sábado, 28 de julho de 2012

Carnificina na Vila do Incra: três são mortos a facadas


Alex Lima com informações de Clériston Amorim

Três rapazes homens foram mortos de forma bárbara, entre a noite de quinta-feira, 26 e a madrugada desta sexta-feira, 27, na Vila do V e do Incra, na região de Porto Acre (município a 90 quilômetros de Rio Branco.
tres-sao-mortos-a-facada-vila-do-incratres-sao-mortos-a-facada-vila-do-incr-02
A alta incidência de tráfico de droga e a falta de efetivo policial na região está causando temor à comunidade. O primeiro crime aconteceu por volta das 20 horas de quinta-feira, 26, quando Alonso Cunha do Nascimento, 25 anos, foi assassinado com 15 facadas e foi degolado.
O acusado, Antônio da Silva Nascimento, 24 anos, é primo da vítima e está foragido.
O crime aconteceu na Colônia Santa Fé, quilômetro 38 da AC-10, ramal Linha 7, segundo testemunhas, depois de vítima e acusado passarem o dia pescando, eles discutiram, quando dividiam o peixe.
Às 3 horas de sexta-feira, 27, outros dois indivíduos foram mortos também a facada, provavelmente, durante um acerto de contas com o tráfico de drogas. Tiago Alves da Silva, 19 anos, e Raimundo de Araújo Lima, 34, foram mortos por dois indivíduos identificados por Alexandre e Caboclinho. Segundo a comunidade local, Alexandre é traficante na região.
Depois de terem matado os dois, os agressores tentaram simular uma briga entre as duas vítimas.
Terra sem lei – Desde que a região da Vila do Incra e Vila do V se expandiram, a violência tem também crescido de forma assustadora.
O tráfico de droga impera nos ramais e a população, de 11 mil habitantes, tem disponível apenas uma viatura da polícia.

Um comentário: