sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Intransigência: Direção da escola Estadual Barão de Rio Branco (CEBRB) barra dezenas de alunos em plena semana de provas

Dezenas de alunos do Colégio Estadual Barão de Rio Branco (CEBRB), no centro da cidade, foram impedidos de entrar em sala de aula para realizar suas provas, devido atraso de alguns segundos além do tempo de tolerância estabelecido pela Diretora Silzete Lima.
image
Uma aluna que pediu para não ter seu nome divulgado, comentou que passou a madrugada estudando para fazer as provas previstas para hoje (4) e que chegou no limite do horário de tolerância mas, mesmo assim, foi impedida de entrar.
“Não questiono sobre a tolerância dos horários de entrada e saída estabelecidos pela escola, isso é necessário, sim. Mas estamos na semana de provas. Eles (Direção) deveriam estar preocupados com a quantidade de alunos que fazem as provas. Esse horários deveriam ser flexibilizados nesse período, pois a grande maioria dos alunos depende de ônibus que frequentemente atrasam”, comenta a estudante.
image
A estudante informou que ontem (3), ocorreu o mesmo problema e, novamente, por alguns minutos de atraso, foi impedida de realizar as duas provas previstas para o dia. “Quando a gente perde provas, temos que fazer estas no dia seguinte. Mas como hoje eu já tinha duas provas, ia ter que fazer as de ontem e as de hoje. São quatro provas, passei a madrugada estudando, me preparando e acontece isso, porque a escola é intransigente. Não podemos prever quando os ônibus vão atrasar. Eu não posso ser punida por algo que não está sob meu controle”, protesta a estudante.
Os alunos protestam ainda em relação à mudança nos horários de entrada e saída, que dificultou para quem depende de transporte coletivo e mora em bairros mais afastados do centro da cidade. No início do ano os alunos do ensino médio entravam às 8h e saíam às 12h25min. Atualmente, os alunos entram 7h30min e saem 11h55min, com tolerância de 15 minutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário