sexta-feira, 27 de abril de 2012

Depois de acidentes, Marinha exige uso de coletes salva vidas em embarcações do Juruá

Durante vistorias realizadas nos rios que cortam o Acre, a Capitania dos Portos de Eirunepé, no Amazonas, informou que será exigido o uso de coletes salva vidas no Juruá. Nos últimos dias, duas pessoas morreram em acidentes com embarcações em Marechal Thaumaturgo e Rodrigues Alves.
O agente fluvial da Capitania dos Portos, capitão Cleuton Alexandre, disse que o uso do colete é tão necessário e obrigatório para os usuários do transporte fluvial, quanto o capacete para os motociclistas. O militar explicou que existe resistência por parte dos ribeirinhos, mas que um trabalho de conscientização mudaria essa cultura.
Nas embarcações de grande porte não será exigido o uso do colete, mas esses equipamentos devem ser disponibilizados na mesma quantidade de lugares que a embarcação oferece. Os coletes devem ser colocados em locais acessíveis para os casos de emergência. Nos barcos e lanchas de porte menor, os ocupantes devem estar usando o colete enquanto estiver navegando.
A Marinha do Brasil está construindo em Cruzeiro do Sul a primeira agência no Acre. As obras já estão em andamento e devem ser concluídas no segundo semestre.
Da redação com informações de Juruá Online

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
 

MSN: noticiaefatos@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário