segunda-feira, 26 de março de 2012

Galo espora o Tigre na Arena da Floresta .

aa_2_x_0_pcO Plácido de Castro não conseguiu fura a defesa celeste neste domingo. Fonto: Manoel FaçanhaO Plácido de Castro não apenas perdeu a chance de assumir a ponta da tabela de classificação como perdeu sua invencibilidade no Campeonato Acreano/2012. Neste domingo, no estádio Arena da Floresta, o Tigre acabou derrotado pelo Atlético Acreano por 2 a 0.
Com a derrota, o time placidiano caiu para terceira colocação, com 06 pontos ganhos, um a menos que o vice-líder Atlético Acreano e dois a menos que o líder Independência.
No próximo sábado (31), o Plácido de Castro terá pela frente o líder Independência. O jogo ocorre no estádio Florestão, às 18h. No mesmo dia, no estádio Antonio Araújo Lopes, em Epitaciolândia, o Atlético Acreano enfrenta o Alto Acre, às 19h.
Jogo
Os primeiros 20 minutos de jogos foram de muita marcação e quase nenhuma chance de gol.
O primeiro lance de perigo saiu aos 21'. Domingos mandou a bola para área e Denilson ganhou no jogo aéreo e testou com perigo.
A resposta do Galo Carijó veio três minutos depois após contragolpe. O meia Josy fez fila na defesa do Tigre e chutou na saída do goleiro Rafael para abrir o placar do jogo.
O empate do Plácido de Castrou quase saiu aos 32'. O jovem lateral Leonardo falhou, Renatinho invadiu a área, mas acabou chutou a bola sobre o gol de Robson.
O segundo gol celeste saiu nos minutos finais do primeiro tempo após sobra de bola, com Gesse não perdoando e ampliando o placar para 2 a 0.
Álvaro Miguéis passa a tranca
Com a vitória parcial, o Galo retornou para o segundo tempo com um tranca na sua porteira e explorando as jogadas de velocidade.
A primeira chance de gol esteve nos pés do atacante celeste Ailton, mas o goleiro Rafael fez boa defesa aos 11'.
O Tigre do Abunã girava bem a bola, mas tinha dificuldade para entrar na defesa celeste, assim o jeito era arriscar os chutes de meia distância.
Com a derrota parcial, o Tigre buscava o empate, mas deixava sua defesa aberta. O lateral esquerdo Wiliam parou o atacante Ailton com falta por trás. O árbitro Carlos Santos cumpriu com a regra e expulso o infrator aos 29'.
Sem mostrar o mesmo poder de fogo dos dois últimos jogos, o Plácido de Castro quase levou o terceiro numa antecipação do zagueiro celeste Diego. O xerife celeste serviu o maestro Josy, que colocou Gesse na cara do gol, mas o atacante foi fominha e concluiu para fora, ao invés de toca a bola para o companheiro de equipe.
Na sequência, o Plácido de Castro perdeu a chance de diminuir a vantagem, mas Renan Plácido tentou a cavadinha, perdendo gol feito.
SÚMULA
Atlético 2 x 0 Plácido de Castro
Data: 25/03/2012
Local: Arena da Floresta
Árbitro: Carlos Santos
Assistentes: João Jácome e Justino Aprígio
Público: 423 pagantes
Renda: R$ 3.080,00
Gols: Josy e Gesse
CA: Robson, Maico, Leandro (AA); Anderson e Ismael (PC)
CV: William
PLACIDO: Rafael, Domingos (Renan Plácido), Anderson, Lucas e Wiliam; Chocolate, Gime (Moisés), Alison e Renatinho; Denilson (Ismael) e Amilton. Técnico: Luís Carlos
ATLÉTICO: Robson, Chumbo, Diego, João Carlos e Leonardo (Natan); Leandro, Tragodara (Maico), Josy e Gesse; Ailton (Wendel) e Matheus. Técnico: Álvaro Miguéis. Técnico: Álvaro Miguéis

   Manoel Façanha


Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
 

MSN: noticiaefatos@gmail.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário