acordo com o Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) de 2012, é que no ano que vem o número de famílias beneficiadas seja ampliado de 12,8 milhões registradas no fim de 2010 para 13,6 milhões, 800 mil famílias a mais.

No Orçamento de 2011, o valor destinado ao Bolsa Família foi R$ 13,4 bilhões, para atendimento a 12,8 milhões famílias. O Plano Brasil sem Miséria terá um total de R$ 25,7 bilhões em 2012, com um aumento de R$ 8,9 bilhões em relação ao ano passado.

A área de assistência social deverá receber R$ 54,1 bilhões no ano que vem, entre despesas obrigatórias e discricionárias. Desse total, R$ 31,9 bilhões deverão ser gastos com o Sistema Único de Assistência Social (Suas), que organiza a oferta do setor em todo o país.

Dos R$ 66,5 bilhões que serão destinados para a área da educação, R$ 20,2 bilhões serão para despesas com pessoal. Outros R$ 9,5 bilhões serão destinados ao ensino superior, com a distribuição de 40 mil novas bolsas de estudos até 2014. Na área de educação básica, serão aplicados R$ 6,7 bilhões e para o ensino profissional há uma previsão de R$ 4,8 bilhões.

As ações nas áreas da cultura e do esporte deverão receber em 2012 um total de R$ 1,6 bilhão cada. Para a Copa do mundo de 2014, serão alocados R$ 230 milhões no próximo ano para o desenvolvimento de ações de promoção e comunicação do evento, atividades de monitoramento das ações, além de um programa de voluntariado e o pagamento de consultorias.

Para a saúde, o montante total de recursos previstos em 2012 é de R$ 79,5 bilhões. O montante inclui setores como a assistência hospitalar e ambulatorial, a atenção básica, a área de vigilância epidemiológica e o Programa Aqui Tem Farmácia Popular,

As ações na área do trabalho vão receber R$ 42,3 bilhões, sendo que R$ 39,6 bilhões serão direcionados para a área de proteção e benefícios ao trabalhador.

O Ploa, que foi que foi enviado nesta quarta-feira (31/8) ao Congresso Nacional, deve ser elaborado todos os anos e traz a previsão de receitas e despesas do governo federal.

Correio Braziliense

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário