sábado, 17 de março de 2012

Aumenta o número de mulheres condenadas pelo tráfico de drogas no Acre

Levantamento da Vara de Tóxicos em Rio Branco mostra que a cada ano aumenta o número de pessoas sentenciadas por causa do tráfico de drogas. Nessa relação, um dos dados merece atenção especial: aumentou o número de mulheres no mundo do tráfico.
Dos processos que chegam à Vara de Tóxicos, 98% não têm como o réu fugir da culpa. Geralmente eles são flagrados portando ou vendendo a droga.
O que pode mudar é o juiz desclassificar o crime, colocando o réu como usuário. Ele não vai preso, apenas prestar serviço á comunidade.
Na maioria das vezes, o réu pega um pena alta. Quase todos os condenados estão entre 19 e 25 anos de idade, jovens que jogam fora a liberdade para ganhar uma miséria do mundo do tráfico.
Apesar de perder a liberdade e ficar marcado pela sociedade, esse tipo de crime não para de crescer. O número de sentenciados vem aumentando a cada ano.
Em 2009 foram 221 condenados. No ano seguinte, o aumento das pessoas com pena a cumprir foi de 40%, com 306 sentenças.
No ano passado, os números voltaram a saltar 33%, 401 pessoas sentenciadas, era o fim da liberdade para muita gente.
Nos dois primeiros meses desse ano, 79 pessoas foram presas e esperam o julgamento, acusadas de tráfico de drogas. Segundo o Juiz da Vara de tóxicos, Elcio Sabó Mendes Júnior, esse percentual é o maior de todos os tempos.
O que cresceu também foi a participação das mulheres no tráfico de drogas, aumentando também as prisões. Eram 33 em 2009, mas chegou a 53 em 2010 e em 2011, 65 mulheres. Isso representa o dobro em dois anos.

Adailson Oliveira

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
 

MSN: noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário