quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Eleições 2014: "O povo quer candidatura única da oposição em 2014", diz Flaviano Melo

image“O recado das ruas é claro: a oposição tem que sair com uma candidatura única sob pena de cometer um erro histórico”, afirma Flaviano Melo
A população de Tarauacá lotou a Câmara Municipal da cidade para receber a oposição que fez um encontro para debater com as bases a consolidação de uma união em torno das candidaturas majoritários no ano que vem.
O deputado Flaviano Melo m(PMDB) que iniciou, corajosamente, o processo de convocar todos os partidos para efetivar uma frente única de oposição se disse satisfeito, não somente com o andamento do processo, mas, sobretudo, com a participação popular, foi enfático em dar um discurso duro com destino certo.
“Temos apenas um candidato a senador, que é o deputado Gladson Cameli (PP), mas o deputado Márcio Bittar (PSDB) e o senador Sérgio Petecão (PSD) se apresentam como candidatos a governador. Pesa sobre a eles responsabilidade de ouvir a voz das ruas, entrarem em um acordo e definir apenas um nome para esta disputa. Não podemos deixar de ouvir a voz das ruas”, afirmou Flaviano Melo.
Para Flaviano Melo está claro que existe um desejo de mudança por parte da população que deseja que a oposição lance apenas um nome como candidato ao governo. “Esse desejo existe de Marechal Thaumaturgo a Rio Branco. E nós só temos este caminho, sob pena de cometermos um erro histórico”, disse.
Flaviano também lembrou que na última eleição em Rio Branco este erro foi cometido e a oposição acabou perdendo o pleito. “A oposição teve a maioria dos votos no primeiro turno, mas perdeu no segundo”, lembrou Flaviano.
“Esta é a hora de darmos sinal de maturidade e colocarmos em primeiro lugar o desejo da população”, finalizou o parlamentar. O PMDB é o partido que abriu mão de indicar candidato a cargos majoritários para unir a oposição.
Da Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário