segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Os quatro prefeitos eleitos do Alto Acre recebem as faixas no dia 1º de Janeiro

Os prefeitos eleitos Betinho (PSDB), de Assis Brasil; Everaldo (PMDB), de Brasileia; Marcinho (PSDB), de Xapuri e André Hassem (PSDB), de Epitaciolândia receberão a faixa no dia 1º de Janeiro.
Será uma verdadeira festa da oposição, já que pela primeira vez nos últimos anos, a Frente Popular não elegeu nenhum prefeito no Alto Acre, perdendo inclusive na cidade de Xapuri, tradicional reduto do PT.

A posse de Everaldo Gomes de seu vice ocorrerá no ginásio da Escola Estadual José Kairala, na cidade de Brasiléia.
Marcinho Miranda assume o cargo de prefeito de Xapuri, às 19h, no ginásio de esporte Alváro da Silva Mota, no centro da cidade.
André Hassem será empossado no ginásio esportivo Wilson Pinheiro juntamente. O prefeito tucano anunciará seu secretariado no mesmo dia.
O tucano Dr. Betinho receberá a faixa às 18ho, em Assis Brasil. O evento ocorrerá na Avenida Raimundo Chaar, no centro da cidade.
com informações de oaltoacre.com

Bando invade loja e faz empresário e funcionários reféns


SKAP REI
Loja foi invadida por ladrões que renderam família (Foto: EcosDaNotícia)
O roubo aconteceu por volta das 13h deste sábado, 29, na loja Rei dos Escapamentos, localizada na Avenida Antônio da Rocha Viana, quatro homens armados invadiram o local e renderam o casal de empresários proprietários da loja e funcionários que estavam saindo do trabalho.


De acordo com informações do empresário Claudiney Ribeiro Silva, 49 anos, estava deitado em um cômodo nos fundos da loja quando foi acordado por um dos assaltantes que teria encostado a arma em sua cabeça e anunciado o roubo.

“Assustado quando levantei observei que dois assaltantes puxavam minha esposa pelo braço e saíram em direção ao escritório, enquanto eu e os funcionários fomos trancados em uma sala” contou o empresário.

Após alguns minutos sem ouvir nenhum barulho o empresário um filho e funcionários conseguiram sair da sala onde teriam ficado trancados e perceberam que os assaltantes já haviam deixado o local.

“Entrei em desespero quando não encontrei minha esposa e liguei imediatamente para a Polícia informando do roubo e rapto da minha esposa, mas ela estava trancada no quarto da casa que fica no andar superior da loja e não havia gritando com medo que os assaltantes ainda estivessem no local” contou Claudiney.

Os bandidos levaram notebooks, celulares e as chaves de dois veículos pertencentes à família do empresário.

Quando a Polícia Militar chegou ao local foi quando a proprietária percebeu que os assaltantes já haviam ido embora, então ela gritou por socorro e foi retirada do quarto onde foi trancada pelos assaltantes.
 
Do Site EcosDaNoticia.com.br

Gladson Cameli presta contas e diz que o Acre perdeu o “medo” de mudar

Fazendo um balanço dos seis anos de mandato como deputado federal, o jovem engenheiro civil, cruzeirense de 34 anos, Gladson de Lima Cameli (PP), concedeu entrevista ao sistema de rádio e televisão Juruá, esta semana, reafirmando seu compromisso com os 22 municípios acreanos e a meta de cumprir o propósito de trabalhar pelo progresso do Acre, destacando como principal prova de seu trabalho o número de indicação e liberação em emendas parlamentares para o estado, somando cerca de R$ 70 milhões, o que lhe rendeu o título de Campeão de Emendas no ano de 2012, segundo dados do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi).
A informação foi repercutida pelo portal G1, da Globo e pelo jornal Correio Braziliense, um dos principais diários da capital federal, onde Gladson trabalha semanalmente no Congresso Nacional juntos a vários ministérios na busca de recursos para diversos segmentos do estado.
Na conversa com o jornalista Nelson Liano Júnior, Cameli faz uma prestação de contas a sociedade acreana, e respondeu a perguntas de telespectadores e internautas durante a entrevista. Durante o bate-papo, Gladson também comenta sobre seu ingresso na vida pública e afirma que seu futuro depende de Deus e das conversas que terá com sua família. No entanto, ele garantiu que não será mais candidato à reeleição de deputado federal em 2014.
Gladson fez questão de agradecer a atenção dos ministérios com as solicitações da bancada acreana, citando o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), como um dos grandes parceiros na liberação de emendas para o estado. Leia os principais pontos da entrevista:
Sua prestação de contas de 2012 mostra o senhor como um dos parlamentares campeão de emendas devido ao grande volume de recursos conquistados para o Acre no Congresso Nacional. Isso é fruto de uma grande articulação em Brasília, obviamente?
Gladson Cameli – Esses valores dizem respeito aos seis anos de mandato. Lembro-me de quando eu venci a primeira eleição para deputado federal, várias pessoas diziam que eu tinha ganhado um mandato de presente da minha família para brincar em Brasília. Para você ver, dois grande veículos de comunicação do país destacaram um deputado acreano, do Vale do Juruá, que liberou mais recurso do que vários outros políticos antigos e com grande influência naquela Casa. Isso tudo é a prova de que há políticos de que realmente têm compromisso com seu povo; fruto das parcerias que fizemos com as prefeituras e o Governo do Estado. Isso faz nosso trabalho valer a pena, e nos incentiva a continuar lutando por recursos para o nosso estado.
Este foi um ano eleitoral com disputas bastante acirradas no Estado. Qual avaliação que o senhor faz do resultado geral das eleições de 2012?
Gladson Cameli – Na minha opinião, foi um ano bastante positivo, principalmente do ponto de vista da democracia. Percorri todos os municípios do nosso estado, de Assis Brasil e Marechal Taumaturgo, e o que vemos é que existem dois grandes sentimentos por parte da população acreana. O primeiro deles é o de mudança. Isso é muito bom porque mostra que as pessoas perderam o medo de dizer que querem algo novo. O segundo diz respeito a responsabilidade que temos como lideranças políticas. Essa eleição nos mostrou que a oposição tem desafios além de simplesmente ganhar uma eleição. Deve-se ter a consciência de que é preciso administrar com competência. Os problemas devem ser resolvidos gradativamente, apesar do Brasil estar enfrentando uma crise mundial, que tem afetado o FPE e FPM, podemos continuar trabalhando pelo desenvolvimento de cada município. Sabemos que os prefeitos que assumirão agora em 2013 terão uma certa dificuldade no início, mas com determinação, coragem e garra para administrar, contarão com o meu apoio e de toda bancada federal no Acre e em Brasília.
Deputado, o senhor nasceu no Vale do Juruá e sempre fez questão de deixar claro seu apoio a integração do estado através da BR-364.A população juruaense sempre questiona por que a obra não foi inaugurada até os dias de hoje.
Gladson Cameli – A BR-364 é uma questão que eu acompanho desde a época em que meu tio Orleir Cameli era governador do Acre. Se você relembrar o passado, quem tirou Cruzeiro do Sul do isolamento foi Orleir, mesmo sem apoio e perseguição de vários políticos que hoje ignoram seu nome e o restante daqueles que ajudaram a construir o Acre que hoje temos. Quem completa 15 anos hoje, pensa que o Acre foi descoberto em 1999. Ele tirou água de pedra, ligou Rio Branco a Sena Madureira, tirando Sena do isolamento, e ligou a capital a Brasiléia. São duas obras que marcaram o fim do isolamento no Acre. Eu sempre parabenizei o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que deu atenção ao Acre quando nós estávamos esquecidos. Mas, sobre a inauguração da estrada, as informações que recebemos em Brasília é que a partir do próximo verão as obras serão reiniciadas. Acredito que até o final de 2013 ela será inaugurada. Se depender da bancada federal acreana, o Governo do Estado terá total apoio, com recursos necessários para concluir esta grande obra de infraestrutura ansiosamente esperada pelo povo acreano.
O Acre tem um grande problema relacionado a questão da energia elétrica. O senhor trouxe uma CPI do Congresso Nacional ao estado no ano de 2009 e a presidenta Dilma anunciou a redução das tarifas de energia elétrica. No Acre, esses preços são exorbitantes por conta dos impostos estaduais e federais. O que a bancada federal tem feito para solucionar este problema?
Gladson Cameli - Mais uma vez vou voltar ao passado. Quando Orleir era governador, o valor do ICMS no Acre era 40% mais barato do que é hoje. Ele conseguia realizar obras, apesar de toda intervenção, muitas vezes equivocadas, da oposição que hoje tornou-se situação. Conseguiu trabalhar com recursos do estado e pouco mais de 30% do Governo Federal. Após o término de seu governo, seu sucessor aumentou o ICMS e os demais o mantiveram altíssimo até os dias de hoje. Desde meu primeiro mandato luto contra esses abusos. Me indigna saber que o acreano paga tão caro por uma energia de péssima qualidade. Tenho um exemplo do município de Mâncio Lima, onde a Dona Mara, uma amiga minha, esteve com sua casa fechada por três meses, e nesse período, no primeiro mês sua conta chegou no valor de R$ 200,00. No segundo mais de R$ 300,00, e no terceiro mês alcançou mais de R$ 400,00. Uma questão que me intriga e me revolta é o fato da própria Aneel não se manifestar em favor da sociedade. Na minha opinião trata-se de uma agência reguladora que não regula nada. Ela autoriza um reajuste para dezembro enquanto a própria presidenta da República está incentivado a redução no valor da energia, e ainda estimulando os estados a reduzir o valor do ICMS sobre a conta de luz. Ninguém entende um país deste. Em 2013 devo ser relator de uma matéria onde as pessoas que ganham até seis salários mínimo possam ser beneficiadas com encargo zero de impostos na conta de energia. Vamos tentar mais essa conquista em favor do consumidor no próximo ano.
As passagens aéreas também fazem o consumidor acreano vítima de preços abusivos, e o senhor também tem protestado contra estes casos.
Gladson Cameli – Acredito na redução nas tarifas de passagens aéreas porque temos uma proposta neste sentido tramitando na Câmara. A presidenta Dilma inclusive sancionou uma lei aprovada pelo congresso onde os aeroportos que passam menos de 1 milhão de passageiros por ano terão isenção nas tarifas. O que nos deixa chateados é o fato de que as empresas querem incentivo, mas não querem reduzir preços das passagens. Outra ação que nós não desistimos diz respeito ao aeroporto de Rio Branco. Já fizemos várias denúncias a Anac sobre as péssimas condições da pista e ainda sobre os preços absurdos das passagens aéreas para o Acre. Estou solicitando uma conexão imediata em Rio Branco ou Porto Velho pela Gol. É uma proposta que está em análise, e dentro de três meses teremos resposta.
O sistema de telefonia é outra problemática que o acreano enfrenta…
Também tenho me posicionado sobre a qualidade do sistema de telefonia e internet no Acre. Já estive com representantes da Oi e Vivo por vários momentos exigindo a ampliação do sinal das operadas no estado e também o bom funcionamento do serviço. Inclusive, gostaria de anunciar que nas vilas da Lagoinha e Santa Luzia, a Oi já se comprometeu em até o final do próximo ano instalar antenas de telefonia móvel para atender a população. Agora em janeiro a Oi estará inaugurando o mesmo serviço em vila Campinas. A Vivo já está funcionando em Rodrigues Alves, e a tendência é que essas empresas continuem melhorando o que oferecem ao nosso consumidor. Eu sempre estarei atento a isso.
Deputado, vários leitores gostariam de saber no que resultou o imbróglio sobre o fuso horário do Acre em Brasília.
Gladson Cameli – Quanto a essa questão, lhe afirmo que se o ano tem 365 dias, faço questão de dedicar todos a essa questão também. Eu, Gladson, tenho minha opinião pessoal sobre o horário, mas acima da minha opinião e dos meus desejos pessoais está o respeito ao acreanos que foram às urnas votar e dizer que queriam nosso horário de volta. Nós não somos bobos e sabemos quais são os partidos e os políticos que não respeitam essa decisão. Seu eu tivesse o poder da caneta, esta situação estaria solucionada. Como não tenho, só me resta me posicionar ao lado do povo até o fim desta batalha.
Qual o seu principal projeto para o novo ano?
Gladson Cameli – São vários, mas o principal é continuar trabalhando na defesa dos interesses da sociedade acreana. Meu sonho é que a partir de fevereiro tenhamos energia e passagens aéreas mais baratas, e pretendo acompanhar todos os prefeitos do estado para conseguir recursos em Brasília. Por isso é essencial que eles coloquem suas prefeituras adimplentes para receber esses recursos. Minha primeira ação agora em 2013 será subir o rio Juruá e Moa, onde estarei subindo a Serra do Divisor a partir do dia 3 e janeiro e visitarei e ouvirei as comunidades, a exemplo do que fez em 2012 quando fui de barco de Cruzeiro do Sul até o município de Marechal Taumaturgo.
A pergunta que mais chega aos estúdios da televisão e rádio é se o senhor será candidato ao Senado em 2014. Qual é realmente o seu projeto para as próximas eleições?
Gladson Cameli - A população acreana é muito politizada, e isso é bom porque mostra que as pessoas estão cada vez mais atentas ao que os políticos no exercício de sua função. Porém, neste exato momento sou candidato a fazer o melhor mandato possível em favor do Acre. Quero que lembrem de mim como um deputado que trabalhou pelo nosso estado, que não mediu esforços, que sempre buscou o progresso do estado. Quanto ao meu futuro político, eu dependo de Deus e da minha família, que é a base de tudo. Só posso lhe afirmar que candidato a deputado federal não serei mais porque acredito que já estou dando minha contribuição na Câmara Federal para o Acre, e existem jovens tão sonhadores, capacitados e dispostos a trabalhar pelo Acre que merecem espaço na política. Todos têm o direito a ter a oportunidade de servir ao seu povo, assim como eu tenho tido a minha, e sou grato a Deus, a minha família e ao povo acreano por isso.
Qual seu sonho para o Acre em 2013?
Gladson Cameli – Desejo que o Acre seja livre. Livre da opressão, da mentira, da corrupção, e que todas as famílias possam alcançar paz e cidadania, o que só é possível quando as autoridades deixam a arrogância de lado e se fazem humildes e dedicados a trabalhar por mais emprego, saúde, educação e segurança para todos. Eu acredito neste futuro.
Entrevista concedida a TV e Rádio Juruá, em Cruzeiro do Sul

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Mais veículos para atender a saúde do município


ENTREGA DE CARROS 3
Trata-se do segundo lote de veículos, o qual custou R$718.700,00 (Foto: Assessoria)
Após inaugurar unidade de saúde no Vitória, Angelim e o secretário Osvaldo Leal entregaram nesta quinta-feira, 27, dez novos veículos para renovação da frota da Secretaria Municipal de Saúde e intensificação das atividades administrativas e de enfrentamento às doenças. Com eles, soma 80 veículos a frota total da Secretaria. Trata-se do segundo lote de veículos, o qual custou R$718.700,00. No primeiro lote, cuja entrega efetivou-se em outubro passado, foram repassados sete motos e seis veículos, sendo um utilitário, uma picape e quatro carros pequenos para o serviço administrativo e de vigilância em saúde.




Parte dos seis utilitários Fiat Doblô será usado pelo programa Consultório na Rua, especializado na identificação e acolhimento de pessoas em situação de rua, aquelas vulneráveis à dependência do álcool e das drogas. O programa foi lançado semana passada pelo prefeito e parceiros da Prefeitura de Rio Branco, como a Central de Articulação das Entidades de Saúde (Cades).



Rio Branco é a primeira cidade da Amazônia a contar com um serviço como o Consultório na Rua. Trata-se de um programa que integra o conjunto de ações para o enfrentamento à dependência química. Médicos, psicólogos e enfermeiros farão busca ativa de dependentes químicos e vão avaliar se a internação pode ser voluntária (com o consentimento do usuário) ou involuntária (contra a vontade do paciente). Além disso, as parcerias com entidades privadas voltadas à recuperação de dependentes químicos serão ampliadas. Hoje, quatro instituições são beneficiadas com financiamento público para esse fim.



O chefe da Divisão de Transporte da Semsa, Luciano de Lima, disse que a nova frota será importante para o avanço das atividades da Semsa. Antgelim fez questão de destacar o potencial da equipe da Secretaria e lembrou a máxima que o acompanha desde que assumiu a prefeitura: “viemos para servir ao público e não para se servir do que é público”, disse o prefeito.

Da Assessoria

Vereador Gabriel Forneck será o líder da Câmara


GABRIEL
Gabriel Forneck está no segundo mandato como vereador (Foto: Arquivo)
O prefeito eleito de Rio Branco, Marcus Alexandre, anunciou o vereador Gabriel Forneck (PT) como o seu líder na Câmara Municipal para o próximo mandato. O anúncio foi feito durante reunião com 16 dos 17 os vereadores eleitos em outubro passado. Apenas o vereador Marcelo Jucá (PSB) não participou do encontro.



“Gabriel já cumpriu essa missão com o prefeito Angelim e cumpriu muito bem. Ele agora vai nos ajudar nessa nova gestão, pois é um jovem vereador dinâmico, tem o espírito de trabalho em equipe, o que é fundamental para o trabalho que iremos realizar a partir de janeiro”, explicou.


Gabriel Forneck está no seu segundo mandato como vereador pelo Partido dos Trabalhadores. Ele tem forte atuação na juventude e tem se mostrado grande articulador político.


Como líder do prefeito Raimundo Angelim, Gabriel Forneck encaminhou os principais projetos do Executivo e defendeu a administração municipal nos principais embates com a oposição. Já para a próxima legislatura, Forneck se mostrou um habilidoso negociador e é considerado o principal construtor da candidatura do vereador Professor Roger para presidente da Câmara.

Da Assessoria

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Motociclista colide contra camionete na AC-40


acidente moto ac 40
Renato dos Santos foi socorrido por homens do Samu (Foto: Clériston Amorim)
Um motociclista sofreu fratura numa das pernas e escoriações pelo corpo, após colidir contra uma camionete, na rodovia AC-40, na noite desta quarta-feira, 24.


De acordo com testemunhas, o motorista do veículo teria tentado fazer uma conversão sem que tivesse tempo do motociclista, Renato Moura dos Santos, desviar do carro.

Santos foi levado ao Pronto Socorro de Rio Branco por uma ambulância do Samu.
 
com informações de Clériston Amorim

Angelim sanciona leis para Libras, mototáxi e cultura


pref sanciona a lei dos surdos mudos 2jpg
Ato de sanção da lei ocorreu na sala de reuniões da Prefeitura de Rio Branco (Foto: Assessoria)
O prefeito Raimundo Angelim sancionou nesta quarta-feira, 26, três importantes leis: o Plano Decenal de Cultura; o reconhecimento da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) como mais um meio de comunicação no município de Rio Branco; e a atualização da Lei Orgânica de Mototáxi, medida que beneficia cerca de 1.000 permissionários efetivos e suplentes.



A Libras, de acordo com a organização oficial do idioma, tem sua origem na Língua de Sinais Francesa. As Línguas de Sinais não são universais. Cada país possui a sua própria língua de sinais, que sofre as influências da cultura nacional. Como qualquer outra língua, ela também possui expressões que diferem de região para região (os regionalismos), o que a legitima ainda mais como língua. Pela lei assinada por Angelim, todos os órgãos da administração direta e indireta devem, a partir de agora, dotar-se de atendimento específico ao surdo; manter sinalização para esse público e promover a formação de servidores para fazer o atendimento a essas pessoas.


O ato de sanção da lei ocorreu na sala de reuniões da Prefeitura de Rio Branco e contou com a presença de ativista e educadores especialistas no atendimento aos surdos e pessoas com deficiência; do secretário de Educação do município, Marcio Batista; Rosália Oliveira, presidente da Associação dos Surdos do Acre; usuários do Centro de Apoio ao Surdo (CAS).


“O importante é sonhar. A utopia de acreditar num mundo melhor é o que alimenta a esperança”, disse o prefeito. Os discursos contaram com tradução simultânea de Cris Nogueira, presidente da Associação dos Intérpretes de Libras do Acre, que aproveitou para agradecer a todos pela mobilização em favor das pessoas com deficiência auditiva.


Cultura - Quanto ao Plano de Cultura, a Fundação Garibaldi Brasil lembra que o marco inicial do processo de construção coletiva do Plano foi a organização de um diagnóstico da cultura local, produto do I Fórum Municipal de Cultura, realizado de setembro a novembro de 2005, em 11 reuniões, com 440 participantes.


O Marco Legal do Plano é a Lei N° 1.676/2007, do Sistema Municipal de Cultura de Rio Branco (SMC), que atribui ao Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC), em corresponsabilidade com a Fundação Garibaldi Brasil, a função de construir um Plano para a Cultura, a ser discutido e deliberado na instância máxima de participação do CMPC: a Conferência.


Os Planos e os Sistemas consolidam um ao outro, e estabelecem caminhos para a concretização de ambos, sendo, portanto, instrumentos de planejamento estratégico que organizam, regulam e norteiam a execução de políticas culturais. Com a aprovação do Plano Municipal de Cultura pela Câmara de Vereadores, esse processo ganha estabilidade jurídica assegura a sua continuidade como política pública. “Pela primeira vez, temos instrumento que define políticas públicas na área de cultura”, disse Eurilinda Figueiredo, presidente da Fundação Garibaldi Brasil, que ao longo dos últimos seis anos conduziu a construção do plano.


Mototáxi – Com a modernização de sua legislação, os mototáxis poderão indicar suplentes em caso de, por problemas de saúde, estejam impedidos de trabalhar, e os suplentes podem trabalhar com qualquer veículo desde que seja permissionário do serviço. Antes, o suplente só podia trabalhar com a moto determinada na permissão.


Os mototaxistas transportam entre cerca de 6.000 passageiros ao mês em Rio Branco e cada permissionário tem renda mensal de R$2 mil a R$4 mil. A sanção da lei ocorreu no Gabinete do Prefeito e contou com a presença de diretores do Sindicato dos Mototaxistas de Rio Branco. O presidente, Pedro Mourão, agradeceu ao prefeito pela parceria de sucesso em oito anos de gestão.

Da Assessoria

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Exagerou na ceia de Natal? Saiba como se ‘desintoxicar’ da comilança

Luna D’AlamaDo G1
Cair em tentação e cometer excessos diante de uma mesa farta são hábitos que se repetem a cada ceia de Natal. Se você exagerou na dose e não quer ver mais comida pela frente, ou se ainda está pensando em repetir o prato da última noite nas próximas refeições, especialistas ouvidos pelo G1 dão dicas para evitar problemas e se “desintoxicar”.
A nutricionista Andréia Naves sugere que, se possível, esses abusos alimentares sejam planejados com antecedência. É difícil prever o quanto você vai sair da linha no fim de ano, mas manter uma dieta saudável e uma boa hidratação duas semanas antes das festas ajuda a manter o equilíbrio do organismo.
Se você, porém, é como a maioria das pessoas e já perdeu a “compostura”, está na hora de correr atrás do prejuízo – que, em alguns casos, chega a até 2 kg extras, dependendo da quantidade de peru, tender, panetone, rabanada e outros doces que comer.
“Fazer um ‘detox’ durante os dez dias seguintes ao Natal ajuda a melhorar o funcionamento do fígado. Para isso, é fundamental ter uma alimentação rica em magnésio, cobre, selênio, ferro e vitaminas do complexo B”, cita Andréia.
Como fontes de magnésio, estão as castanhas e os vegetais de folhas escuras; de cobre, são os cereais integrais, as oleaginosas (como óleo de soja, milho e oliva) e sementes de abóbora e girassol – estas também contêm ferro e vitamina B.
Para obter selênio, uma boa opção é a castanha-do-pará. Já o ferro está presente no atum, nas folhas escuras e no feijão. E quem precisa de vitaminas do complexo B também pode consumir cereais integrais.
“Outros alimentos ainda ajudam a reduzir a carga tóxica no corpo, como frutas (maçã, damasco e frutas vermelhas), couve, couve-flor, brócolis, alho, cebola, limão, mostarda, pimenta preta e vermelha, gengibre, cebola, chá verde e ginseng. Alguns são termogênicos, que contribuem para queimar gordura”, aponta a nutricionista. Além deles, há alternativas como berinjela, nozes, açafrão-da-terra (cúrcuma) e ervas como sálvia, coentro, manjericão, alecrim e orégano.
Quem quiser pôr essas recomendações em prática pode fazer três receitas “detox”: salada sortida (com rúcula, alface americana, cebola, gengibre e cebolinha. Para o tempero: azeite de oliva, limão e ervas), arroz integral (com brócolis, amêndoas, nozes, cebola, alho e cúrcuma) e suco de frutas vermelhas (morango, cereja, amora e framboesa), água de coco e gengibre.
Olho grande
Um dos grandes perigos das ceias de Natal – que não precisa se repetir neste Ano Novo – é o “olho grande”, aquele desejo quase incontrolável de pôr no prato tudo o que é gostoso, afinal, é só uma vez por ano.
Segundo o endocrinologista Luciano Giacaglia, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, o segredo é dar uma volta primeiro, olhar o que está à disposição e se servir do que mais gosta – em pequenas porções.
“Dependendo da pessoa, se já é diabética, por exemplo, um único descuido pode ter uma influência muito grande. Às vezes, o indivíduo chega a ficar uma semana descompensado por causa de uma refeição alterada”, alerta.
Entre os problemas de saúde que o excesso de açúcar, sal e gordura pode causar, estão distúrbios gastrointestinais, como diarreia, gases, inchaço, dor na barriga, azia, má digestão, gastrite, refluxo e náuseas. Isso porque a flora bacteriana que vive entre o estômago e o intestino não está preparada para receber tantos alimentos pesados de uma só vez
Quem já tem glicose, colesterol, triglicérides ou ácido úrico alto precisa redobrar os cuidados. Pacientes com hipertensão, arritmia cardíaca e histórico de pedra no rim, idem.
“Açúcar e sal demais podem favorecer problemas como labirintite, zumbido e tontura. O sódio também incha e aumenta a pressão arterial”, afirma o médico.
Obedeça à sede
Giacaglia lembra, ainda, que esta é uma época mais quente do ano, em que as pessoas se desidratam facilmente, dormem pouco e mal, diminuem as atividades físicas e convivem com muito barulho. Ou seja, um ambiente nada saudável, que pode piorar ainda mais com os exageros à mesa.
“Outro ponto importante é beber bastante líquido antes, durante e depois da comilança. Muitas vezes, a pessoa acha que está com fome, mas na verdade tem sede. Obedeça a isso e ingira água, que é o principal, além de água de coco, chás gelados e sucos de limão, acerola e maracujá”, enumera o endocrinologista.
Além disso, Giacaglia reforça a dica da nutricionista Andréia Naves de substituir a gordura e o sal por ervas e especiarias para realçar o sabor dos alimentos. Outra boa sugestão é investir em um belo prato de salada antes da refeição principal ou durante, o que aumenta a sensação de saciedade do organismo.
“Em todos os casos, mastigue lentamente e saboreie a comida antes de engolir. A comunicação entre os hormônios da satisfação e o cérebro leva de 15 a 20 minutos para ser concluída, ou seja, vale esperar esse tempo antes de repetir o prato”, destaca o médico.

domingo, 23 de dezembro de 2012

Pai e filho morrem após chocar moto contra carro na BR 317 neste domingo

Um acidente fatal ocorrido por volta das 9:40 deste domingo, dia 23, ocasionou duas mortes na BR 317, sentido Epitaciolândia/Rio Branco, envolvendo um carro ocupado por quatro pessoas e uma moto que era pilotada por um pai que levava seu filho na garupa.

De acordo com informações preliminares, o acidente pode ter ocorrido devido a tentativa de desviar de um buraco na BR por um dos condutores.
O carro, modelo Fiat, placas NAB 0131, ia sentido cidade de Epitaciolândia. No interior do veiculo, Francisco Matias Sales (21), Flora Mª Ribeiro Marques (40) e duas adolescentes de 14 e 15 anos dera deram entrada no hospital para exames de praxe, para em seguida serem liberados e ouvidos na delegacia.
Já no sentido contrário, na moto modelo Honda, placa NAD 7510, conduzida por Maurilio Gonsaga de Araújo (40), que levava seu filho na garupa, Yan Rufino de Araújo, de apenas 17 anos. Os dois morreram no local após a moto colidir contra o carro. Pai e filho estavam a pouco menos de 200 metros de chegarem no sítio onde familiares estavam esperando.
O corpo do jovem só foi encontrado, cerca de uma hora depois dentro do mato, após os policiais desconfiarem dos dois capacetes encontradod no local. Yan apresentava fratura numa das pernas e ferimentos no tórax.
Maurílio apresentava fraturas expostas num dos braços, perna, além de cortes na cabeça e vários arranhões no tórax..
A violência do choque destruiu a moto, que teve o tanque arrancado . Os corpos foram resgatados pelos agentes do Instituto Médico Legal – IML.

Com informações e fotos do site O Alto Acre

sábado, 22 de dezembro de 2012

Policial militar é baleado ao frustrar roubo de carga


baleado PM posto
Policial foi socorrido por homens do Samu (Foto: Clériston Amorim)
Um policial militar foi atingido com um tiro nas costas, após evitar que ladrões levassem uma carga de caminhão, estacionada em pátio de um posto de combustível da BR-364, sentido Rio Branco/Porto Velho.


Segundo testemunhas, o soldado Rodrigues estava no posto, quando percebeu a ação dos bandidos. Ele teria dado voz de prisão a um dos indivíduos. Neste momento, outro comparsa, que estava escondido dentro de um matagal, fez o disparo.

O militar foi socorrido por uma equipe do Samu e levado ao Pronto Socorro de Rio Branco. Os acusados conseguiram fugir do local.

com informações de Clériston Amorim

Mototaxista e passageiro feridos após acidente na Amadeo Barbosa


mototaxista acidente amadeo barbosa
Acidente ocorreu depois que um dos pneus estourou (Foto: Clériston Amorim)
O mototaxista Antonio José Castro Silva, 41 anos, e um passageiro ficaram feridos ao cair da moto em que estavam.


Um dos pneus estourou, desequilibrando o piloto e o passageiro, na noite desta sexta-feira, 21, na avenida Amadeo Barbosa.

Uma ambulância do Samu resgatou as das vítimas, que forma levadas ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

com informações de Clériston Amorim

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Lula recebe, em São Paulo, senadores Jorge e Aníbal

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu na sede do Instituto Lula, em São Paulo, na tarde de quinta-feira, 20 de dezembro, os senadores Jorge Viana e Aníbal Diniz, ambos do PT do Acre. “Viemos dar um abraço no presidente Lula, em nome da nossa bancada, do governador Tião Viana e dos eleitores do Acre”, comentou Jorge Viana.
Ele e Aníbal conversaram com Lula sobre conjuntura política e os 10 anos da chegada do ex-presidente ao Palácio do Planalto. “Foi uma papo em torno de conquistas, dos avanços promovidos nos dois governos de Lula e Dilma”, disse Jorge. Outros parlamentares petistas, como Lindberg Farias (PT-RJ) também estiveram com Lula.
O ex-presidente e Dona Marisa confraternizaram com funcionários do Instituto Lula e amigos. “Sempre que venho a São Paulo eu converso com Lula”, disse Jorge. “O governador Tião Viana também esteve recentemente com o presidente”.
O senador acreano comentou ainda os altos índices de aprovação popular que o governo Dilma obteve nas últimas pesquisas de opinião. “É o reconhecimento de que estamos no rumo certo, governando para todos”, avaliou.
Na última pesquisa Datafolha, publicada no final de semana, tanto Dilma quanto Lula lidera a corrida na disputa pela Presidência da República em 2014. Lula obteve 56% das indicações dos eleitores, caso a eleição fosse hoje. Em outros cenários, Dilma vai de 53% a 57% das intenções de voto.
“Com Dilma ou Lula, o PT conquistaria a Presidência hoje no primeiro turno das eleições”, destacou o senador. Jorge considera que a oposição está muito fragilizada. “Tanto que o segundo lugar na corrida pelo Palácio do Planalto é ocupado pela ex-senadora acreana Marina Silva (PV-AC), que teria 18% dos votos”.

Jairo e Mano Rufino são recebidos por Tião Viana

O prefeito eleito de Sena Madureira Mano Rufino (PR) foi recebido na manhã desta quinta-feira (20) pelo governador Sebastião Viana (PT), em seu gabinete. Participaram da audiência o vice-governador César Messias (PSB) e o vice-prefeito de Sena, Jairo Cassiano (PDT).
No encontro teriam sido discutidas parcerias entre o Governo do Estado e o município. Esta foi a segunda vez que o prefeito eleito foi recebido por Sebastião Viana. Na primeira ocasião, no final de outubro, Mano estava acompanhado do prefeito Nilson Areal (PR)- atualmente afastado do cargo.
Na última segunda-feira (18), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julgou a ação do Ministério Público Eleitoral que pedia a cassação de Mano Rufino, acusado de compra de votos. Quatro membros da Corte votaram pela não cassação, mas o julgamento ficou para o ano que vem, já que o juiz Régis Araújo pediu vistas do processo.
Mano Rufino obteve 48,69% dos votos válidos, com uma diferença de 2.596 em relação ao segundo colocado.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Boas Festas

52

Sinhasique quer o MPE na defesa dos moradores do Cabriúva


A vereadora Eliane Sinhasique, que ainda não foi empossada, disse que não dá para esperar para começar a tomar as atitudes necessárias para defender o interesse da população.
Hoje mesmo ela foi à Promotora Especializada de Habitação e Urbanismo do Ministério Público do Estado do Acre, falar com a promotora Rita de Cássia Nogueira Lima, levando o Dossiê Cabriúva.
“Se sabemos do problema, se conhecemos o problema, não é preciso esperar um momento certo para atuar. Já fazíamos isso antes de ser eleita e agora não posso ficar com essa reivindicação de baixo do braço sendo que posso pedir a ajuda do MPE”.
Depois de ouvir e ver a situação dos moradores do conjunto habitacional Cabriúva, a jornalista e radialista e agora vereadora de Rio Branco, Eliane Sinhasique, montou um dossiê com fotos da situação do conjunto, que fica localizado na Baixada do Sol, e entregou à promotora Rita de Cássia.
“O conjunto foi entregue aos moradores há um ano, dois meses e dezessete dias e já se encontra deteriorado. Os esgotos não foram canalizados de forma adequada e escorrem pelas ruas ou transbordam dentro das próprias casas e, por causa disso, as ruas estão ficando intrafegáveis o que dificulta o trabalho da polícia e da coleta de lixo”, disse Eliane.
O Dossiê Cabriúva será, segundo a promotora Rita de Cássia, anexado a um inquérito civil que está apurando a política habitacional em Rio Branco. Segundo ela, os conjuntos habitacionais que estão sendo construídos, em sua maioria, não estão atendendo a população com infra-estrutura adequada, causando sérios prejuízos aos cofres públicos e à população que sonha e merece viver em condições dignas.
Rita de Cássia salientou que os conjuntos habitacionais passam por várias fases para serem construídos e vários órgãos são responsáveis pelas obras. “Para uma empresa receber pela construção desses conjuntos habitacionais, vários órgãos fiscalizam e dão o aceite. Não é possível que tantos órgãos juntos não estejam vendo a péssima qualidade dessas obras”, disse ela acrescentando que já enviou vários documentos solicitando informações sobre as obras e alertando sobre os problemas que estão acontecendo.
“Me parece que não estão dando a devida importância para o nosso inquérito civil. Será preciso ser mais dura com esses órgãos fazendo uma ação de improbidade administrativa”, revelou Rita de Cássia.
Para se ter idéia do tamanho do problema, a promotora mostrou os documentos onde a Secretaria de Habitação, SEHAB, diz, em maio de 2012, que iria montar uma “Força Tarefa” para reparar as obras mal feitas. “É inadmissível que se gaste tanto dinheiro para fazer um conjunto habitacional e em menos de um ano tenha que se fazer mais gastos para consertar o que não foi bem feito”.
Hoje mesmo, informou a promotora Rita de Cássia, a Sehab foi oficiada, com cópia do Dossiê Cabriúva, para apresentar o cronograma de trabalho de reparo dos conjuntos habitacionais.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Juíza Olívia Ribeiro assume 5ª Vara Cível de Rio Branco

Removida pelo critério de merecimento em sessão extraordinária do Tribunal Pleno Administrativo, realizada no final de novembro, a juíza Olívia Ribeiro já assumiu o novo cargo. Na última sexta-feira (14), ela foi empossa como titular da 5ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco. O ato foi conduzido pela juíza Thaís Khalil e prestigiado pela desembargadora aposentada Izaura Maia, por outros magistrados e servidores.
Ao assinar o termo de posse, Olívia Ribeiro falou sobre a nova etapa em sua trajetória. “Esse é um momento especial em minha carreira, que significa um misto de nostalgia e de novidade. Ao mesmo tempo em que abraço essa oportunidade como um grande desafio, já sinto saudade da unidade judiciária à qual tanto me dediquei e onde tanto tempo estive”, confessou a magistrada.
Olívia Ribeiro já integra a Magistratura Acreana há 16 anos, sendo que parte deles como titular da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, onde até então era juíza titular.
A nova unidade jurisdicional foi instalada por meio da Resolução nº 169/2012, em consideração aos parágrafos 1º e 2º do artigo 27 da Lei Complementar do Estado do Acre nº 221/10.
5ª Vara Cível
A 5ª Vara Cível foi instalada em junho deste ano de 2012, em virtude do elevado número de feitos em trâmite nas Varas Cíveis Genéricas da Comarca de Rio Branco, cujo movimento forense conta com mais de 3.500 tramitando em cada unidade judiciária.
A instalação dessa 25ª Vara Ordinária da Comarca Capital também considerou as diretrizes estabelecidas pela Lei nº11.419, de 19 de dezembro de 2006, que alterou o Código de Processo Civil e dispõe sobre a informatização do processo judicial.
A prática e a comunicação dos atos processuais pela 5ª Vara Cível se dão exclusivamente por meios eletrônicos, atendidos os requisitos de autenticidade, integridade, validade jurídica e interoperabilidade da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP – Brasil).
A 5ª Vara Cível tem competência para o processo e julgamento das ações cíveis, exceto aquelas de competência exclusiva ou privativa de vara especializada.
AGÊNCIA TJAC

No bairro Boa Vista, esgoto prejudica vida de moradores


no-bairro-boa-vista-esgoto-prejudica-moradores
no-bairro-boa-vista-esgoto-prejudica-moradores2

Moradores da rua do Futuro, no bairro Boa Vista, há algum tempo esperam por um futuro melhor na região.

Eles reclamam de um esgoto que toda vez que chove alaga a rua. O problema já vem ocorrendo há cerca de dois anos, segundo João Oliveira da Silva, um dos moradores prejudicados.

Segundo eles, a Prefeitura de Rio Branco, por várias vezes, já esteve no local, mas ao desentupir os dutos, dias depois volta a alagar a rua.

“Sem contar o mau cheiro que fica nas casas próximas aqui”, reclama. No local, são cerca de 100 famílias.

com informações de Clériston Amorim

Goteiras perturbam a noite de índios hospedados na Casai

Apesar de inúmeras vezes terem reclamado das condições subumanas de convivência na Casa do Índio, usuários da unidade seguem humilhados pela quase crônica ingerência de seus administradores.

Com a chuva que caiu na noite desta segunda-feira, 17, goteiras por todos os lados impedem que os hospedados consigam dormir.

Na última quarta-feira, eles realizaram um protesto no qual ficou acertado que os problemas de acomodação seriam resolvidos em caráter de emergência.

Ali, os ventiladores de teto não funcionam e várias lâmpadas estão queimadas, além de banheiros quebrados.
 
com informações de Clériston Amorim

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Motociclista sofre fratura expostas em acidente com moto

Uma colisão entre uma motocicleta e um carro deixou o motociclistas Alex Freitas, de 29 anos, com fraturas numa das pernas, nesta noite de domingo, 16.

A colisão aconteceu por volta das 22h30, na rua Rio de Janeiro, quando segundo testemunhas, Freitas teria tentado realizar uma manobra perigosa, ultrapassando um ônibus pela direita, -- quando que o correto é pela esquerda.

O veículo, que era dirigido por Sebastião Moura, que cruzava logo à frente do ônibus e não teve como evitar o acidente.

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento de Urgência, o Samu, e encaminhado para o Pronto Socorro de Rio Branco.

com informações de Clériston Amorim