sábado, 27 de abril de 2013

Prazo de entrega da declaração de IRPF 2013 termina na terça-feira



IRA menos de uma semana para o encerramento do prazo de entrega da Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), a Receita Federal do Brasil no Acre contabilizou o recebimento de 39.811 declarações dos contribuintes. O número equivale a cerca de 61% das 65 mil que são esperadas.

O Supervisor local do Programa do Imposto de Renda, Nivaldo Filho, alertou para o término do prazo para entrega da declaração, no dia 30 de abril. “Em 7 semanas recebemos 61% das declarações esperadas, agora temos 6 dias para os outros 39%.

Quem deixar para as últimas horas corre o risco de enfrentar problemas técnicos, dado a possibilidade de congestionamento causado pelo grande volume de acessos no link de internet, e não conseguir transmitir a sua declaração. Esse tipo de situação não exime o contribuinte da multa por entrega fora do prazo”.
A multa mínima para declarações a partir de maio é de R$ 165,74. O valor máximo da penalidade chega a 20% do imposto devido.

A Receita publicou um passo a passo na internet com os procedimentos para a entrega da declaração.

Obrigados a declarar
Nivaldo Medeiros informa que estão obrigados a declarar os contribuintes que receberam em 2012 rendimentos tributáveis cuja soma foi superior a R$ 24.556,65, além dos que tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, com total acima de R$ 40 mil.

A apresentação da declaração é obrigatória também para quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, fez operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas ou obteve receita bruta com a atividade rural superior a R$ 122.783,25. Quem tinha, até 31 de dezembro de 2012, posse de bens ou propriedades, inclusive terra nua, com valor superior a R$ 300 mil.

O valor limite para dedução da base de cálculo do imposto de gastos com instrução é R$ 3.091,35. Por dependente, o contribuinte pode abater R$ 1.974,72. No caso das deduções permitidas com a contribuição previdenciária dos empregados domésticos, o valor do abatimento da base de cálculo pode chegar a R$ 985,96. Não há limites para dedução dos gastos com despesas médicas.

Assessoria 

Nenhum comentário:

Postar um comentário