terça-feira, 27 de agosto de 2013

CNTE envia “olheiro” para a eleição do SINTEAC

imageÍsis Tavares, diretora de gênero da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, esta em Rio Branco desde segunda-feira (26). Ela foi designada para acompanhar esta eleição que bate o recorde em numero de concorrentes. Ao todo 6 pessoas disputam a presidência do maior sindicato em numero de associados do Acre. O PT, partido que governa o estado, tem 4 candidatos na disputa- Rosana Nascimento (atual presidente da CUT), João Sandim (que substituiu Manoel Lima na presidência do Sinteac), Professor Justino e Toinha (que conta com o apoio do ex presidente do sindicato, Cláudio Ezequiel). Os outros 2, Raimundo Accioly e Valdir Franca, correm por fora.
Ísis Tavares, do estado do Amazonas, tem profundo conhecimento sobre o problema dos “professores Provisórios”, aqueles contratados por períodos determinados e sem concurso publico. O fator “provisórios” e considerado um dos principais problemas da educação no Acre. “ O “Provisório” não tem sequer uma carreira. Como esses trabalhadores tem de ser pagos com dinheiro do Fundeb- Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, facilita os desvios, sem contar a precarização do trabalho.
A Resolução 02/ 2009, e clara, a partir de 10% dos professores com contratos provisórios e preciso fazer concurso publico”, destacou Ísis.
Ísis Tavares e Secretaria de Genero da CNTE, Secretaria de Finanças do Sinteam ( Sindicato os Trabalhadores em Educação do Amazonas e presidente da CTB-AM, Central dos Trabalhadores do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário