sábado, 17 de março de 2012

Dispensado do Galo, Kinho acusa treinador de perseguição

galo_carij___-_kinhoKinho culpa Álvaro Miguéis por sua saída do GaloO volante Kinho, um dos melhores do mais valorizados do futebol local e dispensado durante a semana pelo técnico do Galo Carijó, professor Álvaro Miguéis, resolveu falar a reportagem de O Rio Branco a respeito do episódio de sua saída conturbada e questionada por muitos torcedores celeste da agremiação celeste.
O volante deixou claro que discorda da filosofia de trabalho do professor Álvaro Miguéis. O jogador chegou a citar a reportagem alguns momentos os quais acabou discordando da postura de Álvaro Miguéis.
- Se chovia, ele dividia o grupo em dois. Alguns treinavam na academia, pois na avaliação do professor Álvaro Miguéis, esses jogadores iriam render para a equipe e não podiam está exposto ao risco de uma lesão, ao contrário de outros que trabalhavam no gramado encharcado, desabafa o volante e ao mesmo tempo discordando da filosofia do treinador.
Kinho revelou ainda que antes do Torneio Início, o técnico Álvaro Miguéis e o zagueiro Ceildo tiveram um forte bate boca e o treinador teria desligado o então do xerife celeste. Ele, revoltado com a decisão, discordou da medida aos demais jogadores do grupo. O resultado, segundo ele, foi uma "perseguição" por parte do treinador Álvaro Miguéis, tanto que de titular passou a ser banco de reserva.
- Depois da minha opinião contraria a decisão do professor Álvaro Miguéis de mandar o zagueiro Ceildo embora, passei a ser sacaneado por ele durante os treinos. A gota d'água ocorreu na partida contra o Independência, quando ele me deixou no banco de reservas e entrei apenas na etapa complementar do jogo.
Por outro lado, o treinador Álvaro Miguéis não quis estender o episódio Kinho, explicando à imprensa que o jogador não assimilou sua filosofia de trabalho. Miguéis deixou claro ainda que o episódio Kinho é coisa do passado, preferindo focar suas atenções para o jogo de domingo contra o Náuas.

Manoel Façanha


Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
 

MSN: noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário