quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Polícia se antecipa e prende líderes de quadrilha que planejava roubo em série

dupla_assaltantes_preso

Bando é investigado por roubos, homicídios, corrupção e tráfico de droga.

A Polícia Civil do Acre prendeu em Porto Velho/RO, na última terça-feira (18), Ermilson da Cunha Cipriano, 28, o “Romário” e Cledson Araújo das Neves, 31, o “Caverão”. Os dois, segundo a polícia, integram uma quadrilha que era investigada há três anos por roubo a bancos, joalherias, tráfico de droga, homicídios e pistolagem.

Elivaldo Silva da Costa, 31, o “Nego Felpo”, também integrante da quadrilha já havia sido capturado pela Polícia Civil, no dia 14 de setembro do ano passado, quando comprava terras com dinheiro oriundo dos crimes na zona rural de Capixaba.

O bando vinha sendo investigado pela Delegacia Antiassalto da Polícia Civil (DAPC), desde 2009 após uma série de roubos praticados, em Acrelândia, Rio Branco e adjacências. Em junho de 2010 os suspeitos foram presos na cidade de Manaus/AM, usando armas de uso restrito, inclusive metralhadoras.

Na ocasião, eles teriam sido flagrados instantes após terem aplicado uma série assaltos a joalherias, mas teriam comprado a liberdade por R$ 100 mil, dinheiro supostamente pago à carcereiros de uma cadeia pública para facilitar a fuga.

Dois meses depois do suposto suborno, “Nego Felpo” foi preso pela Polícia Civil do Acre, em Capixaba. Na ocasião, ele estava com várias jóias, produto dos roubos e uma pistola.

A PRISÃO EM RONDÔNIA

Após a prisão de “Nego Felpo”, as investigações prosseguiram e a polícia judiciária acreana conseguiu localizar “Caveirão” e “Romário” na cidade de Porto Velho. Os acusados viviam na capital rondoniense usando nomes falsos.

Com a localização exata dos criminosos o secretário da Polícia Civil Emylson Farias determinou que os investigadores Walmar Santos, Leandro Costa e Tadeu Lima, da DAPC se deslocassem até a capital rondoniense, onde com o auxilio de investigadores da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio – DCCP realizaram a prisão dos investigados.

“Caverão” foi preso em uma residência de parentes localizada na zona leste de Porto Velho, enquanto “Romário” foi capturado na região central da cidade, imediações de um motel, onde tentou se refugiar para traçar plano de fuga para a cidade de Manaus com a ajuda de um advogado. Ele já havia designado a sua esposa para seguir de avião, mas o plano falhou, os policiais cercaram o motel e o prenderam.

POLÍCIA EVITA ROUBOS

Um trabalho de investigação entre policiais civis da DAPC e do Departamento de Inteligência descobriu que “Romário” e “Caverão” estavam recrutando outros bandidos e planejavam executar roubos em terminais bancários (caixas eletrônicos), joalherias e lotéricas nos estados do Acre, Rondônia e Amazonas. A estratégia dos bandidos foi interceptada pela polícia que evitou os assaltos e prendeu os dois “cabeças” do bando criminoso.

“Essas pessoas estão no topo da pirâmide do crime, ainda não se pode avaliar o tamanho do prejuízo que esses indivíduos causaram a sociedade. No entanto, a sensação de segurança é incontestável, a nossa Polícia Civil aplicou um golpe preciso nesse bando que recrutava pessoas para o crime”, disse o chefe de polícia.

A QUADRILHA

De acordo com as investigações, os acusados eram contumazes na prática de roubos e sempre usavam da violência física e psicológica para torturar as vítimas. Após serem identificados em vários assaltos realizados em Rio Branco e cidades do interior, principalmente na região de fronteira, eles migraram para a cidade boliviana de Cobija, onde por algum tempo “trabalharam” como segurança de um traficante local. Procurados pela polícia da Bolívia, os acusados fugiram para a cidade de Manaus onde deram seqüência aos crimes de roubo e tráfico de droga.

De acordo com os delegados Hélio Teixeira e Paulo Kakiones, da cidade de Porto Velho, “Caverão” e “Romário” são acusados de praticar vários homicídios no Amazonas, inclusive estão sendo investigados pela morte de um colombiano (nome não mencionado), o qual eles teriam executado após roubarem do mesmo um carregamento de cocaína.

PC

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN:
noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário