domingo, 18 de março de 2012

Abrigados da alagação fecham rodovia em protesto


DSC 0012Como forma de protesto, as quase 280 famílias que ainda estão abrigadas no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, fecharam a rodovia AC-40 por quase trinta minutos na noite deste sábado, 17.
A polícia militar foi chamada para controlar a situação, manter a ordem e desobstruir a via.
Entre as reivindicações dos manifestantes está o retorno para as casas, onde muitos alegam não ter mais para onde voltar. Dizem que a casa desabou ou está danificada a ponto de não permitir a ocupação.
A maioria das famílias quer ser beneficiada com o aluguel social, que varia de R$100,00 até R$500,00, dependendo do numero de pessoas na família.
Os desabrigados dizem estar sendo pressionados pelo governo para deixar o abrigo, ainda que não tenham para onde ir. No entanto essas acusações foram totalmente desmentidas pelas autoridades.
Em entrevista, o Procurador do Ministério Público, Osvaldo Albuquerque, disse que todo o processo de retirada das famílias estão sendo minuciosamente fiscalizado e toda uma triagem está sendo feita, afim de que não sejam cometidas injustiças com aqueles que realmente necessitam da ajuda do governo.
“Estamos aqui “diuturnamente” fiscalizando e acompanhando as visitas sociais e entrevistas, assim como todo o processo para que essas famílias sejam retiradas de forma ordenada. O problema é que no meio de muitas pessoas, alguns poucos provocam baderna e tentam tirar proveito da situação”, explica o procurador.
O coronel Gilvandro, também deixou claro que ninguém está sendo expulso de forma aleatória e que os procedimentos cabíveis estão sendo tomados para cada caso.
Os manifestantes ameaçaram fechar novamente a AC-40 caso não sejam atendidos em sua totalidade.

Rose Lima Fotos: Clériston Amorim


Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
 

MSN: noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário