quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

MP divulga resultado de pesquisa com perfil de mulheres presas em Rio Branco

presas
Foram entrevistadas 125 mulheres de um total de 183, com idade entre 18 e 30 anos (Foto: noticiei.com)
O Ministério Público do Estado do Acre (MP/AC) lança, no próximo dia 5, o Programa de Ressocialização de Mulheres em Regime Prisional, em alusão ao dia internacional da mulher. No estado, o projeto, que terá a duração de 12 meses, será executado pelo Ministério Público e coordenado pela promotora de Justiça Criminal Laura Miranda Braz. Na tarde desta quinta-feira, 28, a promotora se reuniu, na sede do MP, com representantes das instituições parceiras para divulgar os resultados do Estudo sobre o perfil vocacional das mulheres em regime prisional na unidade Francisco D’Oliveira Conde, em Rio Branco.


A pesquisa vai permitir a elaboração e execução de um programa de qualificação profissional para intervir de forma direta no processo de ressocialização dessas mulheres. O estudo conta com relatórios combinados de informações que revelam não somente o enquadramento penal e o cumprimento da pena, mas também aspectos relacionados ao ambiente de convivência e reprodução social, aspectos culturais, condições do ambiente prisional e perspectivas futuras.

Dessa forma, o MP pretende identificar o perfil socioeconômico das mulheres, caracterizar o histórico de criminalidade e ambiente de violência; apurar o histórico da formação e atuação profissional das mulheres público-alvo da pesquisa; identificar atitudes e comportamentos relacionados à aptidão profissional; levantar o perfil vocacional; caracterizar o mercado de trabalho da cidade de Rio Branco e as demandas por mão de obra; levantar o potencial coletivo de empregabilidade do segmento; identificar cursos de qualificação por área de trabalho e conteúdo específico para cada curso.

A pesquisa

Foram entrevistadas 125 mulheres de um total de 183, com idade entre 18 e 30 anos. Mais da metade (55,20%) não concluíram o ensino fundamental. Sob o aspecto religioso, 49,60% delas se denominam evangélicas e 32% católicas. Quanto à orientação sexual, a maioria se apresenta como heterossexual (80%).

Do total, 84,8% delas são nascidas no Acre, em maior parcela (53,77%) são naturais da cidade de Rio Branco.

Civilmente, 52,80% delas se apresentaram como solteiras. 84% têm filhos [somente 20 mulheres declararam não possuir filhos], o que indica que 80% delas são mães solteiras.

54,4% já sofreram algum tipo de violência, sendo que 42,40% já sofreram violência doméstica. Na maioria expressiva dos casos (77,36%), a violência foi praticada pelo marido/companheiro.

Em 20% dos casos os delitos cometidos pelas mulheres iniciaram quando ainda eram menores, correspondendo 28% a roubos, 24% a furtos, 12% a homicídios, 12% a tentativas de homicídio e 16% a tráfico de drogas ou envolvimento.

No que tange à situação penal atual, somente 18,40% das mulheres entrevistadas estão em regime provisório. As demais, 81,60%, já estão sentenciadas. 40% das entrevistadas são reincidentes, tendo cometido delitos anteriores. Em média, as entrevistadas já estiveram presas 2,73 vezes. Além disso, 32% delas já foram condenadas em outros processos.

Atualmente, 20,8% das presas recebem algum tipo de benefício social, especialmente bolsa família, em 73,08% dos casos.

Na pesquisa consta que 56% das mulheres já realizaram algum curso profissionalizante. Os cursos de informática, secretariado, embelezamento (cabeleireira, manicure, maquiagem e depilação), práticas culinárias (doceira, salgadeira, saladeira, etc.), serviços de saúde e trabalhos manuais, especialmente corte, costura e artesanato estão entre os mais executados.

Quando questionadas sobre a área com que mais se identificam, 32% das presas citaram o setor do comércio e a atividade de vendas, 15,20% optaram por trabalhos manuais e 13,6% por atividades relacionadas ao embelezamento. A maioria das entrevistadas não participa de nenhuma atividade artística e/ou cultural.

O lançamento do programa de ressocialização

No próximo dia 5, às 9h da manhã, no auditório do MP/AC, acontece o lançamento do Programa de Ressocialização de Mulheres em Regime Prisional. Na ocasião, haverá a apresentação do resultado da pesquisa sobre o perfil da mulher presa em Rio Branco e a assinatura do acordo de Cooperação Técnica entre Ministério Público e Governo do Estado do Acre, por meio das Secretarias de Estado SEPN, SEJUDH, IAPEN e SEP Mulher. A intenção é executar um programa de qualificação para o trabalho de ressocialização realizado na penitenciária.

O projeto de ressocialização é uma parceria entre o Ministério Público do Estado do Acre (MP/AC) e a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, que resultou no convênio nº 052/2011, no valor de R$ 419.433,00. O referido valor será investido na aquisição de materiais, material educativo, realização de pesquisa sobre o perfil vocacional e realização de um programa de qualificação profissional para as mulheres em regime prisional.

No estado, a execução do programa se dará por meio de uma atuação articulada do MP com a Secretaria de Políticas para as Mulheres, Coordenadoria da Mulher da Prefeitura de Rio Branco, Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Iapen e Secretaria de Estado de Pequenos Negócios.
 
Assessoria MPE

Mano Rufino quer UFAC permanente em Sena Madureira

ufac senamadureira 01
Mano Rufino conversou com Jorge Viana, Aníbal e Binho sobre o assunto (Foto: Divulgação)
O vice-presidente do Senado, Jorge Viana, o senador Aníbal Diniz, o secretário nacional do Ministério da Educação, Binho Marques, e o prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino, estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira, 28, para tratar da implantação de um núcleo permanente da Universidade Federal do Acre (UFAC) no município. A ideia é garantir a oferta de curso superior de forma continuada para que os jovens do ensino médio possam manter seus estudos sem precisar ir para a capital, Rio Branco.


No governo de Jorge Viana foram oferecidos cursos da UFAC nas 22 cidades acreanas, graças a convênios de parcerias entre as duas instituições. O objetivo era garantir a formação superior dos professores da rede pública de ensino. Mas, depois de concluída essa etapa de formação, alguns dos cursos acabaram suspensos. Agora, a prefeitura de Sena, o governo do Estado, parte da bancada acreana e a reitoria da universidade se unem para reivindicar a retomada da oferta de cursos superiores, mas de maneira ininterrupta.

A partir de março serão oferecidos quatro cursos de ensino superior no município de Sena Madureira. Um deles está sendo criado em parceria com o governo Tião Viana. A luta agora é para que os cursos sejam implantados de forma definitiva. “Esse é um compromisso que nós assumimos junto com a população de Sena e estamos trabalhando para isso”, declarou o senador Jorge Viana.

O prefeito Mano Rufino também recebeu apoio do deputado federal Henrique Afonso (PV-AC). Ele já esteve em reuniões com o reitor da UFAC, Minoru Kimpara, e com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. “Sabemos que não é uma luta fácil”, comentou. “Estou muito feliz pelo apoio recebido para realizar esse sonho que é de toda nossa comunidade”.

Secretário de Articulação com Sistemas de Ensino do Ministério da Educação, o ex-governador do Acre Binho Marques afirmou que a reivindicação é justa. Ele anunciou que também está empenhado nessa luta. “Esse trabalho de expansão dos cursos superiores no Brasil foi muito importante no governo Lula, não só pela expansão física, mas também pela ampliação da oferta e acesso”, destacou Binho. “A presidenta Dilma está dando continuidade a este trabalho. Não podemos falar de um país justo sem assegurar uma educação de qualidade a todos, incluindo a oferta de cursos superiores”.

O senador Anibal Diniz também reiterou seu apoio ao projeto. “Nós vamos promover todos os esforços no sentido de garantir que a educação superior em Sena não seja apenas uma iniciativa esporádica, mas uma ação permanente para que os jovens tenham garantido essa oferta de cursos de formação universitária”, disse.(Assessoria Senador Jorge Viana)
 
 

Definidos os critérios para escolha dos Ramais do Povo

Tatiana Campos, da Agência de Notícias do Acre
Os critérios que vão definir a escolha das regiões contempladas pelo programa Ramais do Povo, que será lançado pelo governador Tião Viana em breve, foram definidos nesta quarta-feira, 27. Serão beneficiados 3,3 mil quilômetros na primeira etapa.
Também foi definido o modelo de trabalho adotado pelo programa, que será o tripé bueiro, ponte e melhorias – entenda-se saídas de água, piçarramento.
O diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), Ocírodo Oliveira, explica que o programa Ramais do Povo é uma inovação no sentido de centralizar a atenção nos ramais produtivos, com maior número de moradores e que abrigam escolas e postos de saúde.
O programa será executado em todos os municípios. Os projetos de topografia estão em fase de conclusão e em seguida será aberto processo licitatório. Na primeira etapa serão beneficiados 3,3 mil quilômetros de ramais, e 1,7 mil quilômetros ficarão para a segunda fase.
Segundo o presidente do Deracre, nos critérios de escolha, além de verificar se há alta densidade demográfica, produção agrícola, se há postos de saúde e escolas, também será levada em conta a indicação dos movimentos sociais ao longo dos últimos 12 anos.
“Ano após ano, os movimentos sociais, seja da educação, saúde ou produção, são ouvidos para apontar quais as prioridades para melhoramento, que ramais devem ser contemplados. E essas sucessivas indicações terão bastante peso na hora da escolha, pois indicam que há realmente necessidade de melhoria e que beneficia um número maior de pessoas”, disse Ocírodo.
O governador Tião Viana definiu detalhes do programa Ramais do Povo (Foto: Sérgio Vale/Secom)
Governador Tião Viana definiu detalhes do programa Ramais do Povo (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Prefeitura entrega ônibus moderno para a APAE

Pref entrega onibus na APAE  Foto Marcos Vicentti  11
Veículo foi comprado através de emenda parlamentar (Foto: Divulgação)
O prefeito Marcus Alexandre participou nesta quinta-feira, 28, da entrega de um micro-ônibus modelo Volare, de 27 lugares e adaptado para o transporte de pessoa com deficiência destinado à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Rio Branco. O veículo foi comprado através de emenda parlamentar proposta junto ao Orçamento Geral da União pelo deputado Flaviano Melo. Parte dos recursos (R$170 mil) foram liberados pelo Programa Calha Norte do Ministério da Defesa com contrapartida (R$62 mil) da Prefeitura de Rio Branco através da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (SEMCAS). O ato foi realizado na sede da associação com a presença de secretários municipais, representantes do Governo do Estado, o deputado Flaviano Melo; o presidente em exercício da APAE, Lázaro Barbosa, vereadores como o Líder do Prefeito na Câmara, Gabriel Forneck; Marcelo Macedo, Eliane Sinhasique, Roselane, Graça da Baixada e Fernando Morais, além de estudantes da unidade, professores, pais de alunos e ativi
stas dos direitos humanos. A Furiosa, a banda musical da Polícia Militar, animou o evento.


A APAE de Rio Branco foi fundada em 31 de julho de 1980, atendendo inicialmente seis alunos encaminhados pelo Centro de Ensino Especial Dom Bosco. O início dos atendimentos foi feito em uma casa de madeira cedida por um dos fundadores. Ali, a APAE funcionou até o ano de 1991, quando se mudou para a sede própria, na época inacabada, no Conjunto Esperança. Ao longo destes anos enfrentou muitas dificuldades, mas também logrou muitas vitórias. Hoje funciona em sede própria com 1.500 metros quadrados de área construída, em uma área total de 8.000 m² atendendo cerca de 250 alunos.

Marcus Alexandre agradeceu o esforço do deputado Flaviano Melo e se comprometeu em seguir trabalhando para melhorar as condições de atendimento na APAE, inclusive com a construção de uma quadra esportiva, reivindicação dos alunos. A APAE conta atualmente com laboratório de informática, serviço de fonoaudióloga, assistente social, psicóloga, oficina de artesanato e equitação, este realizado através de convênio com o Rancho Porta do Céu.

O presidente em exercício da associação disse que a chegada do ônibus tornou esse dia “muito mais especial” e o ex-presidente, Wellington Melo, se emocionou ao fazer um breve resgate da história da APAE. Melo citou o trabalho dos apoiadores, do ex-prefeito Raimundo Angelim e da ex-titular da SEMCAS, Estefânia Pontes, e vários outros que colaboraram pelo desenvolvimento da unidade. O aluno Rogério Santos falou em nome da comunidade e reiterou a necessidade de uma quadra esportiva. A vereadora Eliane Sinhasique, de seu lado, também se comprometeu em realizar esforços para a concretização de mais esse sonho.

Ao reconhecer o apoio de Flaviano Melo, o prefeito Marcus Alexandre citou também o trabalho de seu antecessor, Angelim, e das pessoas que atuam para melhorar Rio Branco. “É assim que construímos uma cidade feliz”, disse o prefeito que esteve pela primeira vez na APAE há dez anos na condição de engenheiro da Secretaria de Estado do Planejamento. “Vejam como Deus é bom: volto agora à APAE como prefeito para dar minha parcela de colaboração”. Ao final, as autoridades presentes, a secretária titular da SEMCA, Dôra Araújo, e os dirigentes da escola assinaram o termo de cessão e uso do micro-ônibus.
 
Assessoria PMRB

Idoso é atropelado na Estrada da Sobral

DSC 0030Um idoso foi atropelado na manhã desta quinta-feira, 28, ao tentar a travessar a Estrada da Sobral, nas proximidades do Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac). Jesus Ferreira da Silva, 69, estava em frente de casa, porém do outro lado da rua e, ao atravessar, foi atingido por uma moto modelo CD300 pilotada por Lucenildo Braga de Lima, 38.


O motociclista disse não ter visto o idoso a tempo para frear o veículo. Jesus foi socorrido pela uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) com fraturas expostas. O motociclista também foi levado ao pronto-socorro.

Clériston Amorim

Emenda de Flaviano garante entrega de ônibus á APAE

“Vejo na entrega deste ônibus a realização de um antigo sonho; sonho que há muito tempo a gente tentava realizar. Transporta alunos e professores de maneira digna e com qualidade agora é uma realidade aqui na APAE graças ao esforço do deputado federal Flaviano Melo a quem quero agradecer pelo apoio que sempre nos deu”. Foi com esse discurso que o vice presidente da APAE, Lázaro Barbosa reconheceu o trabalho de Flaviano Melo que desde 2008 destina emendas parlamentares para a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais.
Apae
Na manhã desta quinta feira (28), acompanhado pela vereadora Eliane Sinhasique, Flaviano Melo participou a convite da prefeitura da capital, da solenidade de entrega de um ônibus comprada por meio de uma emenda do parlamentar, no valor de R$ 170 mil reais. O veículo custou no total R$ 232 mil, com o restante do valor sendo de contra partida do executivo municipal.
Flaviano e Eliane Sinhasique foram recebidos com festa pela direção e pelos duzentos e cinquenta alunos que hoje são atendidos pela entidade. O prefeito Marcus Alexandre (PT), em seu discurso, elogiou o trabalho da maior liderança da oposição no Acre e disse que durante seu mandato, espera firmar outras parcerias com o gabinete do deputado que resultem na melhoria da qualidade de vida da população de Rio Branco.
“Quero reconhecer aqui o apoio do deputado Flaviano Melo. Muito obrigado. E quero dizer que é assim mesmo que se constrói uma cidade melhor”, disse Marcus Alexandre.
Flaviano Melo agradeceu as palavras do prefeito e anunciou a destinação de outra emenda parlamentar no valor de R$ 100 mil reais para a construção dos ambulatórios para atendimento dos alunos. Sensibilizado com o pedido de um aluno que cobrou a construção de uma quadra de esporte na entidade, Melo se comprometeu em alocar recursos para a construção do espaço e ao lado da vereadora Eliane Sinhasique, assumiu publicamente o compromisso de canalizar a verba que vai garantir a realização de mais um sonho da APAE.
“Eu tenho uma relação histórica com a APAE. Desde 2008 destino emendas para essa instituição. Ano que vem, vou destinar outra emenda para a construção dos ambulatórios para fortalecer ainda mais esse trabalho. E quero dizer aqui para o aluno que cobrou a quadra, que assumo aqui, eu e a vereadora Eliane Sinhasique, o compromisso de trabalhar para garantir a construção dessa tão sonhada quadra”, disse Flaviano.

Hospital das Clínicas realiza transplante de rins, fígado e córnea de um único doador

Quando alguém se dispõe a oferecer seus próprios órgãos, ou quando parentes autorizam a retirada de órgãos para transplante, a motivação é uma só a solidariedade e o interesse de salvar vidas. Foi o que fez a família do jovem Luan Nogueira Braña, de 21 anos, que em vida relatou aos parentes e amigos seu desejo em ser um doador.
A captação ocorreu no dia 21 deste mês – os dois rins foram levados para o Estado do Ceará, o fígado para São Paulo e as córneas para o Distrito Federal, onde vão passar por uma avaliação e em seguida retornam ao Acre para serem implantadas em um paciente de Rio Branco que se encontra na fila de espera.
“Luan era um rapaz que adorava viver, tinha muitos sonhos e planos, mas por uma cruel fatalidade do destino ele teve sua vida interrompida. Ao trocar uma lâmpada ele recebeu uma descarga elétrica e não resistiu”, relata a irmã do jovem, Mirella Braña. Ela diz ainda que quando seu irmão morreu a equipe da Central de Transplante do Hospital das Clínicas (HC) procurou a família e informou que os órgãos de Luan estavam aptos para doação. “Quando fomos comunicados [da morte], não aceitamos, mas em uma conversa familiar autorizamos a doação de órgãos, pois ele em vida já havia mencionado o desejo de ajudar outras pessoas”, esclarece.
Regiane Ferrari, coordenadora da Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos (Foto: Marcelo Torres/Sesacre)
<<< Regiane Ferrari, coordenadora da Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos (Foto: Marcelo Torres/Sesacre)
“Esse é um trabalho extremamente delicado, porque a família está passando por um momento difícil e temos que comunicar-lhes que o seu ente querido é um possível doador, e precisamos da autorização da família para tentar salvar outras vidas”, explica a coordenadora da Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos, Regiane Ferrari.
Conheça um pouco da Central de Transplantes do Acre
O Hospital das Clínicas e a Central de Transplantes iniciaram suas atividades em março de 2006, em princípio como programa. Pouco tempo depois, tornou-se a Central Estadual de Transplantes, que tem como função a implementação e coordenação do processo de transplantes de órgãos e tecidos no Estado que envolve desde a captação de órgãos e tecidos e a seleção de receptores até o transplante propriamente dito. O transplante obedece aos critérios da lista única estadual. Funciona 24 horas por dia, em regime de plantão e sobreaviso, e tem uma equipe formada por médicos das áreas de nefrologia, urologia, cirurgia e clínica-geral, além de enfermeiros e pessoas que atuam na área administrativa.
A equipe da Central de Transplante trabalha de forma educativa junto à população, com a realização de palestras em escolas, secretarias e locais com grande fluxo de pessoas, explicando a importância da doação de órgãos que pode salvar vidas e renovar esperanças.
Durante esses sete anos foram realizados 46 transplantes de rins e 82 de córneas destinados a pacientes do Acre. Para outros Estados foram enviados seis rins, quatro fígados e seis córneas.
Quais os tipos de doadores?
Doador vivo: qualquer pessoa saudável que concorde com a doação, exceto quando prejudique a própria saúde. O doador vivo pode doar um dos rins, parte do fígado, parte da medula óssea e parte do pulmão. Pela lei, parentes de até quarto grau e cônjuges podem ser doadores. Pessoas sem parentesco só com autorização judicial.
Doador falecido: são pacientes com morte encefálica, geralmente vítimas de dano cerebral irreversível, como traumatismo craniano ou derrame cerebral (AVC).
Como ter a certeza do diagnóstico de morte encefálica?
O diagnóstico de morte encefálica é regulamentado pelo Conselho Federal de Medicina. Dois médicos diferentes examinam o paciente, sempre com a comprovação de um exame complementar, que é interpretado por um terceiro médico, para que não exista dúvida quanto ao diagnóstico.

Acusado de abuso sexual contra adolescente é preso no Manoel Julião

pedofilo 28
Prisão em flagrante foi efetuada no apartamento do acusado, por policiais militares (Foto: Clériston Amorim)
Um homem de 42 anos, identificado como Franckmar Almeida de Souza, foi preso na tarde desta quarta-feira, 27, acusado de abusar sexualmente uma adolescente de 13 anos de idade. A prisão em flagrante aconteceu no apartamento de Franckmar Almeida, no Conjunto Manoel Julião, em Rio Branco, e foi efetuada por policiais militares do 4º Batalhão, que foram acionados por familiares da vítima quando passavam pelo local.


Segundo informações de familiares da vítima, Frackmar seria fiel da Igreja Renovada na Capital. Ele estaria em Rio Branco há pelo menos cinco anos, vindo de Manaus, onde atuava na Igreja Filadélfia Renovada.

Segundo o delegado plantonista Reginaldo Barreiro, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, para onde o acusado foi levado após o flagrante, foi um irmão da vítima que percebeu algo de estranho acontecendo quando transitava nas proximidades do apartamento do acusado "Ele viu a bicicleta do seu irmão parada na frente do apartamento e ligou para o Franckmar, que disse estar trabalhando. No entanto, percebeu que o homem estava com a voz ofegante e resolveu chamar sua irmã para bater na porta. Bateram e quando o acusado abriu a porta estava fechando a bermuda. Eles perceberam que o garoto correu e se escondeu, também ainda vestindo o short", explicou.

Ao avistarem a cena, os irmãos da vítima resolveram acionar a Polícia Militar, que, por coincidência estava passando naquele instante pela área. "Os policiais efetuaram o flagrante e ainda apreenderam alguns materiais pornográficos como filmes no apartamento", revelou Barreiro.

Segundo o delegado, a vítima teria confessado em depoimento que conhecia o acusado de contatos dentro da igreja. O jovem, de acordo com Barreiro, admitiu que chegou a receber dinheiro em troca de favores sexuais. O delegado disse ainda que o acusado seria líder de célula da igreja que frequenta, mas estava afastado das funções justamente por praticar condutas semelhantes a que o levaram para a cadeia nesta quarta-feira, 27.

"O garoto admitiu que recebeu dinheiro em alguns momentos, sim. Valores que variaram entre R$ 10 e até R$ 100. Não temos registro de passagem do acusado pela polícia, mas temos informações que o mesmo estaria afastado da função de líder de célula da igreja por causadesse tipo de conduta", comentou Reginaldo Barreiro.

Em declaração à imprensa, Franckmar Almeida disse atuar no setor da construção civil e negou que tenha praticado os atos pelos quais foi acusado e preso.

"Não fiz nada com ele. Estou muito tranquilo. Eu Estava indo para o meu trabalho quando fui abordado pelo irmão da vítima. Ele não falou nada, nem sabia porque eu estava sendo preso. Conheço a criança há muito tempo, da rua mesmo, perto de casa", defende-se.

Almeida negou que fosse pastor de alguma congregação religiosa, mas confirmou que frenquenta a Igreja Renovada em Rio Branco. "Não sou pastor, mas frequento a igreja sim. Fui pastor há muito tempo, na realidade, missionário em Manaus, mas hoje não mais", declara.

Franckmar Almeida será encaminhado para o presídio estadual Francisco de Oliveira Conde nesta quinta-feira, 28.
 
Clériston Amorim

IR 2013: Termina hoje prazo para contribuinte receber informe de renda

ReceitaTermina hoje, 28, o prazo para que empregadores, instituições financeiras e Previdência Social enviem os comprovantes de rendimentos para a Declaração do Imposto de Renda 2013.



Cerca de 65 mil acreanos devem apresentar o Imposto de renda no Estado. Essa é a expectativa da Receita Federal que afirma que a estimativa é 5% superior do que o ano passado, onde foram declarados mais de 61 mil impostos.


O informe é uma espécie de resumo dos rendimentos que o contribuinte obteve ao longo de 2012, contendo todos os dados necessários para o preenchimento da declaração.


No caso do trabalho assalariado, o documento traz, por exemplo, os dados da fonte pagadora, como o CNPJ, detalhes sobre os rendimentos pagos, incluindo férias e participação do empregado nos lucros da empresa, valor líquido relativo ao 13º salário, contribuições ao INSS e a entidades de previdência privada, pagamento de pensão alimentícia e o imposto retido na fonte.


Empregador pode enviar comprovante por e-mail
A Receita permite que a fonte pagadora, seja pessoa física ou jurídica, envie o comprovante por e-mail ao contribuinte que tenha endereço eletrônico, ficando assim dispensada de fornecer o documento impresso.


No entanto, se o informe não for entregue por nenhum meio disponível, o trabalhador deve comunicar o fato a uma unidade da Receita Federal.


De qualquer modo, o contribuinte deve preencher todos os rendimentos tributáveis recebidos, e enviar a declaração do IR, mesmo sem ter o comprovante em mãos. Depois, pode pedir uma via original do informe, para uma futura comprovação na Receita.


Quanto a comprovantes com informações inexatas, como salários que não foram pagos nem creditados no ano de 2012 ou rendimentos tributáveis e isentos calculados juntos, a pessoa deve pedir um novo documento à fonte pagadora.


Pela lei, o empregador que não entrega o comprovante ou que o fornece com dados incorretos fica sujeito à multa de R$ 41,43 por documento.
No caso de informações falsas sobre rendimentos pagos, deduções ou imposto retido na fonte, a fonte pagadora pode ser punida com multa de 300% sobre o valor que for indevidamente utilizado como redução do IR. A punição vale para o contribuinte que se beneficiou da informação, sabendo que ela era falsa.


INSS diz que já enviou comprovantes a aposentados
De acordo com a Previdência Social, os comprovantes de rendimentos foram enviados às casas de quase 4,340 milhões de aposentados, pensionistas e outros segurados que receberam benefício mensal a partir de R$ 1.637,12 em 2012.



*Com Receita Federal

Acre brilha mais uma vez em torneio de poker

O acreano de Rio Branco, Felício Neto ficou com a terceira colocação no Tower Cruiser 7 (torneio internacional de poker) e levou um prêmio de 25.000,00 doláres.
Veja a classificação:
Felício1

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Prefeitura propõe ação articulada com o MP para combater e prevenir invasões

invasoes urbanas
Em Rio Branco, 531 famílias foram contabilizadas como ocupantes irregulares (Foto: Arquivo)
Com o objetivo de cuidar do espaço urbano sem esquecer as realidades sociais foi realizada, na manhã de hoje (27), uma reunião entre a procuradora-geral do Ministério Público do Estado do Acre (MP/AC), Patrícia Rêgo, e o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre. A pauta foi discutir ações de enfrentamento e prevenção de ocupações irregulares em Rio Branco. O encontro aconteceu na sede do MP/AC e contou com a presença de procuradores e promotores de Justiça e representantes da prefeitura.


Informações do site do MP dão conta que, durante a reunião, Marcus Alexandre pediu apoio ao Ministério Público na implementação e execução de medidas de prevenção e enfrentamento às situações de ocupações irregulares no município. Segundo o prefeito, a cidade passa por um passivo urbanístico que tem infringido os direitos humanos, o meio ambiente, comprometendo a qualidade de vida da população.

De acordo com o site, as medidas a que o prefeito se refere dizem respeito ao monitoramento e inspeção das áreas de maior incidência de invasões. A fiscalização é efetuada por uma equipe composta por servidores da prefeitura devidamente acompanhados por representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Um cadastro socioeconômico também tem sido utilizado como recurso na referida ação. Em alguns casos, como no bairro Distrito Industrial e na extensão da BR-364, foi apurado que os invasores possuíam residência, por exemplo.

Por meio de um levantamento das invasões realizadas no mês de janeiro, 531 famílias [com margem para mais] foram contabilizadas como ocupantes irregulares. Sem contar com as invasões consolidadas transformadas em bairros.

No encontro, diz o site, foi entregue à procuradora-geral de Justiça um relatório combinado de dados com os principais pontos de Rio Branco onde as ocupações são mais frequentes e que necessitam de intervenção imediata, como as Áreas de Proteção Permanente (APPs) e as que correspondem a áreas verdes, institucionais e privadas (como é o caso da Avenida Amadeo Barbosa), onde não serão permitidas construções sem os devidos alvarás ou licenças. “Ações articuladas são imprescindíveis, pois todas as instituições públicas de uma forma ou de outra vão tratar do assunto”, pondera Marcus Alexandre. O procurador-geral do Município, Pascal Khalil, acrescenta que o trabalho de regularização das ocupações existentes será em vão se a prefeitura for conivente com novas invasões.

Reclamações chegam constantemente ao MP, diretamente às promotorias competentes ou por meio do Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), referentes a ordens de desocupação de imóveis em áreas de invasão. “O Ministério Público não pode tutelar situações de invasões porque é crime, mas também não podemos ser omissos em casos de pessoas com risco de ficarem desabrigadas”, afirma o promotor de Defesa dos Direitos Humanos, Marco Aurélio, ao destacar que o ideal é agir preventivamente, não permitindo que a ocupação seja consolidada.

Ao compartilhar da necessidade de implementação de ações de enfrentamento, Patrícia Rêgo enfatizou também a promulgação de recursos educativos como medida preventiva. “A elaboração de cartilhas e divulgação de campanhas nos meios de comunicação é fundamental para conscientização de que uma ocupação irregular traz prejuízos pra cidade e, consequentemente, para o cidadão, além de ser crime”.
 
Agência de Notícias MP/AC

Prefeito se reúne com moradores da Cohab para discutir ações urgentes na comunidade

O Prefeito Rodrigo Damasceno, acompanhado do Vice Chagas Batista, Secretários de Obras Luis Meleiro e Saúde Carlos Tadeu, participaram na noite desta terça feira (26), de uma assembleia promovida pela Associação de Moradores do Bairro da Cohab. Os moradores se reuniram no espaço do Galpão de Cultura e apresentaram ao poder público municipal, uma pauta com várias reivindicações para que a prefeitura possa executar serviços no bairro.
Tarauaca_2Para o prefeito Rodrigo, a participação da comunidade nas ações da administração é fundamental. Rodrigo fez um balanço de sua administração nesses quase dois meses de mandato, pediu mais um pouco de paciência e tolerância por parte dos moradores. ”Encontramos uma prefeitura com salários atrasados, endividada, lixo e entulho tomando conta das ruas todas cheias de buracos, sem médicos e em pleno inverno amazônico. Porém, não ficamos por aí com desculpara esfarrapadas. Arregaçamos as ‘mangas’ e fomos à luta. a realidade agora já é outra” falou o prefeito.
O Vice Prefeito Chagas Batista elogiou os moradores do bairro e disse a Associação da Cohab é um modelo a ser seguido pela qualidade de seus dirigentes e pela sua organização. ”Esse momento em que a comunidade está presente, dialogando diretamente com prefeito, vice e secretários municipais em busca de soluções para os problemas que afetam a coletividade, é uma nova realidade na história do município”, comentou Batista.
O Secretário Carlos Tadeu, fez uma breve explanação da situação do sistema municipal de saúde e disse que há quase dois meses estão trabalhando muito para melhorar o atendimento à população. Sobre o Posto de Saúde da Família que atende a comunidade da Cohab, o secretário disse que num breve espaço de tempo estará funcionando em condições de atender bem toda a comunidade.
Para o Secretário de Obras Luis Meleiro, mesmo durante o inverno, a prefeitura está realizando muitos serviços no município e que agora é a vez de executar as obras possíveis no Bairro da Cohab.
O presidente do Bairro da Cohab, Professor Rogério Craveiro, agradeceu a presença de todos, falou em nome dos moradores e pediu empenho da nova administração para atender as reivindicações da comunidade. ”Nosso bairro sofre com problemas que já são antigos e esperamos que agora possam ser solucionados, disse Rogério.
Moradores da Cohab estão reivindicando o seguinte:
1. Regularização e definição de um calendário da coleta de lixo;
2. Desobstrução de valas e bueiros;
3. Construção de um canal de esgotamento sanitário no bairro;
4. Iluminação pública;
5. Melhoramento das ruas do bairro com ações de recuperação e tapa buracos;
6. Revitalização da Praça da Cohab;
7. Melhorar o atendimento no posto de saúde que atende a comunidade;
8. Volta da Médica Joelza para atende a comunidade

Da assessoria de comunicação da prefeitura de Tarauacá

Descontrolado, carro cai no Igarapé São Francisco

nagua
Jovem motorista foi retirada do veículo por populares, sem ferimentos graves (Foto: Clériston Amorim)
O acidente aconteceu por volta das 17h50 desta terça-feira, 26, quando a jovem Bruna Fernanda S. Pertone (24) trafegava na BR-364 , num Fiesta prata, sentido Aeroporto Internacional de Rio Branco, quando, nas proximidades da Ponte do Igarapé São Francisco, teria perdido o controle do caro, saindo da pista e despencando dentro do Igarapé.


De acordo com informações colhidas no local, após sair da pista, o veículo capotou na ribanceira e caiu dentro d’água.

Pessoas que passavam no momento do acidente conseguiram retirar a vitima do interior do veículo, antes que este ficasse submerso.

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar e Samu foram acionadas para ajudar no socorro. A jovem foi encaminhada ao pronto-socorro de Rio Branco.

Como a vítima estava ferida e em estado de choque não foi possível saber o que teria causado o acidente. O veículo deverá ser guinchado do igarapé na manhã desta quarta-feira, 27.
 
Clériston Amorim

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Deputado Major Rocha fala de democracia e é elogiado por vereadores do PT, PCdoB e PSB

Deputado quer levar o parlamento mais próximo do cidadão.
Deputado quer levar o parlamento mais próximo do cidadão.
Em visita à Câmara Municipal de Senador Guiomard, ontem (26), o deputado Major Rocha (PSDB), disse que vai requerer da Assembleia Legislativa do Acre, a realização de sessões nos municípios do interior para a aproximação do parlamento com o povo do Acre.
“O eleitor precisa conhecer melhor o político que ele elegeu e os deputados conhecerem melhor as peculiaridades de cada região”, disse o deputado.
A postura do deputado tucano foi lembrada e elogiada pelos vereadores do PT, PCdoB e PSB. O vereador Manoel Lima, do PT, aproveitou a ausência da bancada de sustentação do prefeito James Gomes para exemplificar que “oposição de verdade, como a praticada pelo deputado Rocha, não foge do debate”.
O vereador Jairo da Petrolina, do PCdoB, lembrou que nas visitas que fez a Assembleia Legislativa do Acre, sempre viu “o deputado Rocha defendendo interesses do Estado e nunca individuais”.
O tucano usou do espaço dado para fazer uma saudação especial, para falar sobre democracia. “A democracia é fundamental para uma democracia forte”, comentou. Rocha disse que a missão de fazer oposição não é tarefa fácil, principalmente contra um governo “forte” como o de Sebastião Viana.
“Cumpro o meu papel, procuro fazer um mandato honrando os votos de quem me elegeu para fiscalizar bem o patrimônio público”, acrescentou.
Rocha disse que vai visitar as Câmaras Municipais de todo o estado.

Prefeitura de Rio Branco apresenta proposta do Código Tributário Municipal

Codigo Tributario  1
Durante a apresentação na Fecomércio, o secretário de Finanças detalhou proposta (Foto: Divulgação)
A prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria Municipal de Finanças, iniciou nesta segunda feira, 25, pela Federação do Comércio, uma série de apresentações com a proposta do novo Código Tributário Municipal. As próximas apresentações serão feitas na Federação das Indústrias e da Agricultura, Conselho Regional de Contabilidade e Ordem dos Advogados do Brasil. O secretário Municipal de Finanças, Andrias Sarquis, explica que além da apresentação, o objetivo é ouvir as sugestões das entidades, antes que o novo Código seja votado pelos vereadores na Câmara Municipal de Rio Branco.


Durante a apresentação na Fecomércio, que congrega mais de dez mil empresas, o secretário de Finanças, relatou que o Código atual tem dez anos, e citou como exemplo, a defasagem do Cadastro Imobiliário, por isso a necessidade da renovação. Deixou claro que não haverá aumento na carga tributária, e sim mudanças que garantam maior agilidade nos processos e expedição de documentos. O presidente da Federação do Comércio, Leandro Domingues, elogiou a atitude da prefeitura, em detalhar o Novo Código para federações e o não aumento da carga tributária. “Entendemos que a prefeitura quer modernidade e agilidade em seus processos, o que também é o nosso anseio”.

Sarquis esclarece ainda que a prefeitura instituiu 2013 como o ano da regularização tributária, com possibilidade de descontos para o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU. Ele lembra que nos últimos três anos, a prefeitura arrecadou apenas 34 por cento do IPTU lançado, por isso o novo Código, possibilita a cobrança de dívidas do IPTU, com mais rigor, o que acontece, por exemplo, com relação às contas de energia elétrica.

Além dos empresários, estiveram na apresentação, os vereadores Roger Corrêa, presidente da Câmara, Eliane Sinhasique, Marcelo Macedo, Rose Costa, Rabelo Góes, Raimundo Vaz e Antônio Moraes.

De acordo com o calendário da secretaria de Finanças, as próximas apresentações serão feitas no dia primeiro de março no auditório da Federação das Indústrias, com membros da FIEAC e do Conselho Regional de Contabilidade. Já no dia quatro de março, será a vez da Ordem dos Advogados do Brasil e Federação da Agricultura, no auditória da instituição.
 
Assessoria PMRB

Obras da prefeitura deixa trânsito muito lento na Dias Martins

obras_90
Motorista que pretendem se dirigir aos bairros Tucumã, Universitário, Mocinha Magalhães e adjacências e que tem como rota a Estrada Dias Martins é melhor procurar uma via alternativa, pois o trânsito está lento e com engarrafamento neste exato momento.
O trecho entre a rotatória da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB) e o Conselho Regional de Contabilidade está passando por obras de “tapa buracos” da prefeitura, o que está ocasionando congestionamento no trânsito.

Governador anuncia reforma e adequação de prédio do Samu

Servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) receberam nesta terça-feira, 26, o governador Tião Viana para uma visita de agradecimento a equipe, que é coordenada por Lúcia Carlos. Durante a visita, Tião Viana anunciou a reforma e adequação do prédio onde funcionam a central de atendimento, central de leitos, pátio das ambulâncias e área de descanso dos funcionários.
Na reforma e ampliação, que tem previsão de início neste semestre, devem ser modificadas a cobertura do prédio, a inclusão de um banheiro e lavatório e a reforma do refeitório. “Esse é um trabalho que o Acre todo admira e que é o único do Brasil que tem 100% de regulação. Daqui eles controlam transferência de leitos, ocupação de hospital. Aqui fazem um trabalho lindo. Salvam pessoas. Fazem um trabalho a favor da vida no sentido mais amplo”, disse o governador.
Tião Viana observou que o anúncio da reforma e adequação das instalações do Samu serão para melhorar mais ainda as condições de trabalho desses servidores. A coordenadora do Samu, Lúcia Carlos, agradeceu o apoio do governo e contou que é a primeira visita que um governador faz ao prédio do Samu, depois de nove anos.
“Ficamos muito gratos a essa palavra de reconhecimento a nossa equipe, e felizes com esse anúncio da reforma e adequação do prédio, que vai nos permitir melhorar nosso trabalho”, acrescentou Lúcia Carlos.
A reforma e adequação das instalações do Samu serão para melhorar mais ainda as condições de trabalho (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
A reforma e adequação das instalações do Samu serão para melhorar mais ainda as condições de trabalho (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

“O Sétimo Caminho” quer mostrar o pioneirismo de cineastas acreanos

cinemaang
Projeto esbarra na capitação de recursos financeiros para a produção do documentário (Foto: Divulgaçao)
Em fevereiro de 1973, quando o Acre tinha apenas dez anos de elevação a Estado, amantes da sétima arte como João Batista, Tony Van e Adalberto Queiroz gravavam as cenas que deram origem ao primeiro filme acreano, intitulado: Fracassou meu casamento!


O filme, com estreia marcada para o dia 03 de julho de 1973, foi confiscado pela ditadura militar e pela primeira vez, após 40 anos, será exibido no Festival de Cinema Acreano.
Adalberto Queiroz, hoje presidente da Associação Acreana de Cinema (Asacine), conta que na época, mesmo com toda repressão, eles persistiam com o sonho de fazer cinema. Segundo ele, ao todo foram registrados mais de mais de três mil filmes de curta, média e longa duração, alguns desses premiados nacionalmente.
Esta e tantas outras histórias que marcaram a saga desses entusiastas serão retratadas no documentário “O Sétimo Caminho”, do cineasta e diretor Emanuel Alencar em parceria com a ASACINE.
O diretor que conheceu e se aprofundou na história do audiovisual do Acre, destaca que o projeto tem como objetivo resgatar e mostrar a importância das iniciativas independentes, do pioneirismo e da grande paixão que mobilizaram os três maiores cineastas acreanos, responsáveis por impulsionar a sétima arte no Estado, ainda na década de 70.
Emanuel ressalta que o documentário pretende retratar de maneira didática e clara o perfil do cinema acreano, revelando os aspectos marcantes da trajetória, agora em imagem digital de alta resolução.
Ele avalia que mesmo diante de todas as dificuldades na realização das produções cinematográficas, esses jovens realizaram um cinema com belos conteúdos temáticos, embora desprovidos de equipamentos à altura para um padrão de aceitação nacional e internacional.
“O Sétimo caminho” será exibido em apresentações públicas durante as programações dos 40 anos do Cinema Acreano, de maio a dezembro de 2013. Esse projeto é um reconhecimento, mais que merecido, ao trabalho desses homens”, destaca Emanuell Alencar.
O projeto já teve o ponta pé inicial, mas esbarra na capitação de recursos financeiros para a produção do documentário.
Emanuell Alencar explica que está disponibilizando toda a estrutura técnica como contra partida para produção do documentário que terá a duração de 10 minutos.
Ele conta que cinema é uma arte considerada cara. A falta de recursos para custear as despesas tem sido o principal impedimento para dar prosseguimento ao projeto, que requer entre outros, a contratação de profissionais, montagem, cenário e toda logística necessária para execução.
O diretor e cineasta, Emanuell Alencar, busca patrocinadores para custear parte dos gastos. Os interessados em contribuir para execução do projeto pode contactar pelos telefones: (68) 3228-4946; (68) 3026-1793 (68); 9973-5599; (68) 9931-6921 ou no email: cinemacultura.acre@gmail.com Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Quem desejar conhecer mais sobre o projeto, "O Sétimo Caminho”, pode acessar o site:http://cinemaacre.wix.com/cine447. O lançamento do vídeo documentário está previsto para ocorrer nos dias 26 a 30 de abril de 2013.
 
Da Assessoria

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Após bebedeira, homem é espancado no Nova Estação

agrecao 1
Jutassir Alves dos Santos, 41, foi agredido depois de sair do bar onde bebia (Foto: Clériston Amorim)
A polícia ainda não tem detalhas a cerca da agressão sofrida por Jutassir Alves dos Santos, 41, na madrugada de sábado, 23, no bairro Nova Estação.


De acordo com informações Jutacir estaria em um bar consumindo bebida alcoólica, quando iniciou uma discussão com um desconhecido. Logo em seguida, ele decidiu retornar para casa quando foi agredido por quatro homens não identificados.

Socorrido por uma equipe do Samui, Jutassir Alves, reclamando de fortes dores nas coetelas, foi encaminha para a UPA do 2º Distrito.
 
Clériston Amorim

Tentativa de homicídio é registrada no Portal da Amazônia

tercado 21
Pablo, 22, perdeu muito sangue, em decorrência dos ferimentos (Foto: Clériston Amorim)
Na tarde deste domingo, um jovem identificado apenas por Antônio Pablo, 22, foi vítima de tentativa de homicídio, quando caminhava por uma das ruas do Portal da Amazônia, no Calafate.


De acordo com os policiais militares que atenderam à ocorrência, os acusados da autoria da agressão são ‘Chico’, ‘Sargento’ e Jadison. A polícia informou ainda que, na noite anterior, Pablo havia agredido um dos componentes do trio, que foi à forra na tarde de domingo.

Pablo foi atingido com diversas terçadadas pelo corpo, após escapar de um disparo de escopeta, que foi efetuado por um dos agressores. A polícia trabalha no sentido de prender os acusados.

Pelo fato de ter perdido muito sangue, em decorrência dos ferimentos causados pelas terçadadas, Pablo chegou ao pronto-socorro em estado grave.
 
Paulo

No Calafate, acidente envolvendo moto, manda dois ao pronto-socorro

acidente 1
Pedestre teria causado e colisão entre motocicleta e carro (Foto: Clériston Amorim)
Na manhã deste domingo, 24, Valdiz Moreira, 27, ao tentar desviar de um idoso que atravessava a Estrada do Calafete, passou à contramão e levou sua motocicleta a colidir contra um Pálio, placa MZZ 1723, que era guiado pelo senhor Alberto Francisco, 60, que nada pode fazer para evitar o acidente.


De acordo com o motorista do Pálio, ele viu quando o motoqueiro, na tentativa de não atropelar um idoso, avançou na contramão, “mas tudo foi muito rápido, não deu para eu fazer nada”, contou Alberto. O idoso, segundo informações colhidas no local, não foi identificado.

Valdiz Moreira, condutor da motocicleta, e Rocicleia de Sousa, 27, que estava na garupa da moto foram atendidos por uma equipe do Samu e levados ao pronto-socorro. Ele, segundo o pessoal do Samu, sofreu uma fratura exposta em uma das pernas.
 
Clériston Amorim

James Gomes acompanha colheita de milho no Quinari

O prefeito de Senador Guiomard, James Gomes (PSDB), acompanhou neste fim de semana a colheita de milho em uma propriedade rural do município. O prefeito esteve no ramal Petrolina, onde participou da colheita de 70 hectares de produção.
“É um momento de grande alegria e consolidação da nossa política voltada ao homem do campo. Ano passado nós fizemos a maior aquisição de máquinas e nossa primeira patrulha mecanizada para garantir o escoamento da produção e hoje acompanho essa colheita aqui com o amigo Paixão (dono da propriedade) que é homem trabalhador e que contribui para economia do município”, comemorou o prefeito.
milho_1
Durante a visita, o produtor rural lembrou que o plantio de milho deve ser bem planejado, pois determina o início de um processo de cerca de 120 dias e que afeta todas as operações envolvidas, além de determinar as possibilidades de sucesso ou insucesso da lavoura.
A expectativa é que sejam colhidas 8 mil sacas de milho nesse propriedade. “São 70 hectares plantadas com a estimativa de colheita de pelo menos 8 mil sacas. O plantio temos que fazer com espaçamento correto, ou seja, 90 centímetros que é bom, o tanto de covas por metro corrido e se calcula mais ou menos o tanto de milho que vai colher por hectare de terra plantada”, disse Paixão.
Gilberto Moura

domingo, 24 de fevereiro de 2013

SENA: No rio Macauã, Mano Rufino se reúne com produtores para discutir fortalecimento do setor rural

A comunidade Lua Nova, localizada no rio Macauã, há cerca de três de voadeira do porto de Sena Madureira, sediou no último sábado (23) um grande evento promovido pela Prefeitura de Sena, através da secretaria municipal de produção.
SENA11
Além do prefeito Mano Rufino (PR), estiveram presentes também o secretário de produção, Jairo Cassiano, secretário-adjunto de produção, Del Magalhães, vereador Tom Cabeleireiro (PR), secretário de meio ambiente, Astério Vieira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, “De Jesus”, Rivaldo Severo, o ‘boim’, diretor da Rádio Difusora e representante do governo do estado, representante da Seaprof, Eluzai e o gerente do Banco da Amazônia, Edison de Souza.
Objetivando o fortalecimento do setor rural, a atividade ocorrida na casa do trabalhador rural Raimundo Coelho (comunidade Lua Nova), contou ainda com a presença das principais lideranças do rio Macauã: Lauro Lima (comunidade São Bento), Sônia Chaves (comunidade Liberdade), Jerônimo Ferreira (comunidade Providência), Raimundo Paulino, o ‘Diquinho’ (seringal Capital), Milton de Souza (comunidade Santo Antônio), Edimilson Ramalho (comunidade São Sebastião), Francisco Francalino (Associação Apuí dos Francalinos), Sebastião Freitas (Evangelista do rio Macauâ) e o senhor Raimundo Coelho (comunidade Lua Nova).
Durante o encontro foi aberto o espaço para que os moradores repassassem às autoridades presentes suas principais demandas. Entre as quais foram solicitadas: A construção de uma unidade de saúde na referida área, implantação de uma Casa de Farinha, realização de campeonatos de futebol, Implantação de uma sessão eleitoral, aplicação de cursos de corte e costura para as mulheres, envio de peladeiras de arroz e a reabertura em tempo hábil dos ramais.
SENA13A
“precisamos sair do gabinete e ouvir de perto os moradores”, diz Mano Rufino
Há dois meses á frente da administração da terceira maior cidade do Acre, o prefeito Mano Rufino (PR) disse ter ficado satisfeito com o desfecho da reunião e que buscará cada vez mais essa aproximação com os moradores, constatando a viva-voz os reclames de cada comunidade. “Estamos tendo a preocupação de ir às comunidades, ouvir os moradores. Não queremos vender a ilusão de que tudo será resolvido de imediato, mas temos a certeza de que ouvindo os moradores, suas necessidades, poderemos fazer melhor nosso planejamento”, comentou.
Rufino enfatizou que todas as demandas apresentadas foram anotadas e que as mesmas serão atendidas dentro das possibilidades da prefeitura. “As reivindicações dos moradores são legítimas. Aqui reafirmamos nosso compromisso com o setor rural e não mediremos esforços para que os benefícios cheguem a quem mais precisa”, frisou.
Unidade de saúde e ramais
Em relação à implantação de uma unidade de saúde na comunidade Lua Nova, Mano Rufino repassou aos moradores que estará lutando para que esse sonho se realize. “Nos próximos dias quatro unidades de saúde começarão a serem construídas na zona rural. a comunidade Lua Nova não está inserida nesse primeiro momento, mas iremos em busca de recursos para tal obra”, adiantou.
O trabalho de reabertura e manutenção dos ramais é outro grande desafio da administração. Segundo o prefeito, a parceria será renovada com o governo do estado para contemplar o maior número de moradores possível.
SENA12
“Só tinha visto político aqui em época de campanha”, relata trabalhador rural
Os moradores do rio Macauã demonstraram muita alegria com a presença do prefeito Mano Rufino e demais representantes dos setores ligados ao homem do campo. “Aqui a gente só costuma ver político em época de campanha, pedindo votos. É muito importante essa atitude do prefeito de vir aqui conhecer nossa realidade e ouvir nossos pedidos”, disse o senhor Raimundo Coelho, representante da comunidade Lua Nova.
O secretário municipal de produção, Jairo Cassiano, informou que esse tipo de ação não será restrita apenas ao rio Macauã. “Esse calendário irá se estender também aos rios Iaco, Caeté e Purus. No verão, estaremos nos reunindo nos ramais, pois precisamos ouvir o povo de forma organizada. Tenho muita fé de que até o final do mandato do prefeito Mano teremos uma zona rural bem mais fortalecida”, discorreu.
Fala de outras autoridades presentes
Rivaldo Severo, o ‘boim’ (representante do governo do estado): “Esse é um momento muito gratificante para todos nós, principalmente quando observamos essa junção de interesses em prol do homem do campo. Eu acredito num planejamento que é feito há várias mãos. Esse é um governo, uma prefeitura participativa, onde planeja de conformidade com os anseios da população”.
“De Jesus”, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais: “Consideramos de grande importância essa iniciativa. Não é todo dia que os moradores podem se encontrar com representantes de vários órgãos, tendo a oportunidade de reclamar, sugerir ideias para sua comunidade. Foi um encontro muito proveitoso”.
Edison de Souza, gerente do Banco do Amazônia: “Nessa reunião esclarecemos algumas questões relacionadas a financiamento e outros atendimentos do banco aos produtores rurais. Quero parabenizar o prefeito Mano por essa ação e dizer que estamos à disposição no sentido de criar essa proximidade com o produtor para facilitar o crédito”.
No retorno a Sena Madureira, o prefeito ainda visitou a moradora Antônia Souza de Paiva, 27 anos de idade. Antônia lida com artesanato e conseguiu mobiliar toda sua casa, com suas próprias mãos. “Nesse trabalho em parceria com o governo do estado iremos buscar ajuda junto a secretaria de pequenos negócios para incentivar pessoas talentosas como dona Antônia”, finalizou o prefeito.
Edinaldo Gomes, de Sena Madureira

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Dom Moacyr diz que réus petistas envolvidos no Mensalão foram injustiçados e que Marina não tem perfil para presidente

Para o ex-bispo de Rio Branco, hoje eles [políticos] não consultam o povo. Os candidatos são feitos na cúpula. “Muitos se embrenharam no caminho da corrupção deslavada”. E mais: “Entraram no jogo, e perceberam que era muito fácil ganhar dinheiro e venderam a própria ideologia”. E adverte: “Se o PT não se cuidar, vai virar fotocópia dos outros!”
Dom_1aA frase resumida expressa o que pensa o catarinense Moacyr Grechi, ordenado sacerdote em 29 de julho de 1961 e, onze anos depois, nomeado um dos bispos mais jovens do Brasil, aos 36 anos. Em entrevista ao jornalista Assem Neto, diz ter havido injustiça na condenação dos réus petistas envolvidos no Mensalão. Ele fala, também sobre a badalada “afinidade” que possui com o Partido dos Trabalhadores, critica o papel de juiz exercido pela mídia e, na condição de mentor político de Marina Silva, revela que a ex-ministra e ex-senadora acreana “não tem perfil para presidente da República”.
Dom Moacyr pouco detalha a visita que fez como “irmão e religioso” ao ex-prefeito [de Porto Velho] Roberto Sobrinho: “alguém que, por ser acusado, não pode ser marginalizado”.
Se disse surpreso com a recomendação do Ministério Público Eleitoral para que o TSE (Superior Tribunal Eleitoral) casse os mandatos de dois amigos seus de quase 30 anos: Tião Viana e Jorge Viana, respectivamente governador e senador do Acre, sob fortíssimas suspeitas de manipular meios de comunicação e condicionar o emprego de cargos comissionados ao apoio aos candidatos petistas na última eleição.
Grechi , que assumiu a Arquidiocese de Porto Velho em 1998, renunciou á liderança dos católicos rondonienses após sofre dois acidentes automobilísticos. Oficialmente, prevalece a alegação de idade avançada (ele tem 76 anos) e saúde debilitada. Leia os principais trechos da entrevista publicada no Jornal online Rondônia Agora.
Rondoniagora: Sobre o Mensalão. Houve justiça?
Dom Moacyr :
Não cheguei a perceber clamor público da sociedade. Eu vi muito clamor da grande imprensa.
Rondoniagora: Por justiça?
Dom Moacyr:
Ou por justiça ou para julgar aqueles que eles (imprensa) queriam. Eu tive a sensação de que o que interessava era queimar aqueles ali (réus do Mensalão). Dizem que agora é de Lei um julgamento feito diante das câmeras. Isso torna um risco de os juízes se tornarem um pouco artistas. Eu não tomei muito a sério o mensalão. Esta condenação não me convenceu. Eu queria um julgamento objetivo, com provas. Quem deu o dinheiro? Quem recebeu? Onde está o dinheiro? Quem comprou ou foi comprado? Quais partidos foram comprados? Não há respostas. O Lula sabia??
Rondoniagora: Então falhou o STF?
Dom Moacyr:
Teve mensalão para comprar a reeleição do FHC. Não costumo falar muito dele (ex-presidente do PSDB), pois gosto dele e ele ajudou muito o Acre quando eu estava por lá. Mas, sem dúvidas, faltou usar o mesmo peso e a mesma medida em ambos os casos. O juiz diz que quando não tem prova concreta, inclusive em assassinatos, não se deve julgar por suposições. E teve o mensalão-mestre ocorrido em Minas Gerais, que todos sabem.
Rondoniagora: Muito se questiona a sua relação como líder religioso com o PT….
Dom Moacyr:
Claro. Mas eu te digo que não tenho partido e nunca vou ter. Eles nasceram num ambiente de igreja. Convivi com aquele povo por 27 anos. Eram os que trabalhavam – e eram os meus colaboradores – nos sindicatos e nas Comunidades Eclesiais de Base. Não havia lugar para os trabalhadores, daí a ideia, inicialmente de Chico Mendes, de fazermos reuniões nos ambientes de igreja. Todos os organismos populares no Acre e de parte de Rondônia especialmente nasceram no ventre fecundo da Igreja. A ligação é essa. Por falta de espaço, aqueles que estavam comprometidos com um mundo novo acabaram fundando o que é hoje o PT. Foi o que houve no ABC paulista também e noutros lugares.
Rondoniagora: Seria natural a expulsão de filiados condenados judicialmente e com pedidos de prisão em andamento. O PT segue o caminho inverso e faz até vaquinha para financiar os custos processuais dos seus partidários considerados pelo STF culpados pelo maior escândalo político do país…
Dom Moacyr:
Um fato é certo. Ter feito um julgamento já é um grande avanço. Mas faltou objetividade, como já disse. Esse julgamento não poderia ter sido feito na TV. Passou a impressão de quererem aparecer. Aberto ao público, sim, mas na TV não concordo.
Rondoniagora: O Sr. visitou Roberto Sobrinho?
Dom Moacyr:
Sim, fui lá. Acho que pelo fato de ser acusado ele não deveria ser marginalizado. É um ser humano. Fui mostrar que, como religiosos que somos, continuamos irmãos.
Rondoniagora: Ele alegou inocência?
Dom Moacyr:
Sim. Alegou, sim
Rondôniagora: Lhe convenceu?
Dom Moacyr
: (pensativo por alguns segundos)……olha, não cabe a mim fazer esse julgamento.
Rondoniagora: O PT de antes é o mesmo de hoje?
Dom Moacyr:
Hoje eles não consultam o povo. Os candidatos são feitos na cúpula. Esse é um aspecto. Muitos se embrenharam no caminho da corrupção deslavada. Entraram no jogo, e perceberam que era muito fácil ganhar dinheiro e venderam a própria ideologia. Se o PT não se cuidar vai virar fotocópia dos outros. Devem avaliar o que houve de bom com objetividade.
Dom_4
Rondoniagora: Essa postura antidemocrática é ruim até que ponto?
Dom Moacyr:
Ora, contraria toda uma visão de partido moderno. O povo é o dono do poder. Não se pode entrar no esquema dos outros partidos. Isso não é bom de jeito nenhum.
Rondoniagora: Piorou depois que a Marina saiu?
Dom Moacyr:
Ela conversou comigo. E eu lhe disse: Marina, meu pensamento é outro. Quando o barco está afundando, é hora de melhorar o barco. Sai um rei velho e vem um rei novo. Depois de um pouco o povo vê que o rei novo é igual ao rei velho. Esta é uma passagem do antigo testamento que muitos pensam equivocadamente ser escrito por ateus (risos). Eu disse ainda: minha menina, você está dentro do barco, veja os defeitos e denuncia.
Rondoniagora: Então foi um erro grave ela ter abandonado o barco?
Dom Moacyr:
Eu tenho muito medo de magoar e machucar a Marina. Gosto muito dela como pessoa. Mas reafirmei o conselho para ela pensar bem, pois ela nasceu no PT. Eu disse certa vez – e pedi ao jornalista para não publicar – que eu achava que Marina não tinha perfil para presidente, e ainda tenho esta convicção. Ela ficou magoada com meu comentário. Me emocionei e fiquei derrubado afetivamente com a carta-resposta dela, em que ela menciona a vitória de Davi sobre Golias.
Rondoniagora: O senhor fará parte da Rede?
Dom Moacyr:
Tenho pouca informação sobre o assunto. Ela me ligou esses dias. Quer que eu passe em Brasília para conversarmos.
Rondoniagora: Qual o futuro de Marina Silva?
Dom Moacyr:
Ela continuará essa figura emblemática na luta por um mundo melhor.Mas ela escolheu também o PV, que tem todos os pontos negativos do PT e outros mais.
Rondoniagora: Marina seria bem-vinda de volta ao PT?
Dom Moacyr:
Não creio. Ambos se magoaram muito.
Rondoniagora: A quem pertence Marina Silva?
Dom Moacyr:
Ela é mais do mundo europeu do que do Brasil, embora tenha um trânsito bom nas grandes cidades brasileiras.
Rondoniagora: 20 milhões de votos não dizem nada?
Dom Moacyr:
Absolutamente nada. Aqui em Rondônia, a Fátima Cleide (ex-senadora derrotada à reeleição), me dizia ter milhares e milhares de votos. Eu disse a ela que não é possível transferir votos para onde o PT é mal visto. E deu no que deu.
Rondoniagora: Por falar em consulta popular, o povo do Acre decidiu em referendo o horário legal do estado, majorado com uma lei do ex-senador (e hoje governador) Tião Viana. O próprio PT resiste em respeitar a vontade dos cidadãos fazendo lobbie no Congresso Nacional.
Dom Moacyr:
Quando se trata da natureza, deve-se consultar os técnicos. Como posso ter um horário aqui e, acolá, depois de atravessar o rio, me deparo com outro horário? Essas coisas não deviam entrar na seara das eleições. Quando eu soube que a presidenta ia vetar, eu fiquei até contente. Isso não devia nem ter sido posto em votação. Era tanta trapalhada que me causava aquele horário…..
Dom_3
Rondoniagora: Mas a Constituição ampara a consulta popular. O senhor teria votado?
Dom Moacyr:
Ao meu ver foi absurdo. Eu não sei se votaria. Talvez em branco.
Rondoniagora: Que avaliação o senhor faz da recomendação feita pelo Ministério Público Eleitoral para cassar Tião e Jorge Viana? Eles são seus amigos pessoais..
Dom Moacyr:
Sim são meus amigos. Mas lhe digo que meu partido é Jesus Cristo. Eu fiquei muito decepcionado com o Supremo (Tribunal Federal), principalmente com o Barbosa (Joaquim, presidente do STF). O Maluf é procurado pela polícia internacional e continua deputado. Mas….provas são provas. Que o julgamento seja justo e decente. O pecado não é dos juízes em geral, afinal tem juiz corrupto também.
Rondoniagora: Que mensagem o Sr. deixa aos cidadãos?
Dom Moacyr:
Que não se acomodem com empregos. Quando um partido está no poder, os que trabalharam para ele se acham no direito de conseguir um cargo, e quando um deles se torna funcionário, empregado, ele se acomoda e não serve mais o povo. Ele se torna burocrata, e só pensa em seus interesses. O risco da acomodação vale pra todos, indistintamente.
Assem Neto
Do Rondônia Agora

Prefeitura rescinde contrato com empresa que não executou serviços de qualidade

Pref cancelou contrato com a JM 2 Foto Marcos Vicentti
Anúncio de quebra de contrato aconteceu durante reunião com presidentes de associações de moradores (Foto: Divulgação)
Reunido com os presidentes de Associações de Moradores e equipe da secretaria Municipal de Obras, o prefeito Marcus Alexandre, anunciou que o contrato com a empresa J.M, para a urbanização de oito bairros da capital, está rescindido e que a empresa será multada por não ter cumprido o prazo de conclusão das obras, que fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento PAC II. Um novo processo licitatório será iniciado na próxima semana e a previsão da prefeitura é de que as obras sejam reiniciadas em maio e concluídas até o final do verão.


O contrato de R$ 40 milhões, entre a Prefeitura de Rio Branco e a J.M, firmados em dezembro de 2011, previa a urbanização de oito bairros da cidade até dezembro de 2012, mas o prazo não foi cumprido e o resultado do serviço executado, explica o prefeito, não é satisfatório. Os bairros contemplados são: Glória, Pista, Bahia Velha, Vitória, Chico Mendes, Vilas da Amizade e Acre e Ramal Bom Jesus.

Logo na primeira semana de sua administração, Marcus Alexandre, esteve nos oitos bairros. Encontrou problemas e exigiu celeridade por parte da empresa, o que não foi cumprido e as reclamações dos presidentes e das lideranças comunitárias, só aumentaram. A decisão de rescindir o contrato, segundo o prefeito foi inevitável. “Precisamos cuidar bem dos recursos públicos e as obras precisam ser bem feitas. Nada mais de serviços de má qualidade.”

O prefeito anunciou que a fiscalização na execução das obras, pela nova empresa, será mais rigorosa para garantir que os prazos sejam cumpridos e reafirmou que morosidade e má qualidade no serviço, não serão toleradas.

A decisão do prefeito, de rescindir contrato de empresa que não executa serviços de boa qualidade nos bairros, foi comemorada pelos presidentes de Associações de Moradores. Cosmo Brito, do bairro Vitória, diz que a decisão do prefeito foi corajosa e demonstra o compromisso dele com a população. A líder do bairro da Pista, Aldenira Araújo, comenta que os moradores da localidade vão aplaudir a decisão do prefeito. “As obras não estão de acordo com o esperado e por isso nosso apoio é total ao prefeito Marcus Alexandre de acabar com esse contrato e trazer uma empresa mais comprometida com a qualidade das obras”.

Estiveram na reunião com o prefeito nesta sexta feira, os presidentes das Associações de Moradores dos oito bairros onde as obras do PAC são executadas, a secretária de Obras, Cláudia Cunha, o secretário Adjunto de Obras, Ricardo Araújo, coordenadores das regionais e o secretário Adjunto da secretaria de Articulação Comunitária, Francisco Pereira.
 
Assessoria PMRB

Moradores de Manoel Urbano usam rede e vara de pesca em rua pavimentada pelo Programa Ruas do Povo

Interna_01
Um protesto de moradores, realizado na tarde desta sexta-feira (22) chamou atenção de quem passava pela Rua Valentim Ferreira Lima, em Manoel Urbano.
Cansados de aguardar por melhorias, alguns moradores se reuniram no final da tarde e com bom humor, usaram vara e rede de pesca em sinal de protesto.
De acordo com um morador, a rua pavimentada pelo Governo do Acre acerca de um ano, não vem recebendo manutenção devida por parte da prefeitura.
Fonte:purusacontece.net

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Judiciário Acreano organiza expedição para atender população de Jordão

Com o intuito de garantir maior acesso à Justiça aos cidadãos, a juíza Joelma Nogueira e sua equipe vão realizar na próxima semana uma expedição ao município de Jordão, localizado a aproximadamente 700 km de Rio Branco.
Já na próxima terça-feira (26), a magistrada dará início ao Programa Justiça e Comunidade, com atendimentos voltados à população. Na ocasião, serão ouvidas reclamações, sugestões e ainda serão dadas informações acerca do andamento de processos em trâmite na Comarca de Tarauacá.
Isso será possível com o Sistema de Automação da Justiça (SAJ) web, já que a a unidade judiciária já está totalmente virtualizada.
A magistrada é titular da Comarca de Tarauacá e também responde pela de Jordão (esta ainda não instalada). Ela irá até a localidade juntamente com o promotor de Justiça Luiz Rolim, o procurador do município de Jordão, José Nery e com os servidores José Alex, Edmundo Maciel e Abimael Caxias.
Joelma Nogueira ressaltou qual a sua expectativa em relação a essa expedição. “Retornar a Jordão após a virtualização das Varas da Comarca de Tarauacá será o grande diferencial. As pessoas sempre encontraram grandes dificuldades em atender as determinações judiciais, em razão da distância com a sede do Juízo.
Agora com o atendimento aos jurisdicionados, que será feito no Centro Cultural, e com a possibilidade de se ter acesso ao processo completo, temos a impressão que muitos casos poderão ser solucionados sem grandes formalidades no decorrer da semana”, disse a juíza.
Na quarta-feira será realizado um Júri do processo nº 0000807-91.2011.8.01.0014 , que tem como réu Francisco Dinamarquês de Lima Junior. Ele é acusado por homicídio qualificado tentado e corrupção de menores.
O corpo de jurados será representado por cidadãos jornadenses e a reunião do Tribunal do Júri ocorrerá no Centro Cultural Melodias. Essa será a segunda vez que ocorre um Júri no próprio município.
Por fim, a equipe vai realizar no prédio onde funciona o Fórum – no Posto de Atendimento Eleitoral (PAE) -,audiências cíveis na quinta-feira (27), e audiências criminais na sexta-feira (28) – tendo o retorno previsto para o sábado (2/3).
O projeto conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Jordão, por meio Secretaria de Educação.

Tribunal amplia projeto de gravação de audiências na Justiça Acreana

O Tribunal de Justiça dará mais um importante passo para a modernização do Judiciário Acreano. A partir de agora, todas as unidades judiciárias do 1º Grau passarão pelo projeto de gravação das audiências.
Trata-se de um aplicativo integrado ao Sistema de Automação da Justiça (SAJ/PG5), que vincula ao processo os registros fonográficos e audiovisuais das audiências judiciais. Uma vez à disposição dos magistrados, essa ferramenta vai eliminar por completo todo o trabalho de transcrição do ocorrido em audiência, seja o depoimento de uma testemunha ou um termo de acordo obtido entre as partes.
A medida faz parte de uma decisão do Comitê Gestor de Tecnologia da Informação (TI) do Tribunal, tomada durante o ano de 2012, e que será ampliada pela atual gestão. O desembargador-presidente do TJAC, Roberto Barros, assinalou a importância de modernizar ainda mais a instituição. “A gravação de audiências faz parte do programa de modernização do Poder Judiciário, a exemplo da virtualização dos processos (já em fase final) e de outras medidas que iremos implementar, como os AR (aviso de recebimento) digitais, citações e intimações gravadas por telefone etc. Daremos continuidade ao que já foi feito por outros gestores e inovaremos em tecnologias e ações para que sejamos um Tribunal revolucionário, como é o povo do Acre”.
Como funciona
O módulo de Gravação de Audiências do SAJ é composto por um conjunto de recursos tecnológicos e funcionalidades que, juntos, permitem realizar o registro (áudio e vídeo) das audiências judiciais. Como o Projeto de Virtualização do 1º Grau já está em fase final, toda a informação referente a qualquer processo estará em meio magnético.
De acordo com o diretor de TI do Tribunal de Justiça, Roberto Romanholo, o projeto de gravação englobará todas as unidades de 1º Grau (da Capital e do interior do Estado). Segundo ele, o processo de implantação é muito parecido com o da Virtualização. “Entendemos que o Sistema de Gravação de Audiências complementará o processo Virtual”, explicou o diretor.
A 1ª unidade a fazer parte do projeto foi a 4ª Vara Criminal de Rio Branco. Titular da unidade judiciária, o juiz Cloves Ferreira defendeu o uso das tecnologias no âmbito da Justiça Acreana. “Defendo o uso dessa tecnologia para garantir a celeridade e a segurança, visto que com a gravação de audiência, não resta dúvida sobre o que foi dito ou não dito pelas partes. É possível reproduzir todo o ambiente, como o semblante, a expressão, os gestos dos réus”, explicou.
O magistrado ressaltou também que outra vantagem do uso do sistema é o fato de que, ao receberem os recursos dos juízes do 1º Grau, os desembargadores que atuam no 2º Grau poderão julgar com maior propriedade. “O acesso do julgador à prova é mais real, ele poderá consultar o áudio e as imagens das audiências. A imagem muitas vezes fala muito, tem muito significado”, considerou.
O juiz citou um caso que ocorreu na 4ª Vara Criminal, quando uma vítima de estupro foi depor na unidade judiciária. “Ela era surda-muda e por essa razão não conseguiríamos colher o seu depoimento. Mas como estávamos utilizando o sistema de gravação de audiências, pudemos perceber no rosto dela a expressão de terror, quando viu o réu. Ou seja, a gravação fez toda diferença e conseguimos identificar o agressor”, completou Cloves Ferreira.
Atualmente as outras unidades criminais da Capital (2ª, 3ª e 4ª Varas Criminais), as duas Varas da Infância e da Juventude, o 2º Tribunal do Júri e a 1ª Vara da Fazenda Pública já utilizam o sistema de gravação audiovisual.
O prazo estimado para a conclusão de toda a implantação (Capital e interior) é junho deste ano de 2013.
Operando tanto para processos físicos como para processos digitais, os registros das audiências gravadas passarão a fazer parte do trâmite processual por meio do vinculo ao número do processo correspondente.
Nesse sentido, com destaque para o processo digital (virtualizado), todas as audiências gravadas estarão disponíveis na “pasta digital” do processo, assegurando o acesso ágil a informação tanto por parte de magistrados, servidores ou cidadãos.

Assinatura de ordem de serviço garante início das obras no Campus da UFAC em Brasiléia

WILIANDRO DERZE
A solenidade de assinatura do contrato de execução das obras dos dois blocos no Campus da Universidade Federal do Acre – UFAC no município de Brasiléia aconteceu nesta sexta-feira, 22 na sala do Colegiado da instituição no Campus Rio Branco. Participaram da solenidade o Reitor da UFAC, Minouro Kimpara; o prefeito de Brasiléia, Everaldo Gomes (PMDB); presidente da Câmara de vereadores de Brasiléia, Mario Jorge (PSB) e os demais parlamentares do município, além do deputado federal Sibá Machado que locou emenda para a realização das obras.
A construção dos dois primeiros blocos no Campus Brasiléia marca efetivamente as instalações da UFAC no Alto Acre. O reitor Minouro Kimpara destacou que a expansão da instituição garante o acesso ao ensino superior a todos. “Contamos com o prefeito de Brasiléia no apoio e agradecemos o deputado federal Sibá Machado pelos esforços de viabilizar os recursos para a instituição”, destacou o reitor.
A primeira etapa das obras segundo o reitor é a construção de dois blocos, ficando um para as salas de aula e outro para a sede administrativa do campus no município. O projeto total da instalação da sede no município gira em torno de R$ 76 milhões.
Prefeito e vereadores prestigiam a solenidade que garante a construção das primeiras instalações no Campus Ufac de Brasiléia
Prefeito e vereadores prestigiam a solenidade que garante a construção das primeiras instalações no Campus Ufac de Brasiléia
Para o prefeito Everaldo Gomes a reivindicação da população da região do Alto Acre foi atendida. “A construção das instalações vai garantir a geração de emprego e renda no município durante sua execução, e principalmente, garante o ensino superior mais perto da de todos. Isso é um sonho que se tornou realidade. Com o campus da Ufac no município o cenário é outro por que teremos mais qualificação dos nossos estudantes e profissionais em diversas áreas”, disse o prefeito.
O presidente da Câmara de Vereadores, Mario Jorge disse que o sonho finalmente está sendo executado, e que os maiores beneficiados são os moradores e estudantes da região, que agora contarão com um pólo da UFAC disponibilizando vários cursos. “Agradecemos a todos que fizeram parte dessa conquista e a Câmara de Vereadores de Brasiléia estará à disposição para contribuir com o desenvolvimento do ensino. Faremos uma audiência com a população na Câmara para saber quais os cursos devem ser oferecidos no município”, destacou.
Os vereadores Bil Rocha, Marivaldo Oliveira, Fernanda Hassem, Naldo e Joelson Pontes estiveram presentes durante a solenidade de assinatura de execução das obras.
O deputado federal Sibá Machado disse que a motivação e compromisso de levar a universidade a todo o Estado vêm desde que foi senador. “Faremos mais esforços para ampliar e garantir melhores condições de ensino superior em todas as regiões do Estado. Logo que começar a construção da primeira etapa, estaremos lutando para conseguir os recursos para a continuidade das instalações completas do campus”, relatou o deputado.
O valor da obras de construção dos dois blocos ficou estipulado em mais de R$ 1,6 milhões, com prazo de 300 dias para a execução dos trabalhos.

Lula ganhará título de doutor Honoris Causa

lula-nyt
Lula cumprirá agenda no Ceará nos dias 28 de fevereiro e 1º de março (Foto:diariodoestado.com)
A coluna política Vertical, do jornal O Povo, de Fortaleza-CE, noticia que o ex-presidente Lula, que cumprirá agenda no Ceará, dias 28 de fevereiro e 1º de março, em clima de comemorações pelos 10 anos da administração federal petista e 33 anos de fundação do partido, receberá um título de Doutor Honoris Causa.


O evento, segundo a coluna , acontecerá na tarde do dia 1º de março, na Universidade de Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, instituição que funciona no município de Redenção (Região Metropolitana de Fortaleza) e foi criada na gestão lulista com o objetivo de receber estudantes dos países africanos e aumentar a interação do País com esse continente.
 
informações do jornal O Povo

Projeto Circuito Teatral leva espetáculo acreano a quatro estados e o Distrito Federal

A Cia. Visse Versa de Ação Cênica, de Rio Branco, inicia neste sábado, 23, o Projeto Circuito Teatral que irá levar o espetáculo Comédia Del’Acre à quatro estados brasileiros e ao Distrito Federal. O projeto será realizado até maio deste ano em 13 cidades.
Comédia Del’Acre é um espetáculo que conta a trajetória do teatro desde a origem nos textos gregos de autores como Sófocles e Aristófanes, segue pelo o teatro do dramaturgo inglês Willian Shakespeare até encerrar com a obra de autores nacionais como Nelson Rodrigues e João Cabral de Melo Neto.
Édipo Rei, Greve do Sexo, Romeu e Julieta, Dorotéia, Morte e Vida Severina e Tributo a Chico Mendes são algumas obras revisitadas pela trupe. Além disso, o espetáculo aborda temas como as relações humanas, violência contra a mulher, expropriação de terras, e questões referentes ao meio ambiente. Tudo isso em uma costura que utiliza canções populares brasileiras.
Arte
Uma das curiosidades do espetáculo é o fato de ter sido concebido para ser apresentado em ruas, praças e outros espaços públicos. De acordo com o diretor Lenine Alencar, essa é uma forma fomentar a criação de novos públicos e ficar mais perto da comunidade. “O espetáculo foi uma recriação para Teatro de Rua, que propus à Cia. Visse e Versa, a fim de levar ao público um trabalho acessível visando garantir que as pessoas tenham acesso aos bens culturais”, explica.
Circuito
As duas primeiras apresentações serão realizadas nas cidades acreanas de Porto Acre e Acrelândia. Em seguida é a vez de Guajará Mirim e Porto Velho em Rondônia assistirem ao espetáculo.
O público mato-grossense poderá conferir o trabalho nos municípios de Cuibá, Várzea Grande e Poconé. A viagem pela região Centro-Oeste continua nas cidades goianas de Goiânia e Anápolis. No Distrito Federal ocorrerão apresentações em Brasília e São Sebastião. Para encerrar o projeto a Companhia irá até a Bahia onde se apresenta em Salvador e Juazeiro.
Alencar se diz feliz com a possibilidade de levar um espetáculo produzido no Acre com artistas locais para outras regiões do país. “Essa é uma forma de divulgar a produção teatral de nosso estado e promover o encontro de nossos artistas com outras culturas e processos criativos”, conta.
Para realizar o projeto a Cia. conta com recursos do Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz, no qual foi contemplada em 2011 e com edital de incentivo direto da Fundação Elias Mansour através do Fundo Estadual de Cultura (FunCultura) e do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PreCult).
Veja o calendário de apresentações:

PROJETO CIRCUITO TEATRAL
23.02.13 (Sábado)
Porto Acre – AC
02.03.13 (Sábado) Acrelândia – AC
08.03.13
(Sexta -Feira)
Guajará Mirim – RO
09.03.13
(Sábado)
Porto Velho – RO
30.03.13
(Sábado)
Cuiabá – MT
01.04.13 (Segunda-Feira) Várzea Grande – MT
02.04.13
(Terça-Feira) – Poconé – MT
03.04.13
(Quarta-Feira) – Goiânia – GO
04.04.13
(Quinta-Feira)
Anápolis – GO
05.04.13
(Sexta-Feira)
Brasília – DF
06.04.13
(Sábado)
São Sebastião – DF
12.05.13 (Terça-Feira) Salvador – BA
14.05.13
(Quinta-Feira) Juazeiro – BA

Mais uma tentativa de homicídio é registrada na periferia da Capital

tiro 5
Dianis Oliveira dos Anjo foi atingido nas duas pernas (Foto: Clériston Amorim)
Mais uma tentativa de homicídio foi registrada pela polícia nas últimas horas na Capital. Desta vez a vítima foi o jovem Dianis Oliveira dos Anjos, que levou dois tiros, deflagrados por um desconhecido, que trafegava na garupa de uma moto no bairro Novo Calafate. O fato aconteceu no final da noite desta quinta-feira, 21.


De acordo com a vítima, que foi socorrida por uma equipe do Samu, ela estava em uma das esquinas da rua João Pessoa, quando dois homens, que estavam em um motocicleta, pararam e o que estava na garupa efetuou os disparos. Os dois tiros atingiram suas pernas.

Ainda, segundo a vítima, as identidades dos agressores são desconhecidas, pois jamais os viu. Sobre os motivos, Dianis afirmou que desconhece.

Policiais militares estiveram no local, mas não conseguiram prender os agressores.
 
Clériston Amorim