segunda-feira, 1 de abril de 2013

Trabalhadores do Saerb entram greve a partir desta quinta-feira


greve-saerbOs trabalhadores do Saerb decidiram paralisar suas atividades por tempo indeterminado a partir da próxima quinta-feira, 4. A decisão foi tomada por unanimidade em assembleia realizada nesta segunda-feira, 1º, na sede do Sindicato dos Urbanitários.
“A greve visa a sensibilizar a Prefeitura e o Governo para a necessidade de uma revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), reposição salarial e melhoria nas condições de trabalhos nas unidades operacionais da autarquia”, informa o presidente do Sindicato, Fernando Barbosa.
O dirigente Edinho Monteiro Carneiro, que é do quadro do Saerb, lembra que a revisão do PCCS, para corrigir distorções, está sendo prometida há mais de dois anos, mas nunca há uma proposta concreta por parte da Prefeitura e do Governo do Estado.
“Além disso, todas as secretarias já tiveram reajustes salariais e correções no PCCS que não contemplaram os trabalhadores do Saerb”, argumenta Edinho. As condições de trabalho nas unidades da autarquia, segundo ele, são as mais perigosas possíveis, pois estações de tratamento e reservatórios não têm vigilantes e nem uma proteção contra a invasão de vândalos e usuários de droga.
De acordo com Barbosa, a população não vai ser afetada com a paralisação, pois a greve obedecerá a lei mantendo 30% dos trabalhadores dos setores essenciais. “Esperamos que os responsáveis flexibilizem suas decisões e chamem os trabalhadores com uma proposta concreta, evitando assim maiores transtornos para os serviços e para a sociedade”, concluiu.

Da Assessoria 

Nenhum comentário:

Postar um comentário