segunda-feira, 1 de abril de 2013

Caminhonete tomba após bater em ponto de ônibus na rua Rio de Janeiro


caminhonete
Com o impacto, o pneu dianteiro do veículo foi arrancado (Foto: Clériston Amorim)
Um acidente envolvendo uma caminhonete Hilux, na rua Rio de Janeiro, bairro Floresta, causou pânico a condutores e pedestres que passavam no local na manhã deste domingo, 31.
O utilitário era conduzido por Thiago Marinho Andrade, 30.De acordo com testemunhas, o rapaz estaria trafegando em alta velocidade pelas ruas de Rio Branco até perder o controle da caminhonete e batendo contra um poste. Com o impacto, o pneu dianteiro da caminhonete foi arrancado, em seguida o veículo bateu contra um ponto de ônibus até tombar.
Segundo testemunhas, tudo teve início na rua José de Alencar, próximo ao Hospital Infantil, onde o motorista, em alta velocidade, fez ziguezague e ao entrar na Avenida Ceará o pneu do veículo estourou, mesmo assim ele não baixou a velocidade e seguiu em direção ao bairro Floresta.
De acordo com Alfro da Costa Cavalcante, 52, ele trafegava em uma motocicleta com o filho Afrânio Lafuri, 30, quando o condutor da caminhonete teria jogado o veículo em direção à motocicleta, o piloto foi rápido e conseguiu subir a calçada e se livrar do impacto.
Como seguia com destino a uma Igreja no bairro Floresta Alfro e o filho testemunharam o trajeto feito por Thiago Marinho até o momento em que o pneu estouro e ele saiu dirigindo em velocidade até perder o controle do veículo e tombar.
“Mesmo esse rapaz tendo colocado minha vida e do meu filho em risco eu salvei a vida dele, pois quando o veículo tombou e o combustível começou a derramar, pedi ajuda a populares e desviráramos o veículo e retiramos o motorista de dentro e ainda acionamos o SAMU” contou Alfro.
O susto maior foi para populares que estavam no ponto de ônibus quando a caminhonete desgovernada bateu na calçada do ponto de ônibus em seguida tombou.
Uma equipe do SAMU foi acionada, mas o motorista que saiu ileso do acidente recusou atendimento. Em seguida, uma guarnição da Polícia Militar chegou ao local e deteve Thiago Andrade até a chegada da Polícia de Trânsito que o conduziu a Delegacia de Flagrante – DEFLA.
No local do acidente, o motorista se nego fazer o teste do bafômetro, mas os policiais militares que atenderam à ocorrência optaram por encaminhá-lo à delegacia.

Clériston Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário