quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Programa “Ruas do Povo” implantando por Tião Viana (PT), impede cadeirante de sair de casa

imageO Programa Ruas do Povo implantado pelo Governo de Tião Viana (PT), alvo de gravíssimas denúncias no âmbito da Operação G-7, não para de apresentar problemas.
Asfalto se deteriorando, esgotos entupindo com qualquer ocorrência de chuvas, inundando casas, e o pior, impedindo o direito fundamental de ir e vir de pessoas mais necessitadas, a exemplo de cadeirantes.
Esse é um dos problemas enfrentados pela população de Epitaciolândia, na fronteira do Acre, mais precisamente no Bairro Aeroporto.
Regilson Pinheiro de Araújo, 40 anos, é cadeirante a 18 anos e tem o privilégio de ter uma cadeira de rodas elétrica para poder se deslocar. Segundo Regilson, conseguiu abrir uma rua junto com sua família, cerca de 140 metros, para que pudesse se locomover com sua cadeira e visitar amigos, ir ao posto médico, pagar contas, entre outras atividades rotineiras, mas isso somente até a chegada do Ruas do Povo.
Derrepente, Regilson foi obrigado a ficar novamente isolado. As obras que deveriam lhe beneficiar, interditaram o único meio acesso à sua casa. O cadeirante denuncia que procurou os responsáveis pela obra para reclamar, e que prometeram resolver o problema, mas, os trabalhos foram executados e, para desespero do cadeirante, o acesso a sua rua não foi realizado.
Além da lesão medular, Regilson sofre com uma bactéria que adquiriu no período quando esteve hospitalizado. Regilson disse que irá procurar os seus direitos junto o Ministério Público, para que possa ter sua rua de volta e o seu direito de constitucional garantido.
Para poder ter acesso à sua casa, Regilson teve ajuda dos vizinhos que fizeram uma passagem provisória, mas que está sendo inviabilizada devido a construção de imóveis no local. O caso vem indignando moradores do Bairro e da cidade.
Assista ao vídeo clicando AQUI.
Com informações e imagem do Oaltoacre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário