sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Bancários em greve vão servir sopão da miséria durante protesto no Rio

No quarto dia da greve nacional dos bancários, representantes da categoria no Rio de Janeiro decidiram protestar de uma forma diferente para chamar a atenção das instituições financeiras. O movimento oferece hoje (30), na hora do almoço, no centro da cidade, o sopão da miséria. A comida será servida à população em uma tenda montada em frente a uma agência bancária.

Até agora, segundo o Sindicato dos bancários do Rio, das 800 agências na capital fluminense, 375 estão fechadas, sendo a maioria no centro. Para o presidente da entidade, Almir Aguiar, a manifestação desta sexta-feira, além de defender interesses dos bancários, tem um cunho social.

“A ideia é essa, uma visão social do protesto, e essa alusão aos banqueiros. A gente entende que eles deveriam ter uma participação maior na sociedade no sentido de acabar mesmo com a miséria no Brasil”, disse.

Os grevistas fazem assembleia às 17h30, no auditório do sindicato, no centro do Rio, para avaliar o movimento.

Os bancários de todo o país reivindicam, principalmente, reajuste salarial de 12,8%, maior participação nos lucros e mais segurança no trabalho. Os banqueiros oferecem reajuste de 7,8%.

Em nota, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) informou que continua disposta a negociar com o comando da greve, "visando a uma proposta que leve à construção de um acordo" para encerrar a paralisação. A Fenaban também orientou a população a pagar suas contas em casas lotéricas, supermercados, agências dos correios, em caixas eletrônicos e pela internet.

Agência Brasil

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário