quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Anvisa proíbe lotes de antirretroviral por suspeitar de qualidade

Agência afirma ter recebido notificações sobre problemas com a 'lamivudina'.
Proibição começa a valer a partir desta quarta-feira (26).

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta quarta-feira (26) o comércio e uso de lotes do remédio lamivudina, um antirretroviral usado no tratamento da de pessoas infectadas pelo vírus HIV, causador da Aids.

A proibição é válida a partir de hoje e foi publicada no Diário Oficial da União. A agência alega suspeita de desvio de qualidade como justificativa para proibir o medicamento.

Segundo o texto da resolução, a Anvisa recebeu notificações repassadas pelo Ministério da Saúde que relataram problemas com o medicamento.

Os lotes suspensos foram os de número 0208, 0209, 0210, 0233, 0234 e 0242. O medicamento é vendido como solução oral e é produzido pela Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego).

G1

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário