sábado, 24 de novembro de 2012

Cruzeiro do Sul ganhará fábrica para produzir biscoitos de goma

Um dos produtos mais tradicionais de cruzeiro do sul está prestes a receber reforço em seu processo de produção. O famoso biscoito de goma, extraído da mandioca, bastante apreciado por consumidores locais e principalmente por turistas, é um dos produtos do Juruá que faz parte da história cultural da região.
Quem vai ao mercado da cidade, logo percebe que no famoso “kit cruzeirense”, além do feijão e a exclusiva farinha de Cruzeiro do Sul, não pode faltar o biscoito mais famoso do lugar, incrementados com sabores natural de frutas como o maracujá, cupuaçu e até de chocolate.
Em recente visita ao Juruá, o governador Tião Viana foi procurado por um grupo de trinta mulheres, conhecidas como biscoiteras, que tiveram a iniciativa de criar uma associação e procurar ajuda governamental.
A missão foi dada ao secretário de Indústria e Comércio, Edvaldo Magalhães, que por sua vez, resolveu logo botar a mão na massa, ou melhor, na goma, e esteve reunido com as biscoiteiras na comunidade Assis Brasil, nesta quinta feira, 23, já levando boas noticias. O que é hoje apenas uma fonte de renda complementar está às vésperas de se transformar em indústria, gerando renda e garantia de um negócio promissor.
Na varanda da casa de dona Marliz Maciel, Edvaldo Magalhães anunciou para as mulheres da associação das biscoiteiras, aquisição de uma área de terra de quase quatro mil metros quadrados, para a construção da Fábrica de Biscoito, já com recursos garantidos pelo governador Tião Viana.
“Esta fábrica será construída para atender todo e qualquer padrão de qualidade, inclusive com embalagens padronizadas e códigos de barras. Também teremos todo cuidado para que a tecnologia investida aqui, não interfira no sabor artesanal do nosso produto”, comentou Magalhães.
Contentes e entusiasmadas, o grupo de mulheres garantiram todo o empenho para o sucesso do negócio. Hoje elas produzem juntas cerca de 1800 kg de biscoito de goma por mês, com a fábrica em funcionamento a expectativa e de que em breve a produção possa duplicar. Ao final da reunião já ficou pactuado que em 30 dias será apresentado o projeto de construção da fábrica de biscoitos.
Assessoria Sedens

Nenhum comentário:

Postar um comentário