sábado, 29 de setembro de 2012

Renovação de alvará e falta de segurança suscitam debate de candidato e representantes de drogarias

A simples renovação de alvará tem sido um entrave para os donos de drogarias no Acre.
A burocracia enfrentada pelos donos de farmácia junto à prefeitura foi o principal tema de debate na noite desta sexta-feira, 28, na sede Federação do Comércio, entre 20 representantes da categoria e os candidatos a prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT) e Fernando Melo (PMDB). Bocalom foi convidado, mas não compareceu por causa de sua agenda política com o senador Álvaro Dias (PSDB-PR).
Cada candidato teve vinte minutos para expor suas propostas numa reunião com a categoria. Um de cada vez. O primeiro foi Marcus Alexandre. Depois Fernando Melo.
De acordo com o presidente do sindicato dos farmacêuticos, Marcos Lameira, a burocracia é tanta para renovar o alvará que há casos em que empresários esperam de três a quatro meses para receber o novo documento. Um prejuízo, já que sem o alvará um dono de drogaria não consegue comprar medicamento.

A reclamação dos empresários contra a administração do petista Raimundo Angelim é geral quando o assunto se trata de emissão do alvará para farmácias. Até o petista, Tácio de Brito, pai do Presidente do PT, Leo de Brito, que é empresário do ramo reclamou do serviço. “É igual um carro que não tendo renovação de documento não pode transitar. A farmácia para de comprar remédio porque foi dada entrada no alvará, mas o fiscal não teve tempo de ir lá para fazer a vistoria e o alvará ficou parado”, reclama.
Marcus Alexandre não concordou com a demora e prometeu uma central de atendimento para solucionar esses problemas. “Casos como esses serão resolvidos numa espécie de OCA que nós vamos criar quando formos prefeito”, informou o petista.
Já Fernando Melo acha um absurdo que questões como a simples renovação de um alvará atrapalhe a vida dos farmacêuticos. “Tudo por problemas de gestão. É um absurdo isso. É uma coisa fácil de solucionar e eu vou resolver”, disse Melo.
Outro assunto debatido foi o da segurança. Os dois candidatos propuseram a criação da guarda municipal.
Marcus Alexandre quer contratar cem homens para fazer a segurança dos espaços públicos municipais. “A Guarda Municipal terá essa função de guardar os espaços públicos”, ressaltou o candidato do PT.
No projeto de Fernando Melo para segurança, a Guarda Municipal terá uma atribuição comunitária com trabalho de conciliação de pequenos conflitos e com a ajuda de vídeomonitoramento. “Foi assim que trabalhei com a polícia comunitária da família quando fui secretário de segurança, polícia está que, aliás, o governo acabou. Hoje muitos de vocês vivem numa prisão domiciliar e quero ajudar a acabar com isso”, disse o candidato do PMDB.

Luciano Tavares

Mesmo com chuvas, Deracre mantém Br 364 trafegável

Poucos quilômetros após Sena Madureira as placas de sinalização chamam atenção para os perigos causdos por deslizamentos, mas que de acordo com o Deracre, devem ser recuperados nos próximos dias. Há cerca de 40 km de Feijó, as construtoras Colorado e Construmil realizam is serviços de terraplanagem e pavimentação asfáltica em trechos até poucos dias atrás, considerados críticos.
DSC 0108
O fechamento momentâneo da estrada, de acordo com o Deracre, foi mais por uma questão de segurança, uma vez que a chuva deixa a pista escorregadia, aumentando os riscos de acidentes, principalmente no período noturno. Mas a garantia de uma boa viagem, também depende da consciência e prudência dos DSC 0166condutores. No momento em que a equipe do Agazeta.Net fotografava no local, flagramos dois caminhoneiros disputando os espaços limitados da estrada, em alta velocidade.
Com a possibilidade de tempo ensolarado nos próximos dias, as contrutoras aceleram as obras, antes que o inverno amazônico comece.

Marílson Maia

Fotos: Clériston Amorim

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Bocalom Realiza carreata com a participação do líder do PSDB no senado, senador Álvaro Dias

O candidato a prefeito de Rio Branco pela Coligação Produzir para Empregar, Tião Bocalom, realizou na tarde desta sexta feira, 28, uma grande carreata pelas ruas da cidade. A atividade foi iniciada no Aeroporto Internacional, aonde o candidato recebeu o senador Álvaro Dias, líder do PSDB no senado, que veio confirmar o apoio de seu partido à candidatura de Bocalom à prefeito.
Mais de 400 veículos entre carros e motos acompanharam o candidato pelas ruas de vários bairros da capital. A manifestação por parte da população em favor de Bocalom chamou a atenção de Álvaro Dias que passou a ter a opinião de que o povo realmente quer mudança e de que Bocalom ganhará as eleições ainda no primeiro turno.
Carreata foi encerrada no centro da cidade. Em seguida o senador foi dar entrevista ao jornalista Alan Rick e depois foi participar de um bandeiraço nas proximidades do terminal urbano.
Neste sábado acontece uma grande reunião com os candidatos a vereador e militantes da coligação.

Na reta final, PT recorre à ajuda de deputados para pedir votos para Marcus Alexandre, na TV

Na reta final de campanha, o PT aposta todas as fichas em seus aliados para tentar convencer o eleitor da capital a votar em Marcus Alexandre.
Depois das aparições de Jorge Viana e de seu irmão Sebastião Viana, e do prefeito Raimundo Angelim, na TV, pedindo apoio ao candidato do PT, agora é a vez de os deputados estaduais da base governista pedir votos na telinha para o prefeiturável petista.
A Companhia de Selva, empresa que faz a propaganda de Marcus Alexandre aproveitou a presença dos deputados da base aliada na concentração da caminhada do PT, nesta quinta-feira, 27, na Praça da Revolução, para gravar a inserção dos deputados.
Orientado pelo publicitário Gilberto Braga, o recém-chegado a base governista, deputado Denilson Segóvia (Pen), que quando oposição era questionada por sua postura por seus ex-colegas de bancada, foi um dos que gravou para Marcus Alexandre.
Pastor-superintendente da Igreja do Evangelho Quadrangular, Segóvia tentará arrebanhar os crentes para Marcus Alexandre.
Também gravaram para Alexandre, os deputados Eduardo Farias e Moisés Diniz (PC do B), Jamyl Asfury, Helder Paiva, Elson Santiago, Walter Prado, todos do Pen, e Eber Machado, PSDC.


Bancários da Caixa no Acre aprovam proposta e encerram greve; Atendimento normal se inicia na segunda

Em assembleia realizada na tarde desta sexta-feira (28), os funcionários da Caixa aceitaram a proposta apresentada da empresa e encerraram a greve nacional de dez dias. Com o fim da paralização os trabalhadores retornam ao trabalho na segunda-feira (01).
No âmbito nacional, várias unidades que haviam rejeitado a proposta inicialmente, decidiram retornar ao trabalho, acatando a orientação do Comando Nacional.
Conforme informações enviadas pelos sindicatos para a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), a proposta da Caixa foi agora também aprovada em São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Bahia e Pará. Na quarta-feira (26) já havia sido aceita em Curitiba, Campo Grande, Campinas, Pernambuco, Espírito Santo, Paraíba, Piauí e Mato Grosso, dentre outros sindicatos.
A proposta aprovada
1) PLR
a) PLR regra Fenaban
- Regra Básica
- Regra Adicional
b) PLR Adicional Caixa no valor de 4% do lucro líquido distribuída igualmente para todos os empregados.
2) PLR – Antecipação
Antecipação com base na regra da PLR Fenaban e da PLR Adicional Caixa, cujo adiantamento corresponde a 4% sobre o lucro líquido realizado no 1º semestre 2012, a ser paga 10 dias após assinatura do ACT.
3) Piso salarial
Os novos empregados serão contratados nas referências 202, 602 ou 802 da Estrutura Salarial Unificada (SEU) ou da Nova Estrutura Salarial (NES) e enquadrados nas referências 203, 603 ou 803, respectivamente, no dia imediatamente posterior à conclusão do período referente ao contrato de experiência, quando este finalizar-se na vigência do presente Acordo Coletivo de Trabalho.
4) Concentração de empregados
A Caixa se compromete a ter em seu quadro de pessoal 92.000 empregados até dezembro de 2012 e 99.000 empregados até dezembro de 2013.
5) Medicamentos de uso contínuo
Custeio de despesas de 50 medicamentos de uso contínuo não custeados pelo SUS, cujos percentuais de reembolso serão de 50%, 80% e 100%, de acordo com a patologia indicada no relatório médico.
6) Formação ampliada
A Caixa se compromete a ampliar em 3.230 bolsas de incentivos a formação do empregado, por meio de edital único centralizado na Matriz, para todos os empregados acima de 91 dias de trabalho, a saber:
a) 800 bolsas para idiomas;
b) 1.380 bolsas para graduação;
c) 950 bolsas para pós-graduação;
d) 100 bolsas para mestrado.
7) Licenças
Alterar de 1 (um) para 2 (dois) dias por ano a licença para internação hospitalar por motivo de doença de cônjuge ou companheiro (a), filho, pai ou mãe.
8) Licença-adoção
No caso de adoção ou guarda judicial a CAIXA concederá licença remunerada à empregada adotante, pelo período de 180 (cento e oitenta) dias, com exclusão do limite de idade de 12 anos do adotado.
9) Promoção por mérito
Redução das horas de treinamento para promoção por mérito de 100 para 70 horas.
10) Grupo de Trabalho
a) Será constituído Grupo de Trabalho paritário, composto por 8 integrantes, 4 indicados pela Caixa e 4 pelos representantes dos empregados para tratar do plano Saúde Caixa, observando a sua sustentabilidade.
b) Os integrantes serão obrigatoriamente empregados ou ex-empregados Caixa.
c) O grupo de trabalho se reunirá pela primeira vez em até 30 dias após a assinatura deste ACT em dependências disponibilizadas pela Caixa, a qual se responsabilizará pelos custos de destacamento, diárias e hospedagem.
d) As propostas de modificações do Plano de Saúde serão apresentadas à Diretoria Executiva de Gestão de Pessoas (Depes).
Fica mantido o Grupo de Trabalho Saúde do Trabalhador.
11) Tesoureiro executivo
a) A Caixa apresentará na mesa permanente de negociação, até 31 março 2013, um plano de ação para resolução definitiva das situações apontadas sobre saúde, segurança e condições de trabalho do Tesoureiro Executivo.
b) O pagamento de substituição com remuneração apurada por minuto nas ausências parciais ou pausa para almoço do Tesoureiro, condicionada a existência de saldo de minuto para esta substituição na unidade, limitada a 480 minutos por dia para cada empregado será implementada a partir de janeiro de 2013.
c) A Caixa se compromete até 31/12/2012 construir corredores para abastecimento em todos os terminais de ATM das agências.
d) Considerar a Função Gratificada de Tesoureiro Executivo na linha de sucessão primária para a Função Gratificada de Supervisor de Canais, Supervisor de Atendimento, Gerente de Atendimento e Negócios III e Gerente de Canais e Negócios, mantendo na linha primária de Supervisor de Centralizadora/Filial.
e) Formação de banco de habilitados para o exercício das atividades de Tesoureiro Executivo com empregados das agências e das Giret, no prazo de 90 dias após assinatura do presente ACT.
f) Desenvolver e implementar curso de formação de tesoureiros.
12) Login único
Implantar o acesso à rede de computadores em estação única em cinco unidades da Matriz, em fase piloto, no 4º trimestre de 2012 e concluir a implantação em 31 de agosto de 2013.
13) Agências-barco
Concessão de 2 dias úteis a ser negociado com o empregado, após o retorno de 1 ciclo de trabalho.
14) Descomissionamento
A Caixa assume o compromisso de apresentar, até 31/03/2013, estudos sobre descomissionamento de funções gratificadas, a partir das contribuições apresentadas pelas entidades representativas.

15) Horas de estudo
Os empregados deverão dispor de 6 horas por mês para estudos junto à Universidade Caixa dentro da jornada de trabalho, na metodologia à distância, em local apropriado na unidade.
16) Incorporação do REB ao Novo Plano
A Caixa e as entidades sindicais assumem o compromisso de envidar esforços junto aos órgãos controladores e fiscalizadores com o objetivo de acelerar o andamento do processo de incorporação do REB ao Novo Plano Funcef.
17) Cipa EaD
A Caixa e os representantes do GT Saúde do Trabalhador definirão, em até 180 dias após a assinatura deste ACT, o conteúdo do treinamento ministrado aos membros designados da Cipa, o qual será realizado durante a jornada de trabalho, em local apropriado, com metodologia EaD (Ensino à distância) via intranet, com carga horária total de 20 horas.

18) Sipon
As horas a compensar deverão ser previamente negociadas entre o gestor imediato e o empregado com no mínimo 5 dias úteis de antecedência.
Dias parados
Em relação aos dias de greve, a Caixa seguirá a Fenaban, que propôs a manutenção da regra de compensação dos dias parados até 15 de dezembro deste ano, nos mesmos moldes da convenção coletiva do ano passado.

Eletrobras Distribuição Acre intensifica o combate às autorreligações de energia

Com a finalidade de reduzir o alto índice de inadimplência, a Eletrobras Distribuição Acre intensificará, a partir deste sábado (29) e por tempo indeterminado, as ações de combate às autorreligações (ligações por conta própria à revelia da Distribuidora), através dos serviços de recorte, ou seja, um segundo corte das unidades consumidoras que estejam autorreligadas.
A Eletrobras Distribuição Acre esclarece que o recorte de energia aos sábados se dará nas unidades consumidoras autorreligadas cuja suspensão do fornecimento de energia ocorreu durante os dias úteis da semana e cujos responsáveis não solicitaram a religação à concessionária. Esclarece ainda que no período das 08:00 às 12:00 h, sua Agência de Atendimento, localizada na Rua Valério Magalhães, 226 – Bosque, atenderá normalmente. E, após esse horário, os pedidos de religações com os devidos comprovantes de pagamentos poderão ser feitos através do telefone 0800 647 7196.
A empresa registrou um aumento de mais de 50% nos débitos vencidos das classes residencial, industrial, comercial e rural, que no período de um ano passaram de R$42,2 milhões para cerca de R$64,0 milhões. A Eletrobras já comunicou suas ações de combate à inadimplência à Promotoria de Defesa do Consumidor do Ministério Público Estadual e ao PROCON.
A autorreligação, além de configurar um ato ilícito, representa risco de acidentes fatais para quem pratica.
A empresa orienta ainda a todos os consumidores que porventura tenham o fornecimento de energia suspenso, por motivo de débitos, que procurem os postos e agências de atendimento para negociação da divida a fim de se evitar transtornos.

Esgoto estourado no Raimundo Melo leva MPE oficiar Semsur e Depasa para providencias

O transbordamento de um esgoto na Rua Juscelino Kubistchek, Bairro Raimundo Melo em Rio Branco, levou o Ministério Público Estadual (MPE), a instaurar Inquérito Civil Público, tendo em vista que a rede de esgotamento sanitário da referida rua está obstruída.
A caixa de inspeção que fica em frente da residência de Marcos Antonio Calegario e a de seu vizinho está vazando, ocorrendo o retorno do esgoto para dentro do seu quintal, causando grandes transtornos aos moradores e à comunidade local.
Para tal procedimento, o MP oficiou a Secretaria de Serviços Urbanos (Semsur) e o Departamento de Pavimentação e Saneamento Depasa), para que providências sejam tomadas no sentido de solucionar o problema em questão.

Salomão Matos

Dupla é presa após arrombamento a residência no Aviário

 

dupla-e-preso-apos-arrombamento-no-aviario dupla-e-preso-apos-arrombamento-no-aviario-02

Dois indivíduos foram perseguidos e presos por policiais motociclistas do Grupamento Giro, da Polícia Militar, acusados de invadirem uma casa do bairro Aviário, de onde teriam furtados joias, entre elas cordões de ouro, além de perfumes, celulares e até balas de rifle calibre 16.

André Barroso Rufino, 22 anos e Leandro Lima Cabanellas, 24, fugiam num Renault Clio que era seguido de longe por um vizinho da casa arrombada.

Num certo momento, a testemunha viu um grupamento do Giro, do 1º Batalhão da Polícia Militar e denunciou os indivíduos.

No carro, os policiais encontraram um fundo falso, onde eles colocaram o roubo.

Os dois já têm passagem por crimes de furto a residências da região.
 
Informações de Clériston Amorim

Com “boom gospel”, comunidade LGBT fica sem candidato e espaço em Rio Branco

Expelidos pelo crescimento do número de evangélicos e do conservadorismo entre os eleitores da capital, a comunidade LGBT ficou sem representantes nesta eleição municipal. Ao contrário de eleições mais recentes, como 2008 e 2010, os homossexuais e simpatizantes da causa não contam com um candidato que represente ou defenda suas bandeiras em 2012.

Esta semana, o PT emitiu uma nota criticando a postura do candidato Tião Bocalom (PSDB) ao ceder espaço em seu programa eleitoral a um pastor que fez, segundo a comunidade LGBT, um discurso homofóbico, fato este negado pelos tucanos. O boom evangélico é o principal motivo para sufocar as manifestações homossexuais em Rio Branco.

Os eleitores evangélicos viraram motivo de cabo de guerra nos bastidores entre os principais candidatos à Prefeitura de Rio Branco. Marcus Alexandre (PT) assegurou apoio de importantes lideranças, como a Igreja Batista do Bosque e parte da Assembleia de Deus. Outras alas dos assembleianos estão com o tucano Tião Bocalom, além de outras igrejas pentecostais.

Segundo o último Censo do IBGE, os protestantes representam 39% da população rio-branquense.
Tradicionalmente mais aberto a bandeiras liberais, o PT evitou ao longo desta campanha a defesa de temas que venham a desgastá-los com o eleitorado evangélico. Sem espaço dentro do PT acreano mais conservador, a comunidade LGBT está hoje organizada em torno da Associação dos Homossexuais do Acre (Ahac).

Bate-boca aumenta tensão em comunidade assustada pelo tráfico


DSC 0035
Policiais à procura de suspeitos, no Recanto dos Buritis, na noite da última quarta-feira, 26
Um bate-boca generalizado entre a Associação dos Militares e o Grupo dos Direitos Humanos do Acre assusta ainda mais a comunidade do Recanto dos Buritis, alvo de uma suposta guerra entre policiais e traficantes desde o início desta semana, quando um soldado foi alvejado quatro vezes numa operação de rotina.


A AME, embora sem apresentar provas, pediu proteção de vida ao governo em favor de outros quatro policiais, que estariam com a cabeça à prêmio. O presidente da entidade, Isaque Ximenes, informou que “as ameaças foram levantadas pelo Segundo batalhão”, que tem jurisdição sobre o Segundo Distrito de Rio Branco. O tráfico na região, de acordo com ele, oferece R$ 30 mil por cada militar que for morto. Mais detalhes não foram apresentados à imprensa.

Os Direitos Humanos reagem. Apresentaram denúncia ao secretário de Segurança Pública, Reni Graebner, e ao comandante da PM, coronel Anastácio, contra o que chamam de truculência e excessos cometidos pelos soldados e sargentos que atuam na região. É que as ações ostensivas da PM foram reforçadas no bairro, inclusive com o apoio dos demais batalhões da capital, depois que o militar foi baleado e um outro teria sido emboscado na última quarta-feira, 26, próximo a sua casa.

A presença jamais vista da polícia dentro da comunidade motivou o Grupo de Direitos Humanos a fazer uma “blitz”, na intenção de obter informações dos moradores sobre como os policiais estariam abordando as pessoas. “Bater na cara de trabalhador não coisa de um policial preparado”, afirmou Clodoaldo Cristiano, membro do grupo. A reportagem de AGazeta.net percorreu os principais acessos do Recanto dos Buritis e ouviu alguns policiais. Segundo eles, “a ordem é parar todo mundo”.

O coordenador de DH disse às autoridades de segurança pública que eles próprios foram abordados de “forma violenta” pela PM, mesmo informando que eles estavam ali em missão humanitária. “Aqui não é lugar de reunião. Circula, circula”, teriam dito os policiais.

O secretário Reni Graebner deu garantias de que as denúncias serão apuradas, mas, como provas, há apenas o relato verbal dos integrantes dos D.H., o nome de um sargento que mora na região e o número da RP (Rádio patrulha) que fazia a ronda. “As portas da Corregedoria da PM estarão abertas para toda e qualquer reclamação. Se houver fundamento, os responsáveis serão punidos de acordo com as normas da corporação”, disse ele.

O subcomandante da PM, tenente-coronel Paulo César, admitiu que a região do Segundo Distrito abriga um número bem maior de presos em liberdade condicional, o que torna a região ainda mais violenta. Ele informou que especificamente no Recanto dos Buritis há uma quadrilha organizada identificada há vários meses e que está sendo procurada.
Assem Neto

´Lei seca´ será aplicada de forma mais branda nessas eleições

Os juízes da 1ª, 9ª, e 10ª zonas eleitorais, que abrangem os município de Rio Branco, Bujari e Porto Acre, expediram portaria conjunta suspendendo a venda e consumo de bebida alcoólica nesses municípios no próximo dia 7 de outubro. Mas a proibição vigora apenas da 0 hora até as 18 horas do dia 7.
Na 2a zona eleitoral, que abrange o município de Xapuri, a Justiça Eleitoral foi mais rigorosa. A proibição para venda e consumo de bebida começa as 18 horas do dia 6 e termina as 20 horas do dia 7.
A medida atinge casas noturnas, bares, restaurantes e similares, e tem o objetivo de evitar incidentes de violência motivados por embriaguês no período eleitoral. As polícias militar, civil e federal ficarão responsáveis pela fiscalização.
De maneira geral em eleições anteriores, o período de restrição na venda e uso de bebida alcoólica era iniciado 24 horas antes do início da votação e só terminava no dia seguinte ao pleito. Este ano a chamada lei seca foi aplicada de forma mais branda.
“O juiz de cada zona eleitoral estabelece esse período de restrição, que vai vigorar apenas naquela zona eleitoral. Optamos por diminuir esse período para não prejudicar o comércio, já que muita gente vai estar trabalhando no dia anterior a eleição”, explicou a juíza Maha Manasfi , da 1ª zona eleitoral.


Frente Popular realiza grande Encontro 13 no centro da cidade


site-1-essa-e-muitoboa-e-melhor-que-a-outraQuem passava pelo no centro da cidade nesta quinta-feira, 27, no final da tarde, logo percebia que estava acontecendo algo diferente. Estava mesmo. Militantes e simpatizantes dos partidos da Frente Popular realizaram um grande encontro ocupando parte do centro da cidade, marcando esta reta final da campanha de Marcus Alexandre e Márcio Batista rumo à prefeitura de Rio Branco.


Cinco pontos de encontro e bandeiraços avermelharam o centro da cidade. Em seguida os militantes caminharam até a Praça da Revolução e de lá desceram em caminhada até o Novo Mercado Velho onde aconteceu um grande ato de agradecimento a população de Rio Branco.


O evento contou com a participação do governador Tião Viana, dos senadores Jorge Viana e Aníbal Diniz, do prefeito Raimundo Angelim, dos deputados federais e estaduais, dos candidatos a vereador da Frente Popular e teve a participação especial do Presidente Nacional do PT, Rui Falcão.


Esse grande ato simboliza o que está sendo nossa campanha. Uma campanha leve, alegre, falando de propostas e contando a cada dia com a adesão de mais pessoas. Se nós estamos aqui é por que os nove partidos e os 146 candidatos da Frente Popular nos trouxeram, disse Marcus Alexandre para uma platéia empolgada e animada.


Demoramos a chegar no centro porque estávamos com a nossa campanha primeiramente nos bairros, hoje visitamos o bairro de número 90, sempre com humildade e pedindo licença para cada morador para chegar em cada canto da nossa cidade. Não iremos cair na provocação deles, vamos trabalhar e mostrar que a mentira não tem vez, afirmou Marcus.


O senador Jorge Viana disse que a maioria das pessoas lembra que há uns anos atrás Rio Branco era uma cidade que apesar de ter um povo bom, estava andando pra trás, mas com muito trabalho, a Frente Popular conseguiu mudar isso. Essa é uma campanha de inovação e Marcus Alexandre vem no caminho certo, elaborou um plano de governo em conjunto com a comunidade. Minha carreira só existe por causa de Rio Branco e eu ficaria muito triste se ela caísse em mãos erradas, de gente de não quer trabalhar com união, disse o senador.


Marcus Alexandre afirmou que nesses últimos dez dias de campanha vai acelerar ainda mais e intensificar as caminhadas pé no chão realizadas nos bairros e seguir conversando com as pessoas até o dia 7 de outubro.
 
Andréia Oliveira, da assessoria

Candidato a reeleição pelo PT em Porto Acre é multado pelo TCE/AC por irregularidade administrativa

O Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE-AC), multou o prefeito e candidato a reeleição pelo PT no município de Porto Acre, Zé Maria (PT), por irregularidades administrativas praticada pela não apresentação da Relação Anual de Informações Social (RAIS), no prazo legal, e a violação do art. 239, § 3º da Constituição Federal.
A multa aplicada ao petista é no valor de R$ 357,00 (trezentos e cinquenta e sete reais), a ser recolhido em favor do Tesouro do Estado do Acre, o Tribunal de Contas do Estado-.
A ação que originou a multa, foi quando da apuração da responsabilidade do Gestor, em face da reclamação da Senhora Reginalda Pereira da Silva, que requeria indenização do PASEP – Prefeitura Municipal de Porto Acre, exercício de 2009.
A Conselheira Naluh Maria Lima Gouveia dos Santos, foi revisora do processo.

Salomão Matos

Promotora de Sena Madureira ajuíza Ação Civil contra o Estado e prefeitura do município

A promotoria de Sena Madureira ajuizou uma Ação Civil Pública contra o Governo do Estado e a prefeitura de Sena Madureira. O objetivo é a construção de um abrigo destinado a crianças e adolescentes em situação de risco social.
Segundo a promotora de Justiça Vanessa de Macedo Muniz, a falta de um espaço apropriado faz com que muitos jovens em situação de abandono nas ruas acabem cometendo vários atos infracionais.
Na Ação, a promotora menciona o caso de um adolescente com direito à medida protetiva de acolhimento que precisou ser encaminhado para Rio Branco, tendo em vista que, no município não existe abrigo específico para acolhimento de crianças e jovens. De volta à cidade, o rapaz foi abrigado numa casa de passagem destinada a pessoas que moram na zona rural.
“Insta mencionar que a cidade de Sena Madureira é a terceira maior do Estado, entretanto, até o presente momento, nenhuma medida ou atitude foi tomada pelos demandados para a construção do abrigo ora pleiteado, mesmo estando evidenciado a necessidade do abrigamento de crianças e adolescentes”, lembra a promotora.
O MP também pede a imposição de multa diária aos demandados, no caso de descumprimento de suas obrigações, em um valor a ser arbitrado pelo juiz, a ser revertida ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, independentemente de sanções administrativas, cíveis e penais aplicáveis, nos termos dos artigos 213 e 214 do ECA.

Informações do MPE/AC

Em Rio Branco, funcionários do Banco da Amazônia aprovam proposta e dão fim a greve

Reunidos na manhã desta sexta-feira (28), funcionários do Banco da Amazônia deliberaram pela aceitação da proposta específica apresentada pela instituição e finalizaram o movimento de 10 dias de paralisações por melhores salários e condições de trabalho.
Assim como fez o Sindicato dos Bancários do Pará, o SEEB/AC orientou a assembleia dos empregados do Banco da Amazônia a votar pela aceitação da proposta apresentada pelo banco na rodada de negociação realizada quarta-feira (26).
De acordo com o diretor do Sindicato, Jorge Luiz, a proposta traz avanços importantes, principalmente na questão de índice de reajuste – 7,5% da Fenaban sobre todas as verbas, garantir 8,5% nos itens de auxílio refeição, cesta alimentação e 13ª cesta alimentação. Outro avanço diz respeito à distribuição da Participação dos Lucros e Resultados (PLR) e a garantia da promoção automática de TB1 para TB2, e de TC1 para TC2, além da valorização no piso, reivindicação histórica dos trabalhadores do banco.
Nesse sentido, por maioria dos votos, a proposta foi aceita e o movimento de greve foi encerrado no Banco da Amazônia.
“As conquistas específicas que tivemos no Banco da Amazônia foram positivas e fruto da greve que fizemos. Sabemos que podemos avançar ainda mais em conquistas para os empregados do banco, como em relação ao PCCS e ao Plano de Saúde, por isso é fundamental seguirmos na luta, com unidade entre os trabalhadores, para continuarmos somando vitórias no Banco da Amazônia”, afirma o vice-presidente do Sindicato dos Bancários do Pará, e empregado do banco, Sérgio Trindade.

Com informações da SEEBAC

Ministério Público apoia ação da polícia contra quadrilha organizada no Recanto dos Buritis

A ação de uma quadrilha no Bairro Recanto dos Buritis tem mobilizado o Ministério Público do Estado do Acre (MP/AC), por meio da Coordenadoria Criminal (Cordcrim) e do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), juntamente com a Polícia Militar na atuação de medidas para erradicar a criminalidade na região. Essa semana, dois policiais militares sofreram atentado de morte: um sargento foi alvejado com um tiro e outro foi vítima de uma emboscada dos criminosos em sua casa. O Ministério Público já instaurou um procedimento de investigação da quadrilha e vai pedir a prisão dos envolvidos.
Na manhã de hoje (28), o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, major Denilson Lopes, e o tenente coronel do Comando de Policiamento Operacional (CPO1), Mário César, estiveram no Ministério Público para apresentar um relatório da situação vigente na região. “É notável a preocupação do MP em solucionar as questões relativas ao crime organizado”, destaca o major Denilson.
A PM elaborou ainda um plano de ação para efetuar a saturação, o monitoramento do bairro, a instauração de procedimentos criminais e a legitimação de uma ação investigatória para prender todos os criminosos. “Estamos dando todo apoio à atividade da policia. Juntos, pretendemos coibir as ações criminosas dessa quadrilha que está aterrorizando a comunidade do Recando dos Buritis e redondezas com furtos, ameaças de morte, homicídios e tráfico de drogas”, enfatiza o coordenador criminal do MP/AC, procurador de Justiça Oswaldo D’Albuquerque.
Segundo a promotora de Justiça e integrante do Gaeco, Marcela Ozório, o MP vai requisitar a instauração de um inquérito policial na Delegacia de Combate ao Crime Organizado. “Naquela região, impera a lei do silêncio. Vamos apurar a situação e tomar as medidas necessárias para conter essa onda de violência”.
Após as incidências criminais na região, a PM intensificou o monitoramento no bairro, o que tem despertado revolta nos criminosos. “A quadrilha está sendo impossibilitada de exercer suas atividades criminosas e tem investido contra os policiais”, afirma o procurador, que garantiu a mobilização do MP na luta pela garantia dos interesses de bem-estar e segurança que devem ser disponibilizados à sociedade.
Segundo major, a polícia não pode pedir permissão a traficante para entrar numa comunidade
Na última terça-feira, um sargento conseguiu sair ileso após uma emboscada. “Alugaram uma casa ao lado da dele para monitorar e acompanhar sua rotina”, conta o major. “A gente não vai permitir que exista um bairro em Rio Branco onde a polícia tenha que pedir autorização a traficante para entrar ou uma comunidade onde um policial não possa morar”, acrescenta.
A presença da polícia no local acabou impedindo a ação criminosa da quadrilha. Desse forma, pretende-se proporcionar a segurança da comunidade, bem como dos policias ameaçados que moram no bairro. Há ainda informações de que moradores estariam sofrendo ameaças e coação para participarem de movimentos contra o policiamento intensivo na região. “Enquanto todos os bairros requerem mais policiamento, no Recanto dos Buritis a comunidade é coagida a afirmar que o policiamento está exagerado. Qual seria a real intenção em tirar a polícia de um bairro onde existe grande ocorrência de tráfico de drogas e assalto?”, questiona o major.
De acordo com o tenente coronel Mário César, a PM tem utilizado viaturas de outras regionais para realizar policiamento especifico no bairro 24 horas por dia. “Há urgência em combater a atuação da quadrilha devido à ousadia de emboscar policiais e enfrentar o poder público”.

Polícia prende acusados de roubar gado na BR-364

Três indivíduos foram presos sob acusação de furto de gado numa fazenda da BR-364, sentido Rio Branco-Porto Velho, nesta manhã de sexta-feira, 28. O trio foi flagrado por uma blitz da polícia quando transportava duas rezes abatidas no quilômetro 14 da rodovia.
Aurimar Nascimento Costa, o “Popó”, 36 anos, Antonio José Mesquita Brito, “O Marquinho”, 35 anos, foram indiciados por furto qualificado, crime ambiental e formação de quadrilha. O açougueiro Francisco Roney de Lima, o “Tinoco”, 38 anos, por tentativa de receptação qualificada e formação de quadrilha.
Segundo a polícia, Popó e Marquinho, com a ajuda de um terceiro indivíduo que conseguiu fugir, invadiram a fazenda e abateram duas vacas Nelore do tipo PO, assim chamadas porque foram trazidas como “puras de origem”. Uma delas estava prenhe.
A carne seria levada para o açougue de Tinoco, no bairro Seis de Agosto. Segundo a Polícia Civil, os três já têm passagem pelos mesmos crimes e teriam sido responsáveis por abater ao menos 40 cabeças na mesma propriedade.

Informações de Clériston Amorim 

Antônia Lúcia visita mercados e lojas do centro comercial de Rio Branco

A candidata à prefeita de Rio Branco, Antônia Lúcia (PSC) intensificou suas caminhadas na reta final de campanha. Acompanhada da militância da coligação Movimento Democrático, Trabalhista e Cristão, a deputada federal percorreu os mercados e comércios no centro da capital.
Antônia Lúcia recebeu o carinho de eleitores e comerciantes no Mercado Velho. Populares cumprimentaram a candidata e destacavam as propostas de seu plano de governo. Na Galeria Meta, crianças e adolescentes cantaram o jingle de campanha do 20.

A candidata distribuiu seus santinhos e cumprimentou condutores nos semáforos. No Terminal Urbanos, Antônia Lúcia ouviu as reivindicações de professores e alunos da rede municipal de ensino, da situação em que se encontram as escolas de Rio Branco.
“Todas as reivindicações de professores e alunos farão parte de uma ampla reforma na rede municipal de ensino. Vou implantar progressivamente, o ensino de tempo integral nas escolas de Rio Branco, além de melhorar as condições de trabalho dos servidores”, diz Antônia Lúcia.
Na visita aos estabelecimentos comerciais, os empresários e comerciários destacam a campanha propositiva de Antônia Lúcia. “Ela faz uma campanha limpa, sem a baixaria dos demais candidatos”, diz a vendedora Sara Firmino.

Cruzeiro do Sul completa hoje 108 anos

A cidade de Cruzeiro do Sul completa nesta sexta-feira, 28 de setembro, 108 anos e emancipação política. Todas as instituições públicas estão fechadas no feriado municipal. Milhares de pessoas são esperadas durante a noite na Praça do Centro Cultural, onde ocorre o ponto alto das comemorações com os tradicionais desfiles e apresentações culturais.

As atividades terão início às 18h com a passagem dos militares do Exército, Polícia Militar e Bombeiros. Na sequência, entidades, grupos, associações e escolas municipais, estaduais e uma particular que é o Instituto Santa Terezinha. O desfile fecha com a passagem das comitivas. Para finalizar a noite shows e danças com artistas regionais.

Durante três dias a começar desta sexta-feira, aconteceu a prova de laço no Rancho da Vó Isaura, sempre às 11h da manhã. No domingo às 16h tem corrida de MotoCross no circuito do Bairro Aeroporto Velho e na noite do próximo domingo, o Festival de Fanfarras na Praça do Centro Cultural.

A corrida de bajolas, pequenas embarcações criadas na própria cidade, promete ser uma boa novidade nas comemorações. A disputa também acontece nesse dia 28, no Rio Juruá e vai reunir cerca de 50 competidores.

Polícia Civil de Brasiléia fecha boca de fumo lado de escola infantil

 
Catanga acusado trafico
Catanga foi preso sob acusação de manter boca de fumo em casa (Foto: OAltoAcre.com)
A Polícia Civil de Brasiléia (a 240 quilômetros de Rio Branco) prendeu Ebeson Silva de Almeida, o “Catanga”, 19 anos, por crimes de tráfico de droga e receptação. Ele já tem passagens pela Justiça por outros delitos desde quando era menor de idade.

O trabalho dos agentes da Polícia Civil foi possível graças a uma denúncia anônima que passou a ser investigada por dias, até conseguirem dados suficientes para prendê-lo em flagrante. Na casa de ‘Catanga’, os policiais encontraram vários papelotes de pasta base de cocaína e objetos furtados.
A equipe passou vários dias monitorando o tráfico de drogas na casa de ‘Catanga’, esperando apenas o momento certo para colher dados suficientes.
Ebeson montou um ponto de venda na sua casa, a apenas 50 metros de uma escola infantil.
Não satisfeito, achou que também deveria oferecer um local para seus ‘clientes’ consumirem a droga que vendia, num matagal atrás da escola.
Na casa do acusado, foram encontrados muitos papelotes com entorpecentes prontos para serem comercializados. Todo o material foi apreendido.
droga apreendida brasileia
Papelotes foram apreendidos na casa do acusado (Foto: OAltoAcre.com)

Procurador Jurídico raspa cabeça em protesto a ofensa contra integridade física de presos


DSC 04871Continua a onda de protestos em Feijó em virtude da ofensa a integridade física e moral de presos, que veio a público após a prisão de um vereador e dois servidores públicos do município. O trio teve a cabeça raspada no zero tão logo deu entrada na prisão local, numa suposta medida de higiene para evitar a proliferação de piolhos.

Indignado com a situação, o procurador jurídico da prefeitura, Silmer Cavalcante, também passou raspou a cabeça no zero. ‘’Só tive conhecimento desse tipo de ação na época do nazismo. Isso é um absurdo’’, declarou indignado.
 
Por Marilson Maia, enviado especial a Feijó

Prefeitura e Câmara de Pimenta Bueno (RO) reabrem inscrições

A Prefeitura e a Câmara Municipal de Pimenta Bueno (RO) reabriram as inscrições dos concursos públicos para 58 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível alfabetizado, fundamental, médio/técnico e superior. Os salários variam de R$ 622 a R$ 9.500.

Prefeitura e a Câmara Municipal de Pimenta Bueno (RO)
Inscrições
Até 9 de outubro
Vagas
58 e cadastro
Salário
De R$ 622 a R$ 9.500
Taxa
De R$ 35 a R$ 85
Prova
25 de novembro e 2 de dezembro
Na Prefeitura são 50 vagas. Os cargos de nível superior são para médico nas especialidades de ginecologia, ginecologia/obstetrícia, clínica geral, infectologia, pediatria e ultrassonografia, clínica geral e de medicina e segurança do trabalho, professor PEB III - libras, professor PEB III - nas disciplinas de geografia, língua portuguesa, matemática e de séries iniciais, administrador, analista ambiental, analista de recursos humanos, analista de sistema de informação, arquiteto, arquivista, assistente social, auditor, auditor tributário, bibliotecário, contador, educador físico, enfermeiro, enfermeiro PSF, engenheiro-agrônomo, engenheiro civil, engenheiro em segurança do trabalho, farmacêutico - bioquímico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, gestor ambiental, jornalista, médico nas especialidades de anestesia, cardiologia, cirurgia, dermatologia e ortopedia, médico-veterinário, nutricionista, odontólogo, odontólogo nas especialidades de estomatologia, periodontia, cirurgia buco maxilofacial, endodontia, odontopediatria e de atendimento a portadores de necessidades especiais, professor PEB III - nas disciplinas de educação física, história, língua portuguesa, matemática e de séries iniciais, psicólogo e terapeuta ocupacional.
As vagas de nível médio/técnico são para desenhista técnico, fiscal ambiental, fiscal tributário, técnico em arquivo, técnico agrícola, técnico em agrimensura, técnico em biblioteca, técnico em contabilidade, técnico em informática, técnico em eletricidade, técnico em segurança do trabalho, técnico de enfermagem PSF, técnico em farmácia, técnico de laboratório, técnico em higiene dental, técnico em radiologia, agente administrativo, agente de inspeção sanitária, agente municipal de trânsito, almoxarife, educador social, fiscal de obras e posturas, fiscal sanitário e instrutor de informática.
Os postos de nível alfabetizado e fundamental são para agente de combate às endemias, agente de serviço braçal, auxiliar de odontologia, auxiliar de laboratório, artesão, eletricista de automóveis, eletricista de manutenção, monitor de transporte escolar, viveirista, auxiliar de serviços gerais, coveiro, motorista CNH categoria A/D, operador de pá carregadeira ou retroescavadeira e operador de escavadeira hidráulica.
Na Câmara são 8 vagas. Os cargos de nível superior são para advogado e contador. As vagas de nível médio/técnico são para técnico em informática e agente administrativo. As vagas de nível fundamental são para auxiliar de serviço gerais, contínuo, vigilante e contínuo.
Além do salário, a câmara oferece auxílio-alimentação de R$ 500 e a prefeitura de R$ 250.
As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de outubro pelo site www.noroesteconcursos.com.br. A taxa é de R$ 35 para nível alfabetizado e fundamental, R$ 50 para nível médio/técnico e R$ 85 para nível superior.
A prova objetiva será aplicada nos dias 25 de novembro para os cargos de nível médio/técnico e superior da prefeitura e no 2 de dezembro para os demais cargos da prefeitura e para todos os cargos da câmara.

Do G1 

Capes, do MEC, abre concurso para 140 vagas

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério da Educação, abriu concurso público para 140 vagas em cargos de nível médio e superior. As vagas são para Brasília.


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)
Inscrições
De 16 de outubro a 6 de novembro
Vagas
140
Salário
De R$ 2.711,33 a R$ 8.124,68
Taxa
R$ 50 e R$ 60
Provas
16 de dezembro
Os cargos são de analista em ciência e tecnologia júnior I e de assistente em ciência e tecnologia, da Carreira de Gestão, Planejamento e Infraestrutura em Ciência e Tecnologia.
Os cargos de nível superior são de analista em ciência e tecnologia júnior I - formação geral (63 vagas); analista em ciência e tecnologia júnior I - formação arquivologia (1 vaga); analista em ciência e tecnologia júnior I - formação biblioteconomia (2 vagas) e analista em ciência e tecnologia júnior I - formação contabilidade (4 vagas). O cargo de nível médio é de assistente em ciência e tecnologia 1 (70 vagas).
O salário de nível superior é de R$ 4.925,68 para quem tem graduação, R$ 5.747,68 para candidatos com especialização/aperfeiçoamento, R$ 6.526,68 para mestrado e R$ 8.124,68 com doutorado. O salário do cargo de ensino médio é de R$ 2.711,33.
As inscrições devem ser feitas pelo site http://www.cespe.unb.br/concursos/capes_12 das 10h do dia 16 de outubro às 23h59 do dia 6 de novembro. As taxas são de R$ 60 para analista em ciência e tecnologia júnior I e de R$ 50 para assistente em ciência e tecnologia 1.
A seleção terá provas objetivas, prova prática discursiva e avaliação de títulos, todas realizadas no Distrito Federal.
As provas objetivas e a prova prática discursiva para o cargo de analista em ciência e tecnologia júnior - todas as formações terão a duração de 4h30 e serão aplicadas na data provável de 16 de dezembro, no turno da manhã. As provas objetivas e a prova prática discursiva para o cargo de assistente em ciência e tecnologia terão a duração de 4h30 e serão aplicadas na data provável de 16 de dezembro, no turno da tarde.
Na data provável de 7 de dezembro, será publicado no Diário Oficial da União edital informando da disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.

Do G1 

Ministério da Saúde altera distribuição de 2,5 mil vagas autorizadas

O Ministério da Saúde alterou cargos e  distribuição das vagas do concurso autorizado para 2.500 oportunidades de nível médio e superior para a área de saúde indígena.
Cespe/UnB foi escolhido para organizar o concurso público. O extrato de dispensa de licitação foi publicado no “Diário Oficial da União” do dia 29 de agosto, na página 94 da Seção 3.
São 1.265 vagas de nível médio, sendo 1.249 para auxiliar de enfermagem e 16 para técnico de laboratório. Já para nível superior são 1.235 vagas, sendo 30 para administrador, 47 para assistente social, 623 para enfermeiro, 54 para farmacêutico, 210 para médico, 29 para nutricionista, 219 para odontólogo, 22 para psicólogo e 1 para terapeuta ocupacional. O concurso foi autorizado pelo Ministério do Planejamento, por meio da portaria nº 292.
O provimento dos cargos dependerá da existência de vagas na data de publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público; à declaração do respectivo ordenador de despesa sobre a adequação orçamentária e financeira das novas despesas com a Lei Orçamentária Anual e a sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados; e à substituição de dois mil e quinhentos trabalhadores contratados por intermédio de organizações não governamentais que executam atividades não previstas no Decreto nº 2.271, de 7 de julho de 1997, considerando o disposto na cláusula terceira do Termo de Conciliação Judicial firmado entre a União e o Ministério Público do Trabalho, no âmbito da Ação Civil Pública Trabalhista nº 0751- 2007-018-10-00-4, cujos nomes deverão constar de relação a ser publicada previamente à nomeação dos candidatos aprovados, de acordo com o disposto no art. 1º da Portaria Interministerial MP/CGU nº 494, de 18 de dezembro de 2009, o que implicará no remanejamento de dotações orçamentárias do Grupo de Natureza de Despesas - GND "3 - Outras Despesas Correntes" para GND "1 - Pessoal e Encargos Sociais", no montante equivalente ao custo dos cargos providos, até que esta despesa esteja definitivamente incorporada aos limites orçamentários anuais de pessoal e encargos sociais do Ministério da Saúde.
O prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para concurso público será de seis meses, contado a partir da publicação da portaria, que foi em julho deste ano.

Do G1 

Prova do concurso da Câmara dos Deputados será no dia 14 de outubro

A Câmara dos Deputados divulgou novas datas do concurso público para 138 vagas de analista legislativo e técnico legislativo. As provas serão aplicadas pelo Cespe/UnB na data provável de 14 de outubro, em Brasília. A seleção estava suspensa desde o dia 18 de setembro em razão de liminar concedida pela Justiça Federal ao Ministério Público Federal. O Tribunal Regional Federal da 1ª Região cassou a liminar no dia 24 de setembro, permitindo a retomada do concurso.
Os locais e horário das provas poderão ser consultados a partir de 4 de outubro. O edital confirmando as mudanças foi divulgado nesta quarta-feira (26) no site www.cespe.unb.br/concursos/cd_12_at.
A Advocacia-Geral da União (AGU) divulgou na terça-feira (25) que havia derrubado no Tribunal Regional Federal da 1ª Região a liminar da 1ª Vara Federal de Roraima que suspendia a realização do concurso.
A seleção estava suspensa a pedido do Ministério Público Federal (MPF), que solicitava a aplicação das provas objetivas em todas as capitais do país, e não apenas em Brasília. De acordo com a AGU, a realização de provas nacionais geraria um gasto extra  de R$ 2.904.598,03.
A Procuradoria-Regional da União da 1ª Região protocolou no dia 17 de setembro um pedido de suspensão de liminar no Tribunal Regional Federal da 1ª Região. No documento, a AGU sustentou que a decisão causava grave lesão à ordem público-administrativa e à economia pública.
Além disso, os advogados da União reforçaram que o posicionamento de executar todas as etapas apenas em Brasília  atende ao princípio da eficiência e da economicidade, já que a Câmara dos Deputados está localizada na capital federal e não tem postos de trabalho em outras cidades. Também afirmaram que é pacífico o entendimento na administração pública de que os concursos sejam efetuados nos locais em que há vagas para serem preenchidas.
Ao analisar o caso, o presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, Mário César Ribeiro, concordou com os pedidos apresentados pela AGU e suspendeu a decisão de primeira instância. O magistrado destacou que não há previsão legal determinando ao administrador público a realização de provas de concursos em todas as capitais dos estados da Federação.
Liminar
Em 11 de setembro, a Justiça Federal de Roraima concedeu liminar que suspendia o concurso até que o edital fosse alterado para permitir a realização das provas em todas as capitais do país, que fosse reaberto o prazo de inscrição e que os candidatos já inscritos tivessem a possibilidade de escolher o local para fazer a prova objetiva.
O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal em Roraima (MPF/RR), por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, em ação civil pública proposta no mês de agosto. Para o MPF, o edital do concurso da Câmara dos Deputados restringia o local de provas à cidade de Brasília, o que violava os princípios da isonomia, razoabilidade, competitividade e amplo acesso aos cargos e funções públicas.
De acordo com a procuradora da República Cinthia Gabriela Borges, que assinava a ação, a decisão iria beneficiar não só os candidatos do estado de Roraima que se encontrassem em situação de maior vulnerabilidade econômica e social, mas todos os candidatos interessados em participar do concurso que não teriam que custear o deslocamento e hospedagem na capital federal.
O concurso
No dia 14 de outubro, estão previstas as provas objetivas para os candidatos a todos os cargos, além das provas discursivas para os candidatos ao cargo de analista das atribuições de médico, museólogo e técnica legislativa e a prova prática de análise textual para candidatos a analista legislativo da atribuição de taquígrafo legislativo.
Também foi divulgado o dia da prova prática de apanhamento taquigráfico para analista legislativo da atribuição de taquígrafo legislativo e da prova prática para os candidatos a técnico legislativo, que serão aplicadas na data provável de 2 de dezembro. A entrega dos documentos referentes à avaliação de títulos para o cargo de analista legislativo das atribuições de médico e de museólogo está prevista para 29 e 30 de novembro. Todas as fases serão aplicadas em Brasília.
O Cespe/UnB informou que não haverá devolução da taxa de inscrição devido à mudança da data da prova. A instituição ressalta que o edital do concurso informa sempre “data provável” de prova, que pode ser mudada; diz ainda que o valor referente ao pagamento da inscrição não será devolvido em hipótese alguma, salvo em caso de cancelamento do concurso por conveniência da administração pública, o que não aconteceu. Além disso, a mudança de cronograma se deu após decisão de Justiça e não da administração pública.
Os cargos de nível superior são de analista legislativo – médico nas áreas de neurologia, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia e radioimagem (6 vagas), com salário de R$ 14.825,69; analista legislativo - museólogo (2 vagas), com salário de R$ 14.825,69; analista legislativo - taquígrafo legislativo, que exige nível superior em qualquer área (14 vagas), com salário de R$ 14.825,69; e analista legislativo: técnica legislativa, que exige curso superior em qualquer área (111 vagas), com salário de R$ 14.825,69.
Os cargos de nível médio são de técnico legislativo - agente de serviços legislativos, área de serviços paramédicos - técnico em radiologia e diagnóstico por imagem e técnico em gesso (5 vagas no total), com salário de R$ 7.438,62.
Os cargos de técnico em radiologia e de técnico em gesso exigem diploma de conclusão de ensino médio e diploma ou certificado ou atestado de conclusão do curso de técnico em radiologia.
As vagas são para os Departamentos Médico da Câmara dos Deputados (Demed), Centro de Documentação e Informação ou Espaço Cultural da Câmara dos Deputados, Departamento de Taquigrafia, Revisão e Redação (Detaq) e órgãos da Câmara dos Deputados relacionados ao Processo Legislativo.
A seleção terá provas objetivas para todos os cargos; prova discursiva para o cargo de analista legislativo - todas as atribuições, exceto para o cargo de analista legislativo - atribuição: taquígrafo; prova prática de análise textual e prova prática de apanhamento
taquigráfico somente para o cargo de analista legislativo - atribuição: taquígrafo; prova prática somente para o cargo de técnico legislativo - atribuição agente de serviços legislativos - área: serviços paramédicos; avaliação de títulos para o cargo de analista legislativo - atribuições: médico e museólogo. Todas as fases serão realizadas em Brasília.

Do G1 

Vasco disputará Mundialito Sub-15

O Vasco será o único representante do futebol brasileiro na disputa do Mundialito Sub-15. A competição será realizada em janeiro de 2013, em Santa Cruz, na Bolívia, e vai ter 16 equipes jogando o torneio.
“Participei da reunião da competição no último mês de agosto e mais de 20 clubes europeus tinham representantes no encontro. O Vasco está confirmado e vamos trabalhar para termos um elenco forte no Mundialito”, disse o técnico do Vasco, Illimani Soarez.
Semifinal
O elenco do Vasco fechou na tarde desta quinta, 27, na Fazendinha, os treinamentos visando uma das semifinais do Campeonato Infantil, programada para amanhã, às 16h30, no Florestão, contra o Atlético.
Segundo Illimani Soarez, o time não tem nenhum desfalque e isso será importante em um confronto complicado. “Teremos um adversário de excelente qualidade. Para chegarmos à fase final vamos ter que realizar uma grande partida”, avaliou o técnico.

Estadual Feminino iniciará no próximo dia 13

Agora é esperar a bola rolar. Em um congresso técnico realizado na noite desta quinta-feira, 27, na sede da Federação de Futebol do Estado do Acre (FFEAC), foram definidos os detalhes do Campeonato Estadual Feminino. O torneio começa no próximo dia 13, no Florestão, com três jogos.
Fórmula de disputa
As sete equipes, Atlético, Amazônia, Assermurb, Alto Acre, Custódio Freire, Mão Amiga e Juventus, jogarão entre si e o time com mais pontos fica com título e a vaga no torneio.
Para o diretor da FFAC, Leandro Rodrigues, essa é uma boa forma de disputa.
“Teremos um Campeonato equilibrado. Acho que teremos boas partidas”, comentou o diretor.
Favoritos
Amazônia e Assemurb entram para disputa do Estadual como favoritos e com uma grande rivalidade. Nos bastidores muitos acreditam em uma disputa além do gramado.
Fecha temporada
O presidente da FFAC, Antônio Aquino, confirmou o torneio como o último da temporada 2012.
“Não tínhamos a intenção de promover o feminino nesta data. Contudo, a CBF programou a Copa Brasil como uma das primeiras competições de 2013 e precisamos saber quem será o nosso representante”, explicou Aquino.
1ª rodada no dia 13
Amazônia x Juventus
Assermurb x Mão Amiga
Custódio Freire x Alto Acre

Atlético tem uma baixa para a Copinha

Na sequência da preparação para disputa da Copa São Paulo 2013, o elenco do Atlético faz nesta quinta, a partir das 15 horas, na Arena da Floresta, mais um treinamento coletivo.
O técnico Álvaro Miguéis confirmou a movimentação com a duração de 60 minutos. Vamos para mais um coletivo livre. Os atletas sabem a maneira de atuar e nesse primeiro momento o importante é condicionar o grupo”, disse o treinador.
Pedro lesionado
O meia Pedro, um dos reforços do Galo para Copinha, tem uma lesão muscular , e não participa do trabalho desta tarde, na Arena.
Mendes fora
O zagueiro Mendes não teve o seu nome registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e por isso não poderá disputar o torneio em 2013. “O Mendes seria um reforço importante. Ele não foi inscrito e parou de treinar”, explicou Álvaro Miguéis.

PGE garante continuidade do concurso de agente e escrivão da Polícia Civil

A Procuradoria-Geral do Estado do Acre, PGE/AC, por meio da Procuradoria Judicial, em uma ação dos Procuradores de Estado Matheus Eduardo Pavão e Leonardo Silva Cesário Rosa, garante a continuidade das inscrições do Concurso de Agente e Escrivão da Polícia Civil, em uma decisão da desembargadora Eva Evangelista.

As inscrições para o concurso foram suspensas por uma decisão do Juiz de Direito Luiz Vitório Camolez, em exercício na 2˚ Vara da Fazenda Pública da Comarca de Rio Branco, em uma Ação Civil Pública ajuizada pela Defensoria Pública do Estado do Acre, alegando irregulares no Edital, pois este não prevê vagas às pessoas portadoras de necessidades especiais.

A PGE apontou que, embora reconhecendo as regras de proteção e integração social das pessoas portadoras de deficiência na esfera federal, a Lei Estadual Complementar n˚ 39/93, em seu art. 12, estabelece que é assegurado ao deficiente o direito de se inscreverem em concurso para provimento de cargo, desde que as atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são portadoras, para as quais serão reservadas até dez por cento das vagas oferecidas.

Desta maneira, pela própria natureza das atividades, os cargos para Agente e Escrivão de Polícia devem ser preenchidos por pessoas que não portam necessidades especiais. Mesmo o cargo de Escrivão prevê situações potenciais de violência, frente à imprevisão dos agentes investigados, evidenciando possíveis situações de risco, até mesmo, sendo necessário o uso de defesa pessoal.

Desta maneira, a Desembargadora Eva Evangelista argumentou em sua decisão que é incompatível as atribuições do cargo e as necessidades especiais dos candidatos às vagas, pois a atividade de Escrivão de polícia não é meramente administrativas, intelectuais ou burocráticas, exigindo integridade física. Desta forma, suspendeu a decisão de paralisação do concurso e as inscrições serão retomadas.

Empresa Trans Acreana começa a operar no Acre no próximo mês

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Acre (AGEAC) autorizou a operação da nova empresa de transporte rodoviário, a Trans Acreana. A portaria autorizando a operação foi publicada na edição do Diário Oficial desta sexta-feira, 28.

A empresa irá operar em caráter emergencial a partir de 1º de outubro entre as localidades Rio Branco/Assis Brasil/Rio Branco. O serviço será realizado com frequência de segunda a domingo, em horários alternativos aos que já são explorados. As linhas terão paradas obrigatórias nos municípios de Epitaciolândia e Brasiléia.

A vinda da Trans Acreana ocorreu por pedido da própria população do Alto Acre que denunciou o serviço precário por parte da Real Norte. A Câmara Municipal de Brasileia encaminhou 866 assinaturas dos municípios de Assis Brasil, Brasiléia e Epitaciolândia (AC), denunciando a má qualidade dos serviços e exigindo uma nova empresa de transportes.

Marcus Alexandre reafirma compromisso com comerciantes da Benjamin Constant

reunino14--para-os-jornaisA comunidade se envolve cada vez mais na campanha Marcus Alexandre, prova disso é a forma calorosa como o candidato é recebido nas reuniões, são manifestações espontâneas de pessoas que compararam e decidiram dar esse voto de confiança em uma candidatura comprometida com a comunidade, que dedicou três meses para a elaboração de um plano de governo que contou com a participação de mais de duas mil pessoas.

A Frente Popular vem mostrando como se faz uma campanha alegre e descontraída, mas ao mesmo tempo de forma responsável e apresentando propostas para administrar a cidade a partir do ano que vem.

Marcus Alexandre foi convidado para reunir com comerciantes e camelôs do calçadão da rua Benjamin Constant para repor a verdade com relação as propostas para a categoria, visto que está sendo alvo de mentiras plantadas pelos adversários em relação aos comerciantes da área central da cidade. Algumas das reivindicações da categoria serão contempladas na gestão Marcus Alexandre, como a construção do shopping popular, a urbanização da Benjamin Constant e disponibilização de banheiros públicos para os trabalhadores.

“Precisamos fazer algumas adequações aqui neste espaço onde Rio Branco se encontra, aqui passam mais de 50 mil pessoas por dia e são as pessoas que dão vida ao lugar, por isso precisamos oferecer melhores condições, como a construção de banheiros para os trabalhadores e para quem vem comprar”, afirma Marcus Alexandre.

Campanha boa é aquela que quando saímos temos mais amigos do que quando começamos, essa é uma das frases sempre lembradas por Marcus Alexandre e é assim que a trajetória rumo a Prefeitura está sendo pautada, dando o exemplo de que é possível fazer uma campanha limpa, bonita e acima de tudo vitoriosa.
 
Pablo Mendes, da assessoria

Álvaro Dias chega as 14h05 e concede coletiva no aeroporto

O senador Álvaro Dias chega às 14h05 no Aeroporto Internacional de Rio Branco e concede entrevista coletiva a imprensa. Depois ele participa de uma carreata até o centro de Rio Branco. Ainda pela tarde, o senador líder do PSDB concede entrevista a uma emissora de TV local e participa de um bandeiraço próximo do Terminal Urbano.

TRE-AC realiza cerimônia de lacre de urnas

O Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) realiza nesta sexta-feira, 28, cerimônia de lacre das urnas da 1ª Zona Eleitoral, com sede em Rio Branco. A cerimônia ocorrerá no depósito de urnas localizado no TRE, com a presença do presidente do órgão, desembargador Pedro Ranzi e dos demais membro da Corte Eleitoral, além de juízes eleitorais.

O procedimento consiste em inserir nas urnas, na presença de representantes de partidos, coligações e imprensa, os dados dos candidatos e das seções eleitorais.

Após o lacre, o sistema de votação é programado para funcionar somente às 7 horas do dia 7 de outubro, quando as urnas são ligadas pelos mesários. No entanto, a votação só inicia às 8h.

Até domingo, todas as urnas que irão funcionar no Estado deverão estar devidamente lacradas. No sábado, 29, será realizada no TRE a cerimônia de lacre da 9ª zona (Rio Branco e Bujari), e no domingo, 30, a da 10ª zona (Rio Branco e Porto Acre).

O Estado do Acre possui 10 zonas eleitorais e 1.540 seções. Com exceção das urnas da 8ª Zona, correspondente a Senador Guiomard, Capixaba, Acrelândia e Plácido de Castro, que foram lacradas na sede do TRE, as demais terão cerimônia realizada nos municípios sede de zona.

Funcionários dos Correios voltam ao trabalho nesta quinta após determinação do TST



suzy
Presidente do Sindicatos dos Funcionários dos Correios no Acre, Suzy Cristyny (Foto: Arquivo)
Os funcionários dos Correios voltaram ao trabalho nesta sexta-feira, 28, após determinação do Tribunal Superior do Trabalho (TST). No Acre, os funcionários estavam em greve há três dias.



De acordo com a presidente do Sindicato dos Funcionários dos Correios, Suzy Cristiny, a greve não causou ‘pilha’ de mercadorias, mas pode ocorrer nos próximos dias devido a greve dos outros estados que foi demorada.


“Com a greve nos outros estados, as mercadorias não estavam chegando, mas agora vai começar a chegar e podem demorar a ser distribuída por conta do alto volume”, disse.


O TST determinou que os funcionários voltassem aos postos de trabalho de acordo com o horário de cada um. Os ministros decidiram também que os trabalhadores compensem os dias parados com trabalho extra em até seis meses. Em caso de descumprimento a multa seria de R$ 20 mil por dia.


Os ministros decidiram aumento de 6,5% retroativo a agosto à categoria - os Correios tinham proposto reajuste de 5,2%. Os ministros decidiram que greve não foi abusiva porque foi comunicada com antecedência pelos empregados à empresa.


“Além de reajuste, nós conseguimos assistência médica que estava em nossa pauta. Isso foi muito satisfatório”, disse Suzy.


A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) estima que o percentual de adesão foi entre 40% e 50%.

Ana Paula Batalha

Funcionários da Caixa continuam em greve

Os funcionários da Caixa Econômica Federal continuam em greve. Mesmo vários outros bancários voltando ao trabalho nesta quinta-feira, 27, os funcionários da Caixa decidiram permanecer no movimento por tempo indeterminado.

Para a categoria, a proposta apresentada pela direção da Caixa é insuficiente.

Outras unidades em diferentes cidades também disseram não à proposta, entre elas, Rio Grande do Sul, Ceará, Pará, Amapá e Bahia.

Os bancários do Banco do Brasil aceitaram a proposta da Federação dos Bancos (Fenaban), que reajusta em 7,5% os salários (aumento real de 2%) e de 8,5% para piso, vales alimentação e refeição (2,95% de aumento real).

Os bancos privados também encerraram a greve e retornaram aos postos de trabalho. Assembleia do Banco da Amazônia acontece hoje.

Acre recebe R$ 27 mil para aprimorar a gestão do Bolsa Família

O estado do Acre recebeu recursos de R$ 27.296,98 do Ministério do Desenvolvimento e Combate a Fome (MDA) para aprimorar a gestão do Bolsa Família e do Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal. Desde o início do ano, o MDS transferiu R$ 8,87 milhões aos estados.

O repasse vai de acordo com o Índice de Gestão Descentralizada (IGD) aos estados. Índices abaixo de 0,55, numa escala que varia de 0 a 1, ou menos de 0,20 em cada um dos quatro indicadores que o compõem, fazem com que estados e municípios fiquem sem os recursos.

É exigido também assinatura do Termo de Adesão ao Bolsa Família, habilitação ao Sistema Único de Assistência Social (Suas) e aprovação das contas pelos Conselhos de Assistência Social.

O estado com mais alto IGD-E em todo o país foi Roraima, com índice de 0,88, que lhe garantiu repasse de R$ 29,1 mil. O Acre ficou com 0,80. Todo o Norte do país recebeu 329,7 mil em IGD-E.

Os estados do Nordeste receberam a maior parte dos recursos do IGD-E: R$ 580,5 mil. Em todo o Sudeste, o melhor índice estadual obtido foi o de Minas Gerais, cujo IGD-E ficou em 0,85, o que significou um repasse de R$ 131,5 mil. Juntos, todos os estados da região receberam R$ 321,3 mil.

Para o Sul foram R$ 142,3 mil aos governos estaduais, com destaque para o Paraná, com IGD-E de 0,86. Por sua vez, o Centro-Oeste recebeu R$ 154 mil.

TV por assinatura cresce 56,43% no Acre

O número de pessoas que estão migrando para a TV por assinatura continua em disparada em todo o Brasil. Em um ano, o número de pessoas que entraram no campo das assinaturas cresceu em 56,43% no Acre. Os dados foram divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Com 319,5 mil adições líquidas, o Brasil fechou agosto de 2012 com mais de 15,1 milhões de domicílios com TV por Assinatura. O crescimento representa uma evolução de 2,16% em relação a julho de 2012 e de 305% em comparação com agosto de 2011.

Entre agosto de 2011 e agosto de 2012, foram registradas quase 3,5 milhões de novas assinaturas. Considerando-se o número médio de 3,3 pessoas por domicílio divulgado pelo IBGE1, os Serviços de TV por Assinatura são distribuídos para aproximadamente 50 milhões de brasileiros.

Entre as regiões, a Nordeste, Norte e Centro-Oeste apresentaram índices de crescimento acima da média nacional. As regiões Sul e Sudeste registraram crescimento inferior. Entretanto, das 3,4 milhões de novas assinaturas registradas entre agosto de 2011 e agosto de 2012, mais de 2,5 milhões ocorreram nas regiões Sul e Sudeste.

TST manda empregados dos Correios voltarem ao trabalho a partir desta sexta

Após 16 dias de greve, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou que os funcionários dos Correios voltem ao trabalho a partir desta sexta (28), de acordo com o horário de cada funcionário. Os ministros da Seção de Dissídios Coletivos decidiram também que os trabalhadores deverão compensar os dias parados com trabalho extra em até seis meses.
Se o trabalho não for retomado amanhã, será aplicada multa de R$ 20 mil por dia. Os ministros decidiram ainda que os trabalhadores terão um aumento de 6,5% retroativo a agosto. Os Correios tinham proposto reajuste de 5,2%, mas a ministra Kátia Arruda, relatora do processo de dissídio ajuizado pela empresa, aumentou o percentual, para “preservar minimamente o poder aquisitivo dos trabalhadores”.
O presidente do TST, João Oreste Dalazen, ressaltou que os empregados dos Correios têm um dos salários mais baixos entre todas as empresas públicas federais. “Há uma falta de atrativos na carreira que não podemos perpetuar”.
Os ministros decidiram que greve não é abusiva porque foi comunicada com antecedência pelos empregados à empresa. Também foi determinada a formação de uma comissão com representantes da empresa e dos empregados para debater a adaptação do plano de saúde oferecido atualmente às normas da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
Segundo os Correios, cerca de 11,8 mil funcionários aderiram à greve até ontem (27), o que representa 9,8% dos 120 mil funcionários da empresa. A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) estima que o percentual de adesão foi entre 40% e 50%.
Da Agência Brasil

Maioria no STF define que parlamentares receberam dinheiro do mensalão e seis são condenados por corrupção

Já há maioria de votos no Supremo Tribunal Federal (STF) para condenar seis dos sete parlamentares acusados de corrupção passiva na Ação Penal 470, processo conhecido como do mensalão. Vários placares já são maioria depois das considerações do ministro Gilmar Mendes no capítulo que trata de compra de apoio político entre 2003 e 2004.
O deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP, antigo PL) e o ex-presidente do PP Pedro Corrêa foram condenados por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. E os ex-deputados Roberto Jefferson (PTB), Romeu Queiroz (PTB), José Borba (PMDB) e Bispo Rodrigues (PL, atual PR), estão condenados por corrupção passiva.
Apontados como corréus no processo, o ex-assessor do PP João Cláudio Genu foi condenado por corrupção passiva pela maioria dos ministros. O ex-tesoureiro do PL Jacinto Lamas está condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e o sócio da Bônus Banval Enivaldo Quadrado, por lavagem de dinheiro.
O único parlamentar com a situação indefinida é Pedro Henry (PP-MT), que tem placar de 5 votos a 2 nos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Mesmo com a maioria formada, os ministros podem mudar o voto até o final do julgamento.
Em seu voto, Mendes afirmou que a tese do caixa 2 divulgada pelas defesas é o “eufemismo dos eufemismos”, além de não excluir a execução de crimes anteriores para alimentar os repasses aos partidos. “Ao reconhecer que seriam recursos não contabilizados obtidos por corrupção e peculato, subsistiriam esses crimes”, argumentou.
O ministro acredita que a tese de caixa 2 é um argumento fácil porque, a cada dois anos, há novo processo eleitoral, mas o financiamento de campanhas tem regras próprias que precisam ser seguidas. “As fraudes e mecanismos usados evidenciam, com absoluta clareza, que eles tinham ciência da origem criminosa dos recursos. Tratou-se de engendrar esquema à margem da lei para proveito econômico”.
Mendes também rejeita a ideia de que todo dinheiro repassado às legendas foi usado para fins partidários, pois várias provas mostram que as verbas eram empregadas em fins privados. Como exemplo, citou a ajuda financeira à amante do ex-presidente do PTB José Carlos Martinez após a morte dele.
Sobre o crime de lavagem de dinheiro, Mendes disse que ficou clara a estruturação de engrenagem para pagamento, assim como a associação dos réus do PP e do PL em quadrilha para lavar dinheiro sujo via as corretoras Bônus Banval e Guaranhuns, respectivamente.
Para Mendes, os únicos réus que não devem ser condenados são o deputado federal Pedro Henry (PP-MT), o sócio da Bônus Banval Breno Fischberg e o ex-assessor do PL Antônio Lamas. Ele entendeu que o Ministério Público Federal não conseguiu provar que o trio sabia da atuação do esquema criminoso. Antônio Lamas é o único réu desta etapa que está sendo absolvido por seis dos dez ministros do STF.
O ministro também votou por absolver o ex-deputado José Borba (PMDB) do crime de lavagem de dinheiro porque o parlamentar foi, pessoalmente, receber R$ 200 mil no banco. Segundo Mendes, o fato de mandar uma pessoa assinar recibo por ele não é suficiente para configurar a lavagem.
O julgamento será retomado na próxima segunda-feira (1º) com a continuação do voto do ministro Antonio Dias Toffoli, interrompido pela metade nesta quinta-feira porque ele tinha que participar da sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ainda restam os votos dos ministros Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e do presidente Carlos Ayres Britto.
Confira placar parcial da primeira parte do Capítulo 6 – corrupção passiva, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro entre os partidos da base aliada do governo:
1) Núcleo PP
a) Pedro Corrêa
- corrupção passiva: 7 votos pela condenação
- lavagem de dinheiro: 6 votos a 1 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski)
- formação de quadrilha: 4 votos a 2 pela condenação (Divergência: Rosa Weber e Cármen Lúcia) – *O ministro Antonio Dias Toffoli ainda não se pronunciou sobre o assunto
b) Pedro Henry
- corrupção passiva: 5 votos a 2 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes)
- lavagem de dinheiro: 5 votos a 2 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes)
- formação de quadrilha: 3 votos a 3. *O ministro Antonio Dias Toffoli ainda não se pronunciou sobre o assunto
c) João Cláudio Genu
- corrupção passiva: 6 votos a 1 pela condenação (Divergência: Antonio Dias Toffoli)
- lavagem de dinheiro: 4 votos a 2 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski e Rosa Weber) – *O ministro Antonio Dias Toffoli ainda não se pronunciou sobre o assunto
- formação de quadrilha: 4 votos a 2 pela condenação (Divergência: Rosa Weber e Cármen Lúcia) – *O ministro Antonio Dias Toffoli ainda não se pronunciou sobre o assunto
d) Enivaldo Quadrado
- lavagem de dinheiro: 7 votos pela condenação
- formação de quadrilha: 4 votos a 2 pela condenação (Divergência: Rosa Weber e Cármen Lúcia) – *O ministro Antonio Dias Toffoli ainda não se pronunciou sobre o assunto
e) Breno Fischberg – *O ministro Antonio Dias Toffoli ainda não se pronunciou sobre o assunto
- lavagem de dinheiro: 4 votos a 2 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes).
- formação de quadrilha: 3 votos a 3
2) Núcleo PL (atual PR) - *O ministro Antonio Dias Toffoli ainda não se pronunciou sobre o assunto
a) Valdemar Costa Neto
- corrupção passiva: 6 votos pela condenação
- lavagem de dinheiro: 6 votos pela condenação
- formação de quadrilha: 4 votos a 2 pela condenação (Divergência: Rosa Weber e Cármen Lúcia)
b) Jacinto Lamas
- corrupção passiva: 6 votos pela condenação
- lavagem de dinheiro: 6 votos pela condenação
- formação de quadrilha: 4 votos a 2 pela condenação (Divergência: Rosa Weber e Cármen Lúcia)
c) Antônio Lamas
- lavagem de dinheiro: 6 votos pela absolvição
- formação de quadrilha: 6 votos pela absolvição
d) Bispo Rodrigues
- corrupção passiva: 6 votos pela condenação
- lavagem de dinheiro: 4 votos a 2 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski e Rosa Weber)
3) Núcleo PTB - *O ministro Antonio Dias Toffoli ainda não se pronunciou sobre o assunto
a) Roberto Jefferson
- corrupção passiva: 6 votos pela condenação
- lavagem de dinheiro: 5 votos a 1 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski)
b) Emerson Palmieri
- corrupção passiva: 5 votos a 1 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski)
- lavagem de dinheiro: 5 votos a 1 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski)
c) Romeu Queiroz
- corrupção passiva: 6 votos pela condenação
- lavagem de dinheiro: 5 votos a 1 pela condenação (Divergência: Ricardo Lewandowski)
4) Núcleo PMDB - *O ministro Antonio Dias Toffoli ainda não se pronunciou sobre o assunto
a) José Rodrigues Borba
- corrupção passiva: 6 votos pela condenação
- lavagem de dinheiro: 3 votos a 3
Agência Brasil

Sem probabilidade de chuva nesta sexta-feira no Acre

A sexta-feira será de sol intenso, com poucas nuvens, e extrema radiação ultravioleta em todo o estado do Acre. Não chove em nenhum município. Os ventos estarão soprando, ainda, da direção sudeste, mas com fraca intensidade. A umidade do ar estará baixa, principalmente, na parte da tarde, quando a mínima ficará entre 30 e 45%, sendo mais seco no leste e menos seco no oeste do estado.
A temperatura cai rapidamente durante a noite e o dia começa com mínima entre 14 e 16 graus, em Rio Branco, Brasiléia e municípios vizinhos. No Juruá, em Tarauacá, em Feijó e suas adjacências, a mínima ficará entre 17 e 19 graus. À tarde, devido à intensa radiação solar, a temperatura máxima atingirá valores entre 30 e 32 graus, na capital acreana, e entre 31 e 33 graus, nos municípios do Juruá.
O sol nasce, em Rio Branco, às 6h 16min, e se põe às 18h 26min. Em Cruzeiro do Sul, nasce às 6h 36min e se põe às 18h 45min.
*Com informações de Davi Friale

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Ato público do PT difama Bocalom e Tião Viana anuncia vitória no primeiro turno

A caminhada da Frente Popular do Acre em apoio à candidatura de Marcus Alexandre, no começo da noite desta quinta-feira, 27, da Praça da Revolução ao Calçadão do Mercado Velho, com a presença das principais lideranças petistas do Acre e do presidente nacional do partido, deputado estadual Rui Falcão (SP), não foi igual aqueles atos petistas que atraiam milhares de pessoas ao centro da cidade Mas também não chegou a ser pífia. Cerca de duas mil pessoas, a grande maioria cargos comissionados, compareceu ao maior ato político da campanha do candidato do PT à prefeitura de Rio Branco.
A toda-poderosa máquina petista comandada pelos irmãos Jorge e Sebastião Viana conseguiu arrancar dos gabinetes para as ruas, os deputados da base aliada e secretários de estado e do município.
Sebastião Viana deixou Marcus Alexandre tomar a frente da caminhada, que seguiu pela Getúlio Vargas até o Calçadão do Mercado Velho, local onde os petistas deram seu recado de cima de um pequeno palco.
Estrela da noite, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, acostumado a participar de atos com milhões de pessoas, exagerou ao dizer que “essa foi à maior caminhada que ele já participou”.
Rui Falcão ironizou o candidato do PSDB, Tião Bocalom, ao citar o projeto do candidato tucano de criar uma rede de distribuição de água mineral. “O candidato do PSDB faz de tudo para ganhar a eleição, fazendo até promessa de que vai colocar água mineral nas casas. Marcus Alexandre é o melhor para Rio Branco, porque tem o Tião (Sebastião) e a Dilma ao seu lado. Eu sei que vocês estão preparados para ganhar a eleição no primeiro, no segundo, no terceiro e no quarto turno se tivesse. Quero que vocês deem esse presente ao Lula, a Presidenta Dilma, elegendo o Marcus Alexandre, esse rapaz que é jovem na idade e jovem nas idéias”, disse Rui Falcão.
Jorge Viana também não poupou o candidato tucano. Entre as várias críticas disparadas contra o peessedebista, ele ironizou a carreata do candidato do PSDB, que acontece nesta sexta-feira, 27, com a presença do senador Álvaro Dias, que vem a Rio Branco apoiar a candidatura tucana.
Viana, que liderou campanhas milionárias com grandes carreatas em suas campanhas para governador, disse que “amanhã o bacana do Bocalom vai fazer a carreata como o senador Álvaro Dias, do Paraná. Vai sair no carro enquanto que gente tá aqui a pé no meio da rua pedindo votos para o Marcus Alexandre”.
Sebastião Viana não quis criticar ninguém. Pediu votos para Marcus Alexandre e disse acreditar na vitória do petista no primeiro turno.
Já Marcus Alexandre também ironizou Bocalom. “Cheguei numa comunidade rural e soube que Bocalom prometeu médicos para toda zona rural. Ele promete água mineral, cinco mil lotes… Esse candidato só pode é estar de brincadeira. Em cada canto que a gente anda a gente vê que eles tentam plantar mentiras. Estamos fazendo uma campanha pé no chão, não fizemos e não vamos fazer carreata nenhuma. Vou fazer campanha com o pé no chão e no máximo de bicicleta”, ironizou o petista.

Luciano Tavares

Associação dos Militares afirma que policiais estão com a cabeça a prêmio no Segundo Distrito

O atentado ao sargento Everaldo Santos de Aguiar, no bairro Belo Jardim, na noite da última segunda-feira, 27, pode ser o início de um grande conflito entre policiais militares e traficantes que agem no Segundo Distrito da capital do Acre. De acordo com a Associação dos Militares (AME/AC), pelo menos cinco policiais que trabalham na localidade estão com a cabeça a prêmio, cada um no valor de 30 mil reais.
A denúncia partiu de policiais do 2º Batalhão da Policia Militar no final da tarde de hoje, 27, informando os nomes dos PM’s ameaçados de morte.
- Ainda ontem, um sargento conseguiu sair ileso de uma emboscada. Cerca de cinco bandidos armados invadiram o quintal do PM e só não conseguiram executá-lo porque o policial fugiu, declarou o tesoureiro da AME, sargento Joelson Dias.
AME enviou um documento ao Comando Geral da PM informando oficialmente o fato e solicitando atenção e medidas cabíveis a fim de preservar a vida dos militares.
- Solicitamos a Vossa Excelência adoção de medidas protetivas em favor dos policiais militares acima mencionados. Tal adoção é de extrema relevância para gerar sensação de segurança àqueles que são imbuídos de manter a Ordem e a Segurança Pública de nosso Estado, e em especial, no momento, na cidade Rio Branco Acre, traz um trecho do ofício 76, protocolado no Quartel do Comando Geral.
A preocupação dos militares é que esses conflitos se intensifiquem e que mais policiais tornem-se vítimas de bandidos e traficantes que agem em Rio Branco.
- Estamos atentos sobre os acontecimentos a fim de cobrar a adoção de algumas medidas políticas e administrativas que venham a amparar os militares, prometeu o presidente da AME, Isaque Félix Ximenes.
O deputado Major Rocha lamentou o fato e afirma que isso pode iniciar um processo de insegurança na tropa.
- Os policiais trabalham com um alto grau de estresse. Prendem e, pelas brechas da lei, os advogados soltam. A sociedade já está começando a entender que os policiais militares são pessoas comuns como qualquer outra e que agora estão sofrendo por defender a sociedade de bandidos e traficantes que estão se vingando. Isso poderá levar a um alto grau de insegurança e acirrar ainda mais o conflito entre policiais e bandidos, declarou Rocha.
O parlamentar pretende levar esse caso para a tribuna da Assembleia Legislativa na próxima semana.
Sobre uma possível simulação por parte de militares anunciada pelo Movimento dos Direitos Humanos do Acre, a associação lamenta e polemiza a questão.
- Alguém já viu membros dos Direitos Humanos defenderem Policiais Militares? O senhor Jucivan Santos, coordenador do movimento, visitou o sargento Everaldo, que sofreu atentado e levou seis tiros e se encontra no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco? O movimento dos Direitos Humanos visitou ou se preocupou com os familiares do soldado Suelmo, assassinado em sua própria casa em 2009? Ou ainda se preocupou e visitou familiares do soldado Jucivan Teles, brutalmente assinado no bairro Recanto dos Buritis? A resposta é não. Militar nenhum espera algo desses movimentos, declarou o tesoureiro da AME.

Grupo da Melhor Idade se reúne em confraternização com gestores da prefeitura

Um animado grupo da Melhor Idade, ligado ao Centro Cultural Lydia Hammes, aproveitou a tarde da quarta-feira, 26, para se reunir em confraternização junto aos gestores da prefeitura. O encontro, que aconteceu na sede da Regional VI, no bairro do Aeroporto Velho, teve início às 16h e contou com as presenças de Osvaldo Leal, Secretário Municipal de Saúde, Eurilinda Figueiredo, Presidente da Fundação de Cultura Garibaldi Brasil, além de familiares dos idosos.
O Grupo de Capoeira Recreativa para Melhor Idade, coordenado pelo mestre Moreno, abriu programação apresentando o resultado de um trabalho que vem sendo desenvolvido desde 2004 pela FGB no Centro Cultural Lydia Hammes.
Os alunos, homens e mulheres, a maioria com mais de 60 anos, expressavam alegria e tranquilidade ao executar com presteza alguns golpes dessa luta-arte que pelo visto não é uma prática voltada especificamente aos jovens, mas a todos aqueles que estão abertos a novos desafios.
Para iniciar as falas Socorro Paiva, Coordenadora do Grupo da Terceira Idade, declarou seu carinho pela equipe, além de agradecer a prefeitura, em especial ao prefeito Raimundo Angelim, a FGB e ao Centro Lydia Hammes pelo trabalho desenvolvido.
“Eu estou muito feliz com o espaço que a prefeitura nos cede. É muito importante estar à frente de um grupo como este e ver os idosos felizes. Também sou idosa e sei que quando a gente tem lazer a gente não reclama de nada” disse Dona Socorro emocionada. E sorriu ao complementar “Só começamos a reclamar quando o lazer acaba”.
Representando a prefeitura, Osvaldo Leal, enfatizou algumas ações voltadas à saúde e ao bem-estar dos idosos realizadas por Angelim. “São mais de 31 grupos de idosos inscritos nos programas de saúde e todos recebem, além acompanhamento médico, auxílio de assistência social e acesso aos espaços de lazer” informa.
As aposentadas, Maria da Silva, Maria Cunha e Maria Pinto são colegas do grupo que se conheceram há cerca de três anos. Felizes elas comemoram o fato de estarem vivas e ativas. “Foi a melhor coisa que me aconteceu” diz Dona Maria Cunha ao relembrar as dores que sentia antes fazer ginástica.
Dona Maria Pinto por sua vez disse que o acompanhamento médico a deixa mais tranqüila e confiante em fazer os exercícios. “Acho muito bom a gente poder medir a pressão, conversar com os médicos” completou. Já Dona Maria Silva, além vistoria médica e ginástica também aprecia mexer o corpo ao lado de um bom parceiro. “Eu gosto mesmo é de dançar acompanhada, ouvindo um forrozinho” disse sorridente.
Ao fim da confraternização, ao ouvir o som do Grupo Recordar é Viver, as três se encaminharam depressa para o salão de dança, improvisado no auditório da sede da Regional VI, e dançando animadamente encerraram mais um encontro da Melhor Idade.
Por Cristiane Albuquerque, da Assessoria FGB

Bocalom visita Bairro Belo Jardim e se depara com abandono do poder público

O candidato da coligação Produzir para Empregar Tião Bocalom, visitou o Bairro Belo Jardim II, na manhã nesta quinta-feira, (27).
Na travessa 13 de Maio Bocalom conheceu a triste história do pequeno Samuel Gomes, (4) anos de idade. Samuel sofre de deficiência múltipla, segundo sua mãe a desempregada Emiliane Gomes a mais de 3 meses ela e seu filho não recebem nem um tipo de ajuda do governo.
As dificuldades de Samuel e de sua mãe não se limitam aos problemas financeiros, ate a rua a onde o pequeno Samuel mora não dar a menor condição de que ele saia de sua casa a rua onde ele reside não tem nem um tipo de infra-estrutura.
Continuando sua caminhada pelo bairro o candidato viu a realidade do abandono, ao caminhar por ruas inacabadas e esgotos a céu abertos. Condenou o descaso da administração municipal e promete infraestrutura nos bairros mais afastados da cidade.
Bocalom também sentiu a ausência de praças esportivas e áreas de lazer na comunidade e promete que “em nossa gestão iremos fazer uma política de valorização da juventude, construindo novas áreas de lazer e de esporte, incentivando a geração de emprego”.

Alessandro Silva