segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Estudante cruzeirense que morreu na Bolívia se formaria em 2013

A estudante de medicina Itála Matos, de 24 anos em Cochambamba, na Bolívia, iria concluir o curso no próximo ano. Segundo informaram alguns acadêmicos brasileiros, a estudante morreu em decorrência de uma úlcera. O corpo dela foi encontrado por um amigo, também estudante, por das 20 horas de ontem, no apartamento onde ela morava.
itala_b
A mãe da estudante, Solange Matos, que é professora, disse esta manha em Cruzeiro do Sul, que irá para Epitaciolândia, na fronteira do Brasil com a Bolívia para aguardar o traslado do corpo da filha.
Itála Matos era aluna da UPAL, Universidad Privada Aberta Latino Americana. De acordo com informações da família, o corpo da estudante permanece no necrotério de uma funerária de Cochabamba.
Os alunos brasileiros que residem na boliviana, usaram o facebook para criticar o brasileiro pela falta de apoio e assistência á família e pelo valor absurdo cobrado pelos bolivianos para liberar o corpo.

AltoAcre

Nenhum comentário:

Postar um comentário