segunda-feira, 25 de março de 2013

Confirmado: prefeito de Rio Branco declara Situação de Emergência


Texto e fotos: prefeitura de Rio Branco
Por causa do nível do Rio Acre que está com 14,98m, superando a cota de transbordamento em 0,98m, o prefeito Marcus Alexandre decretou nesta segunda feira, Situação de Emergência em Rio Branco. O Decreto autoriza a Prefeitura de Rio Branco a convocar voluntários para reforçar as ações de resposta à situação emergencial e a realização de campanhas de arrecadação de recursos, junto à comunidade e autoriza as autoridades administrativas e os agentes de defesa civil, diretamente responsáveis pelas ações de respostas a presente situação de emergência, em caso de risco iminente, a entrar nas casas, a qualquer hora do dia ou da noite, para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação das mesmas.
O Decreto tem duração de 30 dias, podendo ser prorrogado até completar 180 dias e todas as ações serão coordenadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social.
rio_24aaa
As áreas mais afetadas pela cheia na zona urbana de Rio Branco são:
Triângulo Velho,
Quinze,
Seis de Agosto,
Taquari,
Invasão da Seis de Agosto,
Base,
Baixa da Habitasa,
Cadeia Velha,
Adalberto Aragão,
Triangulo Novo e
Airton Senna.
Já na zona rural as áreas mais preocupantes são: Panorama, Liberdade, Boa Água, Bagaço, Comunidade da Extrema e Panorama Ribeirinho.
O prefeito tomou a decisão levando em conta a subida do Rio Acre, que desde sábado desabriga famílias na capital, o avanço das águas nas áreas ocupadas pela população vulnerável a ocorrência das enchentes, o número de edificações atingidas pela alagação, que já é superior a 2.900, a quebra da situação de normalidade e da rotina das famílias atingidas pela enchente, bem como os impactos negativos causados no sistema de transporte, na saúde pública e na segurança global, afetando a integridade e a segurança da população. “Nós temos o compromisso de arcar com o imenso ônus causado pela ocorrência e magnitude deste evento”, ressalta o prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário