sexta-feira, 19 de abril de 2013

Bittar defende auditoria sobre viagens de integrantes do governo em jatos da FAB


tucano1
“PT interpreta o Estado brasileiro como um bem a ser apropriado pelo partido”, disse Bittar (Foto: Divulgação)
O deputado federal Márcio Bittar (PSDB-AC) afirmou que considera positiva uma possível auditoria feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sobre as viagens de integrantes do primeiro escalão do governo Dilma Rousseff em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB).
Nesta terça-feira (16), o jornal O Estado de S.Paulo relatou que o procurador Marinus Marsico, do Ministério Público, pedirá a abertura da auditoria. Marsico requisitará informações como o controle que a FAB realiza dos deslocamentos.
“O Ministério Público precisa, sim, entrar neste assunto e apurar o que realmente ocorreu. A sociedade quer uma satisfação. São gastos elevados e, quanto mais esclarecimento houver, melhor”, disse o parlamentar.
O excesso de viagens em jatinhos da FAB foi noticiado na segunda-feira pelo Estadão.
A reportagem informou que diversos integrantes do primeiro escalão de Dilma utilizaram aviões das forças armadas em deslocamentos que “coincidiam” com encontros partidários.
O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, foi o principal usuário do serviço. A distância percorrida nos voos equivale a 10 viagens de ida e volta à Lua. O custo estimado com os deslocamentos é superior a R$ 44 milhões.
“A notícia revela um grande abuso. Mostra mais um exemplo de como o PT interpreta o Estado brasileiro como um bem a ser apropriado pelo partido. É uma situação que temos que denunciar e combater de forma permanente”, concluiu Bittar.

Assessoria PSDB 

Nenhum comentário:

Postar um comentário