quarta-feira, 6 de março de 2013

Terminal: readequações acabam com venda ilegal de créditos e reduzem violência, diz prefeitura

thumb Terminal 1
Segurança no terminal agrada usuários (Foto: Divulgação)
As readequações que a Prefeitura vem implantando no Terminal Urbano apresentam resultados positivos e facilitam a vida dos usuários e comerciantes. Pelo menos 15 mil pessoas passam diariamente pelo terminal, o ponto mais movimentado do Estado do Acre, e havia problemas crescentes em relação à violência e ilegalidades, como a venda de créditos de bilhetagem: um grande número de bilheteiros vinha causando sérios constrangimentos às pessoas que tentavam embarcar nos ônibus, mas uma ação integrada entre a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTRANS), Ministério Público Estadual, Juizado da Infância e Juventude, Polícia Civil e 1º Batalhão de Polícia Militar, acabou com a presença dos “bilheteiros”. “Eu tinha era medo disso. Muitos chegavam de mau jeito, assustando a gente”, disse o aposentado Pedro Ângelo da Silva, usuário frequente do Terminal.


A RBTRANS e o Policiamento Municipal seguem o trabalho de combate aos ilícitos no Terminal Urbano, parte da readequação promovida no local, inclusive identificando os vendedores ambulantes. Agora, o comércio de doces e salgados está regulamentado, o que traz segurança para vendedores e consumidores.

Conforme lembrou Ricardo Torres, superintendente da RBTRANS, essas ações se somam à reforma que o Terminal está recebendo e a implantação de serviços como os telões com horário de saída e chegada dos ônibus. “Melhora o atendimento prestado aos usuários e traz mais as pessoas”, disse Torres.

Violência - O chefe do Policiamento Municipal, grupamento integrado ao 1º BPM, tenente-coronel Cleudo anunciou que a violência caiu 15% no Terminal e suas imediações de 1 a 21 de fevereiro de 2013 em comparação ao mesmo período do ano passado. “Fizemos um estudo situacional e serviço de inteligência para combater a violência neste local”, disse Cleudo. “A chegada do policiamento aqui melhorou muito e o fim dos bilheteiros acabou o constrangimento praticado por alguns deles”, disse Luiz Carlos, o Juruna, presidente do Sindicato dos Camelôs de Rio Branco.

O Policiamento Municipal realizou recentemente, no início do ano letivo, campanha de conscientização dos estudantes que frequentam o Terminal em relação à segurança de seus pertences. Medidas como essa, aliada à identificação da criminalidade e seus autores, vem forçando para baixo os indicadores da violência naquela região.

Assessoria PMRB

Nenhum comentário:

Postar um comentário