sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Dilma viaja neste sábado para “tour” pela Europa

Presidente irá à Bélgica, à Turquia e à Bulgária, onde visitará cidade de seu pai

A presidente Dilma Rousseff viaja neste sábado (1º) à noite para a Bélgica, e só retorna ao Brasil no dia 8.

Pela primeira vez, ela vai participar da 5ª Cúpula Brasil-União Europeia, em Bruxelas, e abre o 23º Europalia – o maior festival de cultura da Europa, no qual o Brasil será o homenageado este ano. Em seguida, ela vai à Bulgária, onde reencontra parte da família por parte de pai, e à Turquia, onde discutirá acordos políticos e econômicos.

Na segunda (3) e na terça-feira (4), Dilma participa de debates sobre os impactos da crise econômica mundial nas relações entre a União Europeia e o Mercosul.

O porta-voz da Presidência da República, Rodrigo Baena, disse nesta sexta-feira (29) que as discussões na cúpula dão “segmento à parceria estratégica” entre os dois blocos. Segundo ele, o Brasil é o quarto maior investidor na União Europeia.

Baena disse ainda que devem ser assinados acordos entre a Bélgica e o Brasil nos setores de transportes, aviação, cultura e artes, além de um documento com o objetivo de facilitar a obtenção de bolsas por estudantes brasileiros em universidades belgas.

A presidente aproveita ainda o fato de estar em Bruxelas para abrir o Europalia, que põe em destaque a produção cultural brasileira. Por mais de cem dias, a cultura do Brasil estará na Bélgica, em Luxemburgo, na França, na Alemanha e na Holanda com 130 shows, 60 apresentações de dança e 40 de teatro, 20 exposições de artes visuais e 80 conferências literárias.

Da Bélgica, a presidente seguirá para a Bulgária. Dilma irá à capital do país, Sofia, em visita oficial, e depois passará pela cidade de Gabrovo, onde nasceu o pai dela, Pedro Rousseff.

A visita deve ser um dos momentos mais emocionantes da viagem. Dilma é considerada pelos búlgaros um deles por causa de suas origens. Parte da família paterna dela ainda vive na Bulgária.

Segundo Baena, “será uma visita com forte componente emocional”. A cidade do pai da presidente é considerada um museu a céu aberto. Em homenagem a Dilma, está sendo organizada uma exposição e um almoço com comidas típicas.

O porta-voz acrescentou também que Brasil e Bulgária têm “grande espaço para aumentar o comércio entre os dois países”. Durante a visita, serão assinados acordos de cooperação econômica e educacional. Em 2010, o intercâmbio comercial com o país chegou a US$ 147 milhões e, de janeiro a julho deste ano, a US$ 73,7 milhões, com potencial de crescimento nos dois sentidos, segundo o governo

No próximo dia 7, a presidente parte para a última etapa da viagem, ao desembarcar na Turquia. Em Istambul, ela tem encontros com o presidente e o primeiro-ministro daquele país.

No cenário político internacional, a Turquia hoje representa um dos principais interlocutores nas negociações para o fim dos impasses no Oriente Médio e no Norte da África. No dia 8, a Dilma deve retornar ao Brasil.

Acompanharão a presidente na viagem os ministros Antonio Patriota (Relações Exteriores), Fernando Pimentel (Desenvolvimento), Aloizio Mercadante (Ciência e Tecnologia), Paulo Bernardo (Comunicações), Ana de Hollanda (Cultura) e Helena Chagas (Secretaria de Comunicação Social).

R7

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário