sábado, 16 de março de 2013

Mano Rufino conhece projetos inovadores dos produtores do Pólo e garante apoio às iniciativas

O prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino (PR) reservou parte da tarde de sexta-feira (15) para realizar visitas a dois produtores do pólo agroflorestal Elias Moreira, localizado bem próximo ao município, e aproveitou para conhecer de perto as iniciativas desenvolvidas por eles, ao mesmo tempo em que garantiu incentivá-los. Rufino esteve acompanhado do vice-prefeito, professor Hermano Filho (PCdoB), secretário municipal de produção, Jairo Cassiano, técnicos da Seaprof e do gerente do Banco da Amazônia em Sena, Edison de Souza.
O primeiro encontro se deu na propriedade do trabalhador José cleudomar Souza Torres, 32 anos, conhecido como “Mazinho”, que instalou uma mini-fábrica para a produção de goma. Por mês, são produzidos em torno de quatro mil quilos do produto, comercializados na própria cidade de Sena Madureira.
Há dias atrás, o secretário Jairo Cassiano juntamente com o gerente do Banco do Amazônia tinham visitado a localidade e recebido uma reivindicação de “Mazinho”, no sentido de expandir o negócio. Através do ‘Pronaf mais alimentos’ foi feito um projeto e ontem o Banco da Amazônia repassou o valor do financiamento para o produtor.
José Cleudomar, o “Mazinho” disse que somente sua produção de mandioca não tem sido suficiente para atender a demanda, por isso, está comprando o produto de outros colonos, gerando renda para outras famílias. “O momento é de agradecer a colaboração do prefeito, do secretário Jairo, da Seaprof e principalmente do Banco da Amazônia. Esse recurso é um incentivo não somente para mim, mas também para as pessoas que vendem a mandioca para nossa fábrica”, comentou.
sena444
Goma será vendida no Ceasa, em Rio Branco
O secretário de produção, Jairo Cassiano, adiantou que já manteve contato com o secretário de agricultura de Rio Branco para que a goma de Sena Madureira seja vendida também na central de abastecimento de Rio Branco (Ceasa). “A idéia é colocar um boxe na Ceasa com a goma de Sena Madureira. Dessa forma, além do mercado local, o Mazinho estará exportando seu produto, o que lhe renderá uma lucratividade maior, podendo gerar, inclusive, emprego para outras pessoas”, destacou Cassiano.
Mano Rufino: “A meta é ter essa aproximação maior com o produto e garantir incentivos”
O prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino (PR) parabenizou a iniciativa do produtor “Mazinho”, salientando que a prefeitura buscará sempre essa aproximação com o homem do campo e mais do que isso, estará procurando as parcerias certas para incentivar o setor. “Iniciativas como esta precisam ser apoiadas porque tem gerado bons frutos para a cidade. O que estiver ao nosso alcance será feito, visando incentivar os produtores”, frisou.
Trabalhador adota modelo hidropônico para cultivar alface
Em seguida o prefeito Mano Rufino e equipe estiveram na propriedade do trabalhador Salomão Mendes que desenvolve um projeto inovador em Sena Madureira. Ele adotou o sistema hidropônico para o cultivo de alface e está tendo um retorno positivo.
A hidroponia consiste numa técnica de cultivar plantas sem solo, onde as raízes recebem uma solução nutritiva balanceada que contém água e todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento da planta.
A alface produzida por Salomão Mendes está sendo comercializada no mercado local. “A prefeitura colocará em prática a compra dos produtos da agricultura familiar para a merenda escolar. Com isso, recursos na ordem de 30% destinados à merenda serão investidos na produção local. É uma forma de incentivo e a certeza de que os mesmos terão mercado garantido”, finalizou o prefeito.
Edinaldo Gomes/assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário