quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Personal trainer que venceu a obesidade dá dicas para emagrecer

barbaraBarbara curte praia, na Flórida, onde moraBarbara Eckonen emagreceu 20 quilos e dá 10 dicas de como alcançar o peso ideal

Em um ano, a paranaense Barbara Eckonen deixou para trás 20 quilos e virou personal trainer de sucesso nos Estados Unidos somente com reeducação alimentar e exercícios físicos.

Abandonou fritura, sal e açúcar e hoje prefere alimentos frescos ao industrializados. Inseriu uma rotina diária de exercícios que inclui 45 minutos de treino aeróbico, divididos entre três ou quatro quilômetros de corrida e elíptico, além de seis exercícios diferentes alternados para cada grupo muscular.

Para quem quer, como ela, eliminar alguns quilos e enxugar a silhueta, a personal dá dicas certeiras:

1) Estabeleça metas a curto, médio ou longo prazo. “No Ano-Novo temos que imaginar como queremos estar na Páscoa e depois como estaremos no ano seguinte”, recomenda. Dividir o objetivo parece mesmo o caminho mais certo para o sucesso. Pesquisadores do Centro Metodista de Tratamento do Peso, em Houston, EUA, descobriram que a dieta é mais eficaz quando feita em etapas.

“Todo mundo quer perder peso em 15, 30 dias. Mas o importante é manter uma meta longa e continuar no caminho para consegui-la”, afirma. Dentro dessa recomendação, ela também indica estipular quantas vezes por semana a pessoa irá frequentar a academia. “O ideal é fazer pelo menos quatro vezes por semana, entre musculação e exercício aeróbico”, recomenda.

2) Comer de maneira saudável. “Dieta é uma coisa que você faz durante 30 dias e depois abandona. É preciso adotar um estilo de vida saudável”,aconselha. Para Barbara, é preciso manter a linha durante toda a semana para poder se permitir um brigadeiro no final de semana. “Prefira os produtos naturais sempre. Se vier em uma caixa, evite”, diz.

3) Reduzir o tamanho das porções. Mudar a qualidade do que se come é extremamente importante, mas reduzir é essencial. “Mesmo comendo errado, se as porções estão menores, a pessoa já começa a emagrecer”, relata. A personal dá a dica para não se perder na medida: carnes em geral (peixe, frango, boi) devem ter o tamanho da sua mão aberta. Porções de arroz (de preferência o integral) ou outros carboidratos devem ser do tamanho da mão fechada.

4) Monte seu prato de forma consciente. O primeiro passo é incluir mais legumes e vegetais na dieta. “O importante não é ter um monte de coisa diferente, mas sim concentrar três tipos de ingredientes: a proteína (carne magra, de preferência), vegetais ou legumes (salada ou abobrinha, por exemplo) e carboidratos (pão integral, arroz integral, quinoa, macarrão)”, revela.

5) Adeus, açúcar e trigo branco. Segundo ela, esses dois alimentos devem ser evitados a todo custo. “Tudo o que tiver açúcar branco e trigo branco é veneno”, exagera. A dica é trocar o arroz comum, pelo integral, assim como a massa e o pão. Se precisar adoçar alguma coisa, prefira o mel, até desacostumar o paladar ao doce.

6) Evite a qualquer custo o refrigerante. “Ele faz mal, engorda e incha a barriga”, afirma. Para matar a sede, prefira água, sucos naturais ou água de coco.

7) Hidrata-se bem. “A pessoa precisa de pelo menos um galão de água por dia, ou seja, quase quatro litros. A água desintoxica o organismo, ajuda no metabolismo, tem vários benefícios”, afirma.

8) Suplementação de vitaminas. “Suplemento é legal, especialmente para as mulheres. Mas devem ser aqueles desenvolvidos especialmente para elas. A mulher perde muito ferro, por isso ingerir vitaminas e minerais é interessante. Ômega 3, 6 e 9 também são essenciais”, aconselha.

9) Organize o tempo para academia. Para driblar a preguiça, Barbara recomenda sair do trabalho e ir direto para a malhação. “Se for para casa, perde o pique”, diz. “Deixe tudo arrumado e vá direto”, aconselha.

10) Dupla matadora. Para quem quer perder peso, não há outra forma: é preciso apostar na dupla exercícios físicos + musculação.

“Comece com 20 ou 30 minutos de aeróbico. Por ser caminhada na esteira, ou aula de dança, qualquer coisa que faça o batimento acelerar e você suar. Depois, faça séries simples de musculação”, indica.

A frequência deve ser de pelo menos três vezes por semana para quem está começando. Depois de duas semanas, acrescente um dia a mais de malhação. Com o tempo, em geral depois de um mês ou de 45 dias, os exercícios já estarão mais fáceis de serem realizados. Neste momento, a indicação é procurar por um professor de educação física que possa aconselhar um novo treino.

saude.ig


Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
 
MSN: noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário