segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Caminhada nas Placas realça sucesso da campanha de Marcus Alexandre

 
Placas-16A caminhada do 13 no bairro das Placas realçou, com riqueza de detalhes, o momento da campanha de Marcus Alexandre neste segundo turno. Primeiro, à medida em que a multidão de militantes subia e descia as ladeiras das ruas mais pessoas se juntavam à militância, ajudando a pedir votos nas casas por onde passavam. A passeata é facilmente reconhecida como ‘campanha pé no chão’, que não mede esforço para levar a mensagem de desenvolvimento e inclusão social com Marcus Alexandre prefeito de Rio Branco.
Segundo, a situação atual do bairro das Placas é emblemática, uma vez palco de um projeto amplo e promotor da inclusão social e da melhoria da qualidade de vida da população financiado pela 2ª fase do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC 2, e tocado por Raimundo Angelim, o prefeito melhor avaliado entre os 26 gestores das capitais, segundo pesquisa Ibope\RedeTV.  Até o final deste ano a gestão da Frente Popular, que apóia Marcus Alexandre, terá realizado 5,4 quilômetros de pavimentação, 36.690,69 metros quadrados de terraplanagem, 15.000 m2 de calçadas, 2,7 mil metros de drenagem pluvial urbana; rede de água; esgotamento sanitário, sinalização viária, atividades sociais com grupos de convivência, recreação, reuniões comunitária e palestras sobre variados temas a diversos segmentos sociais das Placas.
Todo o projeto do PAC 2 conta com os escritórios técnicos para sua coordenação. A Prefeitura mantém escritórios técnicos nos bairros onde há obras do PAC 2.  Essas unidades agregam todo o esforço da Prefeitura de Rio Branco para prestar apoio aos engenheiros, trabalhadores e moradores em geral durante a realização das obras. Assim, toda a estrutura da municipalidade está envolvida no projeto através do Mutirão Social, que visa reduzir os impactos decorrentes da grande presença de máquinas e trabalhadores na comunidade.  Com atividades como educação ambiental e sanitária; ações sócio-educativas, lúdicas, debates e discussões sobre temas de interesse da juventude; assuntos de gênero, raça e etnia, além de trabalhos específicos para diminuir os casos de violência contra a mulher e os casos de gravidez na adolescência, saúde da Mulher, prevenção às DST’s/AIDS; ações para geração de trabalho e renda com vista ao associativismo e ao cooperativismo, aproveitando as potencialidades de cada comunidade; valorização do patrimônio comunitário, resgate histórico da comunidade e o desenvolvimento de ações integrativas de lazer e recreação.
O bairro das Placas é abrigo de gente simples e trabalhadora, moradores antigos como dona Maria Gomes da Silva, de 104 anos, mas de uma lucidez que impressiona seus interlocutores. Marcus Alexandre e Angelim, que caminhou com o candidato, pararam para conhecer melhor dona Maria Gomes, uma amazonense que nasceu na Praia dos Paus, no rio Purus, região de Boca do Acre.
Incansável e alegre, a militância deixou a mensagem de otimismo, paz e esperança, o que foi reconhecido pelo candidato. “Estamos aqui para agradecer a expressiva votação no primeiro turno e para reafirmar a conclusão e ampliação do trabalho de infraestrutura nas Placas”, resumiu Marcus Alexandre.

Da assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário