sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Polícia investiga estupros em Cruzeiro do Sul

deamFOTO Adelcimar Carvalho - Tribuna do Juruá A Polícia Civil de Cruzeiro do Sul investiga dois casos de estupro registrados na Delegacia Especializada em Atendimento a Mulher no início desta semana. Exames realizados em ambas vítimas confirmam que houve a conjunção carnal.
De acordo com as investigações, no primeiro caso, os acusados foram apontados como três indígenas. Segundo a vítima, uma adolescente de 14 anos, o crime aconteceu quando no referido dia, ela perdeu o ônibus e resolveu pegar carona com um rapaz que trafegava em uma motocicleta. Em depoimento ao delegado Odilon Neto, que preside o inquérito, a menor contou que o rapaz estava acompanhado de outros dois rapazes em uma outra motocicleta e faziam ingestão de bebidas alcoólicas. 
Dado momento, em um local afastado na BR-364, próximo à vila Lagoinha, a adolescente alegou que os três pararam as motocicletas e a estupraram. A Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e a Polícia Federal estão colaborando com as investigações e um dos acusados já foi reconhecido pela vítima, devendo ser preso nas próximas horas.
Já o segundo caso segundo polícia, é alvo de complicações, pois envolve uma outra menor de 14 anos de idade, portadora de necessidades especiais. A denúncia partiu da própria família da vítima e segundo ela, um comerciante da cidade teria aliciado a garota com dinheiro e depois abusado sexualmente da adolescente.
Segundo o delegado, neste caso as investigações estão avançadas, e o acusado deve ser identificado e posteriormente preso nos próximos dias. A polícia reitera que a menor já foi submetida à exames e os resultados indicaram que houve conjunção carnal. 
O suspeito deve responder pelos crimes de aliciamento de menores e estupro de vulnerável.

Tribuna do Juruá

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
MSN: noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário